Mercedes-Benz Challenge
26/06/2016 16:20

Rabelo vence de ponta a ponta etapa do Mercedes-Benz Challenge marcada por grave acidente em Tarumã

A terceira etapa da temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge foi encerrada sob o regime do safety-car em razão do forte acidente sofrido por Arthur Bragantini. Na pista, vitória de Adriano Rabelo, que liderou de ponta a ponta a prova deste domingo em Tarumã na CLA AMG Cup. Na C 250 Cup, nova vitória da dupla formada por Marcos Paioli e Peter Gottschalk
Warm Up, de Viamão
FERNANDO SILVA, de Viamão

Um grande susto marcou a terceira etapa da temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge, disputada na tarde deste domingo (26), em Tarumã, no Rio Grande do Sul. Já na metade final da prova, Arthur Bragantini, que compartilhou a condução do C 250 Turbo com Ydenis de Souza, perdeu o controle do carro na veloz curva 8, bateu de frente na barreira de pneus e capotou, causando momentos de tensão na corrida. A direção de prova acionou o safety-car e com o carro de segurança optou por encerrar a disputa, com sete minutos para o fim da corrida.
 
Na pista, levou a melhor quem largou na frente na classe CLA AMG Cup: Adriano Rabelo. O ‘Cearense Voador’, vice-campeão na temporada passada, saiu na pole, segurou Luiz Ribeiro no início e manteve o controle da corrida até o fim, cruzando a linha de chegada logo atrás do safety-car. Na C 250 Cup, a vitoriosa dupla formada por Marcos Paioli e Peter Gottschalk novamente subiu no topo do pódio, comemorando mais um triunfo no Mercedes-Benz Challenge.
Adriano Rabelo comemora a vitória conquistada neste domingo em Tarumã (Foto: Fabio Davini)
Saiba como foi a etapa de Tarumã do Mercedes-Benz Challenge
 
A corrida que marcou a terceira etapa da temporada teve o domínio do pole Adriano Rabelo em seu início. O cearense se segurou na ponta, mas enfrentou, durante boa parte da prova, forte pressão do gaúcho Luiz Ribeiro, segundo colocado. Betão Fonseca se segurou em terceiro nas primeiras voltas, mas teve de conter os avanços do líder do campeonato na CLA AMG Cup, Arnaldo Diniz Filho.
 
Na C 250, Peter ‘Tubarão’ Gottschalk largou mal e possibilitou a ultrapassagem de Marcos Paioli, parceiro do seu pai, Peter Gottschalk, e também de Fabio Escorpioni, caindo para terceiro lugar em uma disputa que ainda prometia muito, já que não havia expectativa de troca de pneus.
 
Com 25 minutos para o fim da corrida, a direção de prova abriu os boxes para os pit-stops obrigatórios. E um dos primeiros a parar foi justamente Luiz Ribeiro, sendo seguido por Arnaldo Diniz Filho. A expectativa é que a troca de pneus poderia mudar os rumos da corrida em Tarumã. O tempo mínimo de parada nos boxes era de dois minutos.
 
Aí, com 20 minutos para o fim da corrida, na 14ª volta, aconteceu o acidente mais forte da corrida. Arthur Bragantini, que neste fim de semana compartilhou a pilotagem do #40 com Ydenis de Souza, perdeu o controle do seu carro na saída da curva 8, bateu de frente na barreira de pneus e capotou seu C 250 Turbo. 
 

Por muita sorte, o veterano piloto conseguiu sair andando normalmente do carro, mas a corrida teve a intervenção do safety-car.
 
Mas não havia muito tempo para arrumar a barreira de pneus e seguir com a corrida sob bandeira verde. Assim, restando sete minutos para o tempo regulamentar da corrida, a decisão de prova optou por encerrar a corrida com bandeira amarela, decretando a vitória de Rabelo na CLA AMG Cup, com Fernando Junior em segundo lugar, enquanto a dupla de Marcos Paioli e Peter Gottschalk, quarto colocados no geral, venceu na C 250.

Os resultados deste domingo mantiveram Arnaldo Diniz Filho na liderança do campeonato na CLA AMG Cup. Agora, o piloto da Comark Racing soma 42 pontos, contra 39 de Fernando Fortes. Betão Fonseca tem 32, à frente de Claudio Dahruj, com 29, empatado com Roger Sandoval. Rabelo pulou para 25 pontos, em sexto lugar, seguido de José Vitte, com 22, Fernando Jr., com 20, e Luiz Carlos Ribeiro, também com 20. A dupla formada por Lorenzo e Paulo Varassin fecha o top-10, com 19.

Disputa pela liderança da C 250, com o carro de Paioli e Gottschalk na frente (Foto: Fabio Davini)

Na classe C 250, Paioli e Gottschalk assumiram de vez a liderança do campeonato, desempatando a disputa com Claudio Simão. Agora, a experiente e vitoriosa dupla soma 55 pontos, contra 48 de Simão. Peter Michel 'Tubarão' Gottschalk tem 41. O atual campeão da C 250 Cup vem em terceiro, à frente de Flavio Andrade e de Fabio Escorpioni.

A quarta etapa do Mercedes-Benz Challenge em 2016 acontece em 17 de julho, em Cascavel, no oeste do Paraná.
PADDOCK GP #34 ENTREVISTA CHRISTIAN FITTIPALDI E FALA SOBRE LE MANS E F1


Últimas Notícias
domingo, 30 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook