Mercedes-Benz Challenge
03/11/2016 05:30

Prévia: Mercedes-Benz Challenge volta a Goiânia a dois passos de definir campeões

Arnaldo Diniz Filho, líder do campeonato na classe CLA AMG Cup, e Peter Michel Gottschalk, comandante da tabela de pontos na C 250 Cup, têm enormes chances de alcançar o bicampeonato das respectivas classes. Mas o retrospecto em Goiânia é mais favorável aos rivais mais diretos. Portanto, o fim de semana promete trazer grandes emoções em meio a um clima de calor e decisão
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré
O Mercedes-Benz Challenge vive tempos de decisão. E novembro acirra cada vez mais a disputa pelo título das duas classes da categoria dos gentlemen-drivers com a etapa deste fim de semana, a sétima da temporada 2016, que será disputada em Goiânia. O Autódromo Internacional Ayrton Senna volta a receber o certame depois de ver, em 22 de maio, as vitórias de Fernando Fortes na CLA AMG Cup e da dupla formada por Marcos Paioli e Peter Gottschalk na C 250 Cup. Os dois pilotos ainda disputam o título das suas respectivas classes e têm no próximo domingo, 6 de novembro, talvez a última grande chance de se aproximarem dos líderes.
 
Há seis meses, quando o Mercedes-Benz Challenge esteve pela primeira vez no ano em Goiânia, o clima era escaldante. Debaixo de muito sol, Fortes dominou praticamente todo o fim de semana, liderou o primeiro treino livre, garantiu a pole-position e venceu praticamente de ponta a ponta. Foi a segunda vitória dele em Goiânia e seu grande momento em 2016 até o momento. Um novo triunfo em Goiânia neste fim de semana seria fundamental para mantê-lo com chances reais contra Arnaldo Diniz Filho, que vem fazendo grande temporada e ocupa com relativa folga a liderança do campeonato.
 
Após seis etapas, a classificação do campeonato aponta Diniz com 86 pontos, enquanto Fortes aparece como principal adversário na CLA AMG Cup, com 67. É uma vantagem bastante considerável, e Fortes sabe que é vencer ou vencer neste fim de semana para se manter com chances de chegar ao título. 
Quase seis meses depois, o Mercedes-Benz Challenge volta a Goiânia para definir os candidatos ao título (Foto: Fabio Davini)
A diferença para Diniz para os outros ponteiros da disputa já é bastante grande: 27 pontos para Luis Carlos Ribeiro, 30 para Roger Sandoval, 34 para Cristian Mohr e 36 para Adriano Rabelo. De todos, e até considerando o histórico de Fortes em Goiânia, é o próprio piloto da Mottin que mais tem chances de acirrar a luta com Arnaldo e levar a decisão para Interlagos, em que pese a prova final do campeonato valer 40 pontos e não os 20 habituais.
 
Matematicamente, a disputa pelo título da CLA AMG Cup vai para Interlagos de uma forma ou de outra: mesmo que Fortes não pontue, Diniz pode alcançar um máximo de 106 pontos e teria 39 de frente para o adversário com 40 em jogo. Mas é inegável que o piloto da Comark Racing daria um passo gigante para o bicampeonato com um triunfo em Goiânia. Agora, cada vez mais perto do título, tudo o que Diniz precisa é seguir com a regularidade, somar pontos preciosos e definir a fatura em Interlagos, onde já venceu neste ano, em setembro.
 
O cenário é bastante semelhante na C 250 Cup. Atual campeão da classe, Peter Michel Gottschalk tem 93 pontos, 15 de frente para Claudio Simão e 20 em relação ao terceiro colocado, a grande reveação da disputa, Fábio Scorpioni. O paulista da Paioli Racing já venceu em Goiânia e também faturou uma pole, mas terá seus próprios companheiros de equipe como adversários neste fim de semana. Marcos Paioli e Peter Gottschalk já conquistaram três poles e duas vitórias no circuito goiano, se convertendo nos grandes favoritos à vitória no domingo.
 
Espera-se, portanto, um grande embate entre os companheiros de equipe pela vitória, com Scorpioni e Simão correndo por fora, mas na busca por pontos preciosos para seguirem para Interlagos ainda na briga pelo título. A julgar pelo enorme equilíbrio na C 250 Cup, é bem possível que Paioli/Gottschalk, Peter ‘Tubarão’, Scorpioni e Simão mantenham suas chances de título até a corrida final da temporada 2016, em 11 de dezembro.
 
Como de praxe, a sexta-feira que abre o fim de semana de trabalho em Goiânia no Mercedes-Benz Challenge começa às 14h30 de sexta-feira (horário brasileiro de verão) com a execução do primeiro treino livre, com duração de uma hora para os pilotos da CLA AMG Cup e outra hora para os competidores da C 250 Cup. Pela manhã de sábado, a categoria volta a pista para o segundo treino livre, desta vez com uma hora para os pilotos das duas casses.
 
Ainda no sábado, a partir das 15h, os pilotos da CLA AMG Cup realizam o treino classificatório, com duração de 20 minutos. Em seguida, é a vez a C 250 Cup definir o grid de largada da categoria para a sétima e penúltima etapa do calendário. E no domingo, a partir do meio-dia (com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports), acontece a disputa da corrida que certamente vai definir os pilotos que vão para São Paulo em condições de buscar o título da temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge.
 


Últimas Notícias
quinta-feira, 20 de julho de 2017
Copa Grande Prêmio
Truck
World Series
F1
F1
F1
Nascar
Stock Car
F1
F1
F1
F1
F1
F1
quarta-feira, 19 de julho de 2017
F-E
Galerias de Imagens
Facebook