MotoGP
09/08/2014 14:39

Bradl surge no fim, bate Rossi por 0s016 e comanda terceiro treino da MotoGP em Indianápolis. Márquez é sexto

Stefan Bradl surgiu com um minuto para o fim da sessão para bater Valentino Rossi por 0s016 e liderar a MotoGP no terceiro treino livre em Indianápolis. Jorge Lorenzo completa o top-3
Warm Up
JULIANA TESSER, de São Paulo
 A cobertura completa do GP de Indianápolis no GRANDE PRÊMIO
icone_TV  Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens desta sexta-feira de Mundial de Motovelocidade em Indianápolis

Com o sol brilhando entre as nuvens de Indianápolis, Stefan Bradl atraiu os holofotes na manhã deste sábado (9) ao desbancar Valentino Rossi e garantir a liderança do terceiro treino livre da MotoGP.
 
Depois de um dia bastante nublado na sexta-feira, o sábado amanheceu com tempo melhor e sem a expectativa da chegada da chuva. Com o asfalto em ótimas condições os pilotos não perderam tempo e partiram para a pista tão logo o cronômetro foi disparado. 
Stefan Bradl foi o mais rápido na manhã deste sábado em Indianápolis (Foto: LCR)
Como vem acontecendo ao longo de toda a temporada, Marc Márquez se mostrou dominante, mas não conseguiu se manter na frente em tempo integral. Já nos minutos finais, a dupla da Yamaha apareceu para encerrar seu reinado.

Primeiro foi Jorge Lorenzo quem se colocou na ponta da tabela de tempos, mas o espanhol foi batido por Rossi poucos segundos depois. Com menos de um minuto para a bandeira quadriculada tremular em Indianápolis, o piloto da LCR passou em 1min32s522 e garantiu a posição de honra.
 
0s245 mais lento que Bradl, Andrea Dovizioso colocou a Ducati no quarto posto, à frente de Pol Espargaró. O piloto da Tech3, aliás, foi protagonista de um dos lances da sessão, já que preciso rebolar para se manter na moto após ser sacudido pela YZR-M1 #44.
Valentino Rossi ficou com o segundo tempo (Foto: Yamaha)
Com seu melhor giro em 1min32s862, Márquez ficou com a sexta colocação, 0s340 mais lento que o líder. 0s187 atrás, Andrea Iannone ficou em sétimo, com Bradley Smith em oitavo.
 
Único piloto a vencer duas vezes em Indianápolis na MotoGP, Dani Pedrosa teve uma atuação apagada e ficou com o nono posto. O melhor giro do espanhol foi em 1min33s220, 0s698 mais lento que Bradl. Aleix Espargaró completa o top-10.

Saiba como foi o terceiro treino livre da MotoGP em Indianápolis:
 
O céu abriu em Indianápolis para receber os pilotos da MotoGP neste sábado (9), com o tempo melhorando sensivelmente, incluindo uma aparição discreta do sol. Com a temperatura na casa dos 22°C e o asfalto atingindo 28°C, os pilotos da classe rainha do Mundial entraram na pista para a terceira sessão de treinos do fim de semana.
 
Correndo em casa pela última vez na carreira, Colin Edwards preparou uma roupa toda especial para o fim de semana, completamente camuflada. O futuro do norte-americano tem sido alvo de muita especulação nos últimos dias.
 
Colin já anunciou que vai se aposentar, mas sua presença em todas as etapas restantes de 2014 ainda não está garantida. Edwards não vai correr em Brno, quando será substituído por Alex de Angelis, mas garante que fará as etapas de Silverstone e Valência.
 
Na terceira sessão livre, foi Scott Redding quem começou na ponta, mas logo foi batido por Jorge Lorenzo, que foi 0s115 mais rápido. Stefan Bradl vinha em terceiro, à frente de Valentino Rossi e Yonny Hernández.
 
Pouco depois, Rossi tomou a frente com 1min33s503, mas foi superado por um Marc Márquez 0s501 mais rápido.
 
Aniversariante do dia, Andrea Iannone sofreu uma queda ainda nos primeiros minutos, mas não se lesionou. 
Marc Márquez fez o sexto tempo nesta manhã (Foto: Repsol)
Márquez baixou para 1min32s862 na sequência, aumentando ainda mais sua vantagem para Rossi. Pol Espargaró subiu para a terceira colocação, à frente de Lorenzo, Aleix Espargaró, Dani Pedrosa, Redding, Cal Crutchlow, Hernández e Bautista.
 
Com 1min33s377, Andrea Dovizioso apareceu em segundo. Tentando melhorar sua marca, Márquez deu uma ligeira escorregada na curva 16, mas conseguiu salvar a queda e seguiu firme e forte na sessão. 
 
Enquanto isso, Bradl baixou para 1min33s583, 0s721 atrás de Marc. Pol era o quinto, à frente de Lorenzo e Pedrosa. 
 
No fundo da tabela, Leon Camier seguia seu processo de adaptação e aparecia em 21º, 3s298 mais lento que o líder da sessão. 
 
Completados os primeiros minutos da sessão, os pilotos seguiram para os boxes para trabalhar nas motos. Márquez liderava a sessão com 0s515 de vantagem para Dovizioso. Rossi vinha em terceiro, à frente de Bradl, Pol, Lorenzo, Pedrosa, Iannone, Aleix e Redding.
 
De volta à pista, Iannone baixou para 1min33s658 e assumiu a sexta colocação, à frente de Lorenzo, Pedrosa e Aleix. 
 
Pouco depois, Pedrosa baixou sua marca1min33s606 e saltou para quinto. Na sequência, Lorenzo melhorou e assumiu o quarto posto, 0s720 atrás de Márquez.
 
Quem também precisou rebolar para evitar uma queda foi Pol Espargaró. O espanhol da Tech3 escorregou na entrada da reta, mas, apesar do susto, conseguiu evitar a queda.
 
Pouco depois, Lorenzo voltou a baixar seu tempo de volta e passou Rossi para assumir o terceiro posto. Em seguida, Iannone foi melhor e passou a ocupar o terceiro lugar.
 
O piloto da Pramac voltou a melhorar e tomou o segundo posto, 0s354 atrás de Márquez. Dovizioso vinha em terceiro, seguido por Lorenzo, Rossi, Pedrosa, Pol, Hernández e Aleix. 
 
Faltando pouco mais de dez minutos para o fim, Bradl baixou para 1min33s501 e assumiu o quinto posto. Smith também foi melhor e assumiu a nona colocação. 
Álvaro Bautista sofreu uma forte queda nesta manhã (Foto: Gresini)
Com cerca de dez minutos para o fim, Bautista melhorou seu tempo e subiu para a nona colocação. Pouco depois, entretanto, o espanhol foi arremessado da moto na curva 13 e caiu violentamente. 
 
Enquanto isso, Lorenzo anotou 1min32s606 e assumiu o comando da sessão, mas logo perdeu para Rossi, que foi 0s068 mais rápido. Dovizioso vinha em terceiro, seguido por Pol Espargaró e Marc Márquez. 
 
Faltando um minuto para a bandeira quadriculada, Bradl passou em 1min32s522 e tomou à frente, abrindo 0s016 de vantagem para Rossi. Lorenzo era terceiro, seguido por Dovizioso, Pol, Márquez, Iannone, Smith, Pedrosa e Aleix. 
 
Com o cronômetro travado, ninguém superou Bradl, que ficou com o comando da sessão.
 
Os filhos do pai: Chicho Lorenzo e o trabalho com jovens pilotos

MotoGP, GP de Indianápolis, Indianápolis, 3º Treino Livre:
 
1
6
STEFAN BRADL
ALE
LCR HONDA
1:32.522
 
2
46
VALENTINO ROSSI
ITA
YAMAHA
1:32.538
+0.016
3
99
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
1:32.606
+0.084
4
4
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
1:32.767
+0.245
5
44
POL ESPARGARÓ
ESP
TECH3 YAMAHA
1:32.797
+0.275
6
93
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
1:32.862
+0.340
7
29
ANDREA IANNONE
ITA
PRAMAC DUCATI
1:33.015
+0.493
8
38
BRADLEY SMITH
ING
TECH3 YAMAHA
1:33.202
+0.680
9
26
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
1:33.220
+0.698
10
41
ALEIX ESPARGARÓ
ESP
FORWARD
1:33.453
+0.931
11
68
YONNY HERNÁNDEZ
COL
PRAMAC DUCATI
1:33.634
+1.112
12
19
ÁLVARO BAUTISTA
ESP
GRESINI HONDA
1:33.676
+1.154
13
45
SCOTT REDDING
ING
GRESINI HONDA
1:33.765
+1.243
14
35
CAL CRUTCHLOW
ING
DUCATI
1:34.118
+1.596
15
7
HIROSHI AOYAMA
JAP
ASPAR HONDA
1:34.267
+1.745
16
17
KAREL ABRAHAM
TCH
AB
1:34.745
+2.223
17
9
DANILO PETRUCCI
ITA
IODA ART
1:34.772
+2.250
18
8
HECTOR BARBERÁ
ESP
AVINTIA
1:34.801
+2.279
19
63
MIKE DI MEGLIO
FRA
AVINTIA
1:34.938
+2.416
20
2
LEON CAMIER
ING
ASPAR HONDA
1:35.010
+2.488
21
5
COLIN EDWARDS
EUA
FORWARD
1:35.122
+2.600
22
23
BROC PARKES
AUS
PAUL BIRD
1:35.521
+2.999
23
70
MICHAEL LAVERTY
ING
PAUL BIRD
1:35.915
+3.393
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
 
 
 
Novo circuito
 
MELHOR VOLTA
STEFAN BRADL
ALE
LCR HONDA
1:32.522
162.2 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 22ºC | pista: 29ºC


Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Stock Car
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook