Motociclismo
30/05/2016 12:48

Granado fala em fim de semana “difícil de digerir” no Europeu de Moto2, mas evita abatimento: “Agora é virar a página”

Depois de registrar um abandono e um sexto lugar no MotoLand, Eric Granado classificou o fim de semana no Europeu de Moto2 como “difícil de digerir”. Brasileiro tem a quarta colocação no campeonato
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
O fim de semana de Eric Granado em Aragão foi marcado pelo azar. O brasileiro teve de abandonar a primeira prova da rodada dupla do Campeonato Europeu de Moto2 por conta de um problema com a embreagem e não conseguiu se aproximar da briga pelo pódio no complemento da etapa do MotorLand, recebendo a bandeirada no sexto posto.
 
Ao fim dos trabalhos em Aragão, Eric afirmou que é difícil engolir situações como a deste fim de semana, mas evitou se abater.
 
“Situações como as deste fim de semana fazem parte das corridas, mas são difíceis de digerir”, disse Eric. “Na primeira corrida, notei desde a largada que nem tudo estava bem e tive de abandonar. Na segunda, não estava tão confortável como ontem ou anteontem, e não pude me aproximar o suficiente das posições de pódio, apesar de ter terminado a 4s do vencedor”, explicou.
Eric Granado e a Promoracing não tiveram vida fácil no MotorLand (Foto: Promoracing)
Agora é virar a página e seguir trabalhando tão duro quanto neste fim de semana”, concluiu Granado.
 
Granado, no entanto, não foi o único azarado no fim de semana da Promoracing. Companheiro de equipe do brasileiro, Xavi Cardelús foi protagonista de um acidente assustador e não conseguiu disputar a segunda prova do dia por conta dos danos à moto.
 
O espanhol caiu no fim da primeira volta e a Kalex voltou para a pista em uma sequência de piruetas. Os pilotos que vinham atrás não conseguiram parar e a destruição do tanque de combustível acabou por resultar em uma enorme bola de fogo.
 
““O acidente na segunda corrida foi impressionante. Felizmente, não me machuquei”, destacou Cardelús. “A moto ficou totalmente destruída, teve fogo e outros quatro pilotos caíram. Foi enorme”, sublinhou.
 
Chefe da Promoracing, Raúl Jara lamentou o azar do fim de semana, mas destacou o bom trabalho feito pela equipe e pelos pilotos.
 
“Foi um fim de semana para esquecer, no qual aconteceu tudo de ruim que podia acontecer e o azar teve muito a ver com isso”, avaliou. “O mais importante de tudo é a atitude e o trabalho de toda a equipe e dos nossos pilotos”, continuou. 
 
“Parece incrível que possamos concentrar tanto azar e incidentes em um único fim de semana, mas se lamentar não serve para nada”, ponderou. “É preciso seguir trabalhando”, concluiu.
 
Passadas as duas primeiras etapas da temporada 2016, Steven Odendaal lidera o campeonato com 95 pontos, 23 a mais que Alan Techer, o segundo colocado. Granado, que venceu a primeira corrida de Valência, tem o quarto posto, já 60 pontos atrás do líder. Cardelús é o nono na tabela.
 
A próxima etapa do Campeonato Europeu de Moto2 está marcada para o dia 12 de junho, em Barcelona.
PADDOCK GP #30 DEBATE INDY, F-E E MOTOGP

Últimas Notícias
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F1
quarta-feira, 18 de janeiro de 2017
F1
F-E
F1
F1
F1
Outras
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook