Mitsubishi
27/09/2016 16:58

Mitsubishi Cup promete disputas acirradas em Indaiatuba com rodada dupla nos dias 8 e 9 de outubro

Duplas vão acelerar no interior de São Paulo de olho no título do rali cross-country de velocidade mais tradicional do Brasil no segundo fim de semana de outubro
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Nos dias 8 e 9 de outubro, a cidade paulista de Indaiatuba volta a receber o rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup. A competição fará uma etapa dupla, com provas no sábado e no domingo que prometem esquentar a reta final da temporada 2016.
 
"As duplas precisarão planejar bem a estratégia, já que depois desse fim de semana faltará apenas uma etapa para o término do campeonato. E tem que saber usar os equipamentos, porque são dois dias intensos", explicou Guilherme Spinelli, diretor da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors. 
 
No sábado, os competidores farão três provas de aproximadamente 30 km cada. Já no domingo, serão duas provas de 51 km. "Serão provas de velocidade média, com trechos mais rápidos. O trajeto está totalmente visual, com cana-de-açúcar colhida. E como nesta fazenda há várias opções de estradas, teremos provas completamente diferentes nos dois dias", adiantou Spinelli.
 
Mais uma vez, a Fazenda Pimenta será o palco da competição. O destaque da etapa em Indaiatuba é que os trajetos são próximos do lounge e os convidados e familiares das duplas podem assistir boa parte das provas. Na zona de espetáculo, que vale pontuação extra, haverá um belo salto.
 
No fim da etapa dupla de Indaiatuba, os candidatos ao título 2016 serão revelados - a grande final está marcada para o dia 19 de novembro, em Mogi Guaçu. "A Mitsubishi Cup só acaba quanto termina", garantiu a navegadora Sara Volpato, da categoria Pajero TR4 ER. 
Região de Indaiatuba tem piso excelente para o rali cross-country de velocidade (Foto: Ricardo Leizer/Mitsubishi)
ASX RS
 
O ASX RS, derivado do ASX R, estreou na Mitsubishi Cup em 2016. O carro é preparado pela Ralliart Brasil e tem motor com 192 cavalos de potência e 25,7 kgf de torque, além de uma nova geometria de suspensão.
 
"A Ralliart Brasil trabalhou especialmente nessa nova categoria. Os recursos usados no carro garantem ainda mais performance, estabilidade, tração e conforto para as duplas durante as provas", explicou Spinelli.
 
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI



Últimas Notícias
quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
F1
Endurance
F1
F1
F-E
Indy
Superbike
Kart
F1
Outras
World Series
F1
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook