Motociclismo
01/08/2016 11:54

Com Pol Espargaró, Nakasuga e Alex Lowes no comando da R1, Yamaha vence 8 Horas de Suzuka pelo segundo ano seguido

A Yamaha viveu um domingo (31) de glória no Japão ao conquistar pelo segundo ano consecutivo a lendária 8 Horas de Suzuka. Guiada por Pol Espargaró, Alex Lowes e Katsuyuki Nakasuga, a YZF-R1 completou 218 voltas com 2min17s883 de vantagem para Akira Yanagawa/Leon Haslam/Kazuki Watanabe. Takuya Tsuda/Joshua Brookes/Noriuki Haga ficou com o terceiro posto. Equipe da Honda que contava com Nicky Hayden, Michael Van der Mark e Takumi Takahashi teve de abandonar por conta de um problema com a CBR
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Pelo segundo ano consecutivo, a Yamaha conquistou aquela que é considerada a prova mais importante do calendário das fábricas japonesas. Com Pol Espargaró, Katsuyuki Nakasuga e Alex Lowes, a casa de Iwata dominou a tradicional 8 Horas de Suzuka e não deu chances à concorrência.
 
Em 2015, Nakasuga e Espargaró já tinham levado a YZF-R1 ao topo do pódio de Suzuka — junto com Bradley Smith —, encerrando um jejum da Yamaha que vinha desde 1996.
O pódio da edição 2016 das 8 Horas de Suzuka (Foto: Divulgação/EWC)
Partindo da pole, o trio #21 teve o caminho ao topo do pódio encurtado pelo abandono do trio formado por Takumi Takahashi, Michael van der Mark e Nicky Hayden. A MuSashi Honda teve um problema técnico antes do fim da terceira hora.
 

No momento em que o trio #634 abandonou, a Yamaha já tinha 50s de vantagem, margem que subiu para 1min22s quando Pol entregou a R1 nas mãos de Nakasuga para um segundo stint. 
 
Piloto de testes da Yamaha na MotoGP e dono de um pódio na classe rainha do Mundial de Motovelocidade correndo como wild-card, o campeão japonês também cumpriu bem sua parte, com Lowes tratando de abrir vantagem antes de devolver a R1 para o comando de Espargaró. 
 
Com ritmo mais forte que os rivais, a Yamaha não deu chances para ninguém e deu volta na maioria dos rivais. Ao fim das oito horas de disputa, Alex recebeu a bandeirada com 2min17s883 de vantagem para a equipe oficial da Kawasaki, formada por Akira Yanagawa, Leon Haslam e Kazuki Watanabe. Depois de uma longa briga, Takuya Tsuda, Josh Brookes e Noriyuki Haga completaram o top-3.
Alex Lowes teve a honra de receber a bandeirada (Foto: Yamaha)
Além de marcar o segundo triunfo de Espargaró na mais importante prova do calendário de Endurance da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), a disputa de domingo também foi a despedida de Pol de Suzuka ao menos em um futuro próximo, já que o irmão de Aleix vai defender a KTM na MotoGP a partir do próximo ano.
 
A Honda, por sua vez, voltou a amargar a derrota em Suzuka. Depois de vencer cinco anos consecutivos — e 27 das 38 edições da corrida —, a marca da asa dourada voltou a viver um domingo de derrota como o de 2015.
 
Com o abandono nas mãos de Hayden, que fazia apenas seus primeiro stint na disputa, a MuSashi viveu seu segundo problema técnico consecutivo, já que em 2015 viu Casey Stoner sofrer uma forte queda por conta de uma falha na CBR.
 
Com Hayden, Van der Mark e Takahashi fora da disputa, o Team Green e a Yoshimura travaram um bom duelo pelo segundo posto, com destaque para a disputa entre Haslam e Haga no início da quinta hora.
 
Ex-piloto do Mundial de Superbike, Haslam levou a melhor na briga e acabou abrindo vantagem para garantir o segundo posto da Kawasaki. Na hora final, Brookes ainda tentou apertar o passo, mas acabou mesmo em terceiro. 
 
Mundial de Endurance, 8 Horas de Suzuka, Final:
 
1 21 KATSUYUKI NAKASUGA
POL ESPARGARÓ
ALEX LOWES
JAP
ESP
ING
YAMAHA
YZF-R1
8:00:40.124 218 voltas
2 87 AKIRA YANAGAWA
LEON HASLAM
KAZUKI WATANABE
JAP
ING
JAP
TEAM GREEN
KAWASAKI ZX-10R
+2:17.883  
3 12 TAKUYA TSUDA
JOSHUA BROOKES
NORIYUKI HAGA
JAP
ING
JAP
YOSHIMURA SUZUKI
GSX-R1000
+1 volta  
4 7 BROC PARKES
KOHTA NOZANE
TAKUYA FUJITA
AUS
JAP
JAP
YART YAMAHA
YZF-R1
+4 voltas  
5 32 JOSHUA WATERS
NOBUATSU AOKI
YOSHIHIRO KONNO
AUS
JAP
JAP
MOTO MAP
SUZUKI GSX-R1000
+4 voltas  
6 17 YUKIO KAGAYAMA
NAOMICHI URAMOTO
RYUICHI KIYONARI
JAP
JAP
JAP
TEAM KAGAYAMA
SUZUKI GSX-R1000
+5 voltas  
7 01 OSAMU DEGUCHI
HITOYASU IZUTSU
ERWAN NIGON
JAP
JAP
FRA
EVA RT
KAWASAKI ZX-10R
+5 voltas  
8 22 ZAQHWAN ZAIDI
DIMAS EKKY PRATAMA
MAS
INA
TEAM ASIA
HONDA CBR1000RR
+6 voltas  
9 18 TAKAHIRO NAKATSUHARA
RYUTA KOBAYASHI
TARO SEKIGUCHI
JAP
JAP
JAP
MISTRESA
HONDA CBR1000RR
+6 voltas  
10 090 DAMIAN CUDLIN
HIKARI OHKUBO
KOSUKE AKIYOSHI
AUS
JAP
JAP
TELURU KOHARA
HONDA CBR1000RR
+6 voltas  
11 104 GINO REA
TATSUYA YAMAGUCHI
RATTHAPARK WILAIROT
ING
JAP
TAI
TOHO
HONDA CBR1000RR
+7 voltas  
12 2 AARON MORRIS
SEBASTIEN SUCHET
AUS
SUI
R2CL
SUZUKI GSX-R1000
+8 voltas  
13 111 JULIEN DA COSTA
SEBASTIEN GIMBERT
FREDDY FORAY
FRA
FRA
FRA
HONDA ENDURANCE
CBR1000RR
+8 voltas  
14 94 DAVID CHECA
NICCOLÒ CANEPA
LUCAS MAHIAS
ESP
ITA
FRA
GMT94-YAMAHA
YZF-R1
+8 voltas  
15 8 HORST SAIGER
MICHAEL SAVARY
GIANLUCA VIZZIELLO
AUT
SUI
ITA
TEAM BOLLIGER
KAWASAKI ZX-10R
+9 voltas  

PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS


Últimas Notícias
sábado, 25 de março de 2017
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
F1
F1
MotoGP
Nascar
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook