Motociclismo
05/01/2017 15:21

Promessa do motociclismo, americano de 12 anos ganha apoio do ator Keanu Reeves para começar carreira na Europa

Damian Jigalov é uma criança. Mas mesmo tendo apenas 12 anos de idade, o menino norte-americano é considerado uma grande promessa. No meio do ano, mostrou na Itália, como convidado, que pode acelerar os os melhores do país, mas faltava dinheiro para bancá-lo por lá. Até aparecer Keanu Reeves, ele mesmo, o do Matrix, e sua Arch para garantir patrocínio ao menino
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

Aos 12 anos de idade, o norte-americano Damian Jigalov fechou um acordo para guiar todo o Campeonato Italiano de Velocidade de 2017 na categoria Pré-Moto3. E tem uma pessoa em especial a agradecer - e não é Valentino Rossi ou Marc Márquez. É Keanu Reeves. Sim, o ator Keanu Reeves, protagonista de filmes como 'Matrix', 'Doce Novembro' e 'De Volta ao Jogo'.
 
Reeves é um conhecido entusiasta das motos. Tanto que ele prepara as próprias motos e vez ou outra aluga uma pista e sai testando com suas motos de corridas preparadas. Foi com isso em vista que criou a Arch Motorcycle, uma fabricante de motos - que testa assim que prontas.
 
O ator conheceu Jigalov quando foi ao GP dos Estados Unidos de MotoGP no ano passado, no Circuito das Américas, em Austin. Reeves ouviu que o menino era uma promessa e logo seria muito bom em cima de uma moto. No final do ano, Reeves alugou o circuito de Laguna Seca para dar algumas voltas e resolveu chamar Jigalov para ver como respondia à temida curva Saca-Rolhas. Ficou impressionado.
 
Jigalov, por ser muito jovem, não podia participar da MotoAmérica, então suas chances nos Estados Unidos ficavam confinadas à menor Western Easter Racing, onde competia e ganhava de rivais de 22 anos de idade. 
Keanu Reeves e Damian Jigalov agora são parceiros (Foto: Reprodução/Facebook)
Na Itália, a oportunidade lhe esperava. Jigalov testou por lá no ano passado em Misano, foi bem e recebeu o convite para correr uma etapa do campeonato, em Mugello. Sem nem conhecer a pista, terminou no quinto lugar. O que faltava era dinheiro, visto que seu pai, um ex-policial de Chicago, não podia bancar. Mas quem apareceu para salvar o dia foi Reeves - algo que provavelmente aprendeu salvando o mundo como John Constantine. E, verdade seja dita, seu sócio na Arch, Gard Hollinger.
 
A Arch vai patrocinar a carreira do menino na Itália.
 
"Estou muito agradecido a Keanu Reeves, Gard Hollinger e o pessoal da Arch" falou Jigalov. "Me tornaram parte da família e tive sorte de andar com eles em Laguna Seca. Quem sabe possam vir me ver em algumas corridas deste ano. Trabalhei duro e espero voltar para casa com algum título", disse.
 
O campeonato começa no último final de semana de abril.

Últimas Notícias
segunda-feira, 27 de março de 2017
F1
MotoGP
Endurance
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
Nascar
MotoGP
F1
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook