Motociclismo
19/06/2017 06:44

Aos 15 anos, Ferreira é escolhido pela Yamaha para semana de treinos em programa de formação de Rossi na Itália

Renzo Ferreira foi selecionado pela Yamaha para a quarta edição do VR46 Master Camp. Representante de um programa de formação da marca dos três diapasões no Mundial de Supersport 300, o brasileiro de 15 anos vai participar de uma semana de treinos na Academia de Pilotos VR46, onde Valentino Rossi prepara seus pupilos
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

A quarta edição do Yamaha VR46 Master Camp vai contar com um piloto brasileiro. No último sábado, a montadora dos três diapasões anunciou que Renzo Ferreira vai integrar o grupo de seis pilotos que vai participar da semana de treinos na VR46 de Valentino Rossi.
 
Além do brasileiro de 15 anos, o grupo desta quarta edição do programa vai contar com o holandês Robert Schotman, o francês Enzo De La Vega, o finlandês Kimi Patova, o ucraniano Mykyta Kalinin e o italiano Alfonso Coppola. A seleção do grupo faz parte da nova fase do R3 bLU cRU Challenge, um competição onde os pilotos disputam o apoio da casa de Iwata na temporada 2018. Os seis pilotos disputam hoje o Mundial de Supersport 300.
Renzo Ferreira, Robert Schotman, Enzo De La Vega, Kimi Patova, Mykyta Kalinin e Alfonso Coppola vão participar do Master Camp na Itália (Foto: Yamaha)
O bLU cRU é uma plataforma desenvolvida pela Yamaha para apoiar a próxima geração de jovens pilotos, tanto nas modalidades de pista, como no mundo do off-road.
 

O anúncio, realizado durante a etapa de Misano do Mundial de Superbike, contou com a participação de Paolo Pavesio, chefe da divisão de marketing da Yamaha Motor Europe, e de Alessio ‘Uccio’ Salucci, diretor da Academia de Pilotos VR46. 
 
A quarta edição do Master Camp acontece entre 24 e 28 de julho e os pilotos terão a chance de aprender com Rossi, com os integrantes da Academia de Pilotos VR46 — como Franco Morbidelli, Andrea Migno e Francesco Bagnaia, por exemplo —, com Marco Belli, tricampeão inglês de Flat Track e bicampeão americano e europeu da modalidade, além do preparador físico Carlo Casabianca.
 
“Como responsável pelos principais campeonatos de motos de produção, os Mundiais de Superbike e Motocross, a Yamaha Motor Europe está trabalhando duro não apenas para apoiar nossos pilotos competindo em categorias top, mas também para oferecer a jovens talentos a possibilidade um caminho de crescimento de uma competição nacional até a porta do motociclismo profissional”, disse Pavesio. “Sob essa perspectiva, o recém-criado Mundial de Supersport 300 representa a plataforma perfeita para dar ao talento futuro a oportunidade de fazer o salto para as corridas internacionais. Por essa razão, criamos, sob o guarda-chuva do bLU cRU, um projeto para apoiar um grupo de pilotos em ascensão para este campeonato e, eventualmente, ainda mais longe”, seguiu.
 
“Ter a oportunidade de também oferecer a eles a experiência do Yamaha VR46 Master Camp é como um sonho, não só para os nossos seis pilotos, mas também para todo o programa bLU cRU em geral, e estamos ansiosos para ver a performance dos pilotos assim que eles voltarem do Motor Ranch VR46 em julho”, completou.
 
Assim como nas edições anteriores do Master Camp, que contaram basicamente com pilotos asiáticos, os participantes vão frequentar a academia do Rancho do multicampeão da MotoGP, além de participarem de treinos no circuito de Misano e na pista de kart de Misanino. O curso é projetado para melhorar as habilidades dos pilotos, o controle da moto e também a escolha da linha de corrida. O treinamento será feito com máquinas de pista — YZF-R3, MiniGP e karts — e off-road — YZ250F.
 
“Introduzir um novo grupo de pilotos no Master Camp é sempre empolgante, então estou muito feliz em participar do anúncio oficial”, falou Salucci, amigo de longa data de Rossi. “A VR46 está dedicada ao programa VR46 Master Camp e aos talentos que temos a chance de ajudar a desenvolver as habilidades de pilotagem. Nesta quarta edição, nossos especialistas vão treinar um novo grupo de jovens talentos do bLU cRU. Esta quarta turma do Master Camp, obviamente, já tem experiência com corridas de nível internacional dentro da Europa, então sabemos que eles serão rápidos e terão um nível alto de partida”, continuou.
Renzo Ferreira tem 15 anos e disputa o Mundial de Supersport 300 (Foto: Yamaha)

“No entanto, o programa de treinamento de cinco dias em julho é uma boa oportunidade para eles ganharem muitas habilidades no Motor Ranch e em várias outras localidades, o que pode ajudá-los no restante da temporada do WorldSSP300 e no resto de suas carreiras”, apontou. “Estou certo de que eles mal podem esperar para conhecer Valentino, os pilotos da Academia VR46 e os outros instrutores, e a equipe da VR46 também está ansiosa por isso, porque a semana de treinos do Master Camp é sempre muito divertida”, concluiu.
 
Grande nome por trás do Master Camp, Rossi destacou que ajudar na evolução de jovens pilotos é uma paixão de longa data e se mostrou ansioso para receber o novo grupo em sua cidade-natal.
 
“A quarta edição do Master Camp está para começar, e nós não poderíamos estar mais felizes em receber novos pilotos em Tavullia”, disse Rossi. “Quando encontrei o último grupo, quis ter certeza de que eles sentissem que estavam aprendendo habilidades e práticas técnicas que podiam aplicar imediatamente em seus respectivos campeonatos”, comentou.
 
“Ver esses garotos do bLU cRU receberem tão bem essa nova informação e conquistarem bons resultados por conta disso é um grande prazer e uma verdadeira recompensa para a Yamaha e para a VR46, que organizam e controlam todo o projeto do Master Camp”, destacou Valentino. “Ajudar jovens talentos a desenvolverem suas carreiras internacionais é uma paixão minha de longa data. Ver isso crescer além da Academia de Pilotos VR46 para pilotos internacionais frequentando o Master Camp é algo muito especial”, exaltou.
 
“O próximo Master Camp vai mais uma vez exigir o suor dos pilotos, mas estou certo de que eles serão capazes de realmente aproveitar pilotar no Motor Ranch e em outros circuitos”, encerrou.
 
Nascido em Campinas, no interior de São Paulo, Renzo começou a pilotar aos quatro anos de idade e, aos 11, participou da Júnior Cup, a categoria de entrada da Superbike Series brasileira. Quatro anos depois, Ferreira foi campeão de Supermoto na classe 230cc.
 
Ano passado, Renzo foi competir nos Estados Unidos e chegou à Europa em 2017, defendendo a Kallio Race System, equipe da família de Mika Kallio, o atual piloto de testes da KTM na MotoGP. Passadas as cinco primeiras etapas da temporada, Renzo ainda não conseguiu pontuar no Mundial de Supersport 300.
O GP DO CANADÁ É PARA HAMILTON O QUE O GP DE MÔNACO FOI PARA SENNA?

Últimas Notícias
segunda-feira, 19 de junho de 2017
Motociclismo
Endurance
domingo, 18 de junho de 2017
Nascar
F3
Endurance
Endurance
DTM
F3
Endurance
F1
Superbike
F1
Endurance
sábado, 17 de junho de 2017
Endurance
Nascar
Galerias de Imagens
Facebook