Mitsubishi
16/10/2016 11:40

Ricardo Feltre e Mauro Neuenschwander garantem título da temporada 2016 da Mitsubishi Lancer Cup em Goiânia

Em final no autódromo de Goiânia, Ricardo Feltre e Mauro Neuenschwander sacramentaram o título da temporada 2016 da Lancer Cup. Elias Azevedo venceu na Lancer RS Master e Luiz Barcellos foi o campeão na Lancer RS Light
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Com o dia quente e muito sol, terminou neste sábado (15) em Goiânia  a temporada 2016 da Mitsubishi Lancer Cup. Depois de quatro etapas com muitas emoções e ultrapassagens, a dupla Ricardo Feltre e Mauro Neuenschwander, que divide o carro número 88, foi a grande campeã.
 
Na primeira corrida, vitória de ponta a ponta de Feltre. "Foi bom demais. Me dou bem aqui, gosto dessa pista. Fiz a pole-position e ganhei a prova. Mas fiquei o tempo todo com a pressão do Alexandre Navarro, que vinha logo atrás. Foi uma disputa sadia e justa que, no final, conquistei a vitória", vibrou o piloto, que praticamente já havia garantido o título. "Se fizer as contas, já deu para colocar as duas mãos na taça", brincou.
 
Navarro ficou com o segundo lugar e garantiu a vitória na categoria Master, para pilotos acima dos 45 anos. "Foi o tempo todo cercando, o Ricardinho não deu mole. Mas valeu a pena cada volta. A Mitsubishi está sempre de parabéns com esse evento maravilhoso. Gostoso é subir no pódio, estava precisando", comemorou.
 
Já na categoria Light, destinada a quem não correu nos anos anteriores, o estreante Guilherme Reischl ficou com o primeiro lugar. "Uma delícia, não conhecia o carro, nem a pista. O carro é maravilhoso, equilibrado, forte e super competitivo. É a primeira vez que subo em primeiro lugar. Goiânia e a Lancer Cup ficarão na memória", garantiu.
Os campeões vibram com o título da Lancer Cup 2016 (Foto: Tom Papp)
Para fechar o ano com chave de ouro, Mauro Neuenschwander venceu a segunda corrida do dia, mesmo largando na segunda colocação. "Corri uma prova antes, estava bem quente, fiquei muito cansado. Pensei em não fazer a tomada de tempo, mas fiz e cheguei em segundo. Só tinha uma chance de passar o Renato Favatti e passei. Consegui abrir um pouco, mas do meio da corrida para frente acabou meu fôlego e ele veio chegando. No final, deu pra chegar em primeiro", vibrou o piloto, exausto na chegada. "Mas é bom demais ser bicampeão na Lancer Cup! Quero fazer uma homenagem para o meu filho Luca, que chegou em sétimo hoje no Sul-Americano de Kart. Vamos ver o que nos espera para o ano que vem", completou.
 
"Agora sim. Não precisa mais de caderno, nem de calculadora. Somos campeões em 2016", disse Ricardinho. O piloto ainda disputa este ano o rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup e tem chances de ganhar também. "Vamos ver se consigo o feito de ser campeão nas duas principais competições de velocidade da Mitsubishi - Lancer Cup e Mitsubishi Cup. Faz quatro anos que corro com a Mitsubishi e são só agradecimentos à equipe inteira. É realmente uma grande família que só nos ajuda a crescer e andar cada vez melhor", ressaltou.
 
Na Lancer RS Light, título para Luiz Barcellos. "Foi um campeonato ótimo, duas provas no Velo Città, duas fora de casa, com a estreia da categoria em Interlagos. Foi um marco. Fui campeão pela regularidade e consistência. Mas mais importante do que isso: foi extremamente divertido. Somos um grupo de amigos, nos damos bem, a gente ri e se diverte. É uma competição dura às vezes, mas é uma higiene mental como nenhuma outra", afirmou.
 
Já na Lancer RS Master, Elias Azevedo levou o campeonato. "Estou muito feliz! Foi excelente ter participado com vários pilotos de alto nível. Mais um título na minha carreira. E pretendo continuar, fazer um trabalho ainda mais estruturado", comentou o piloto, que garantiu também o vice-campeonato na geral. "Pra mim foi muito prazeroso dirigir esse carro. A família Mitsubishi está de parabéns", completou.

Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
F1
Truck
Kart
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
Galerias de Imagens
Facebook