MotoGP
29/08/2014 13:52

Em dia difícil para time oficial da Yamaha, Márquez volta a massacrar concorrência e lidera segundo treino em Silverstone

Com Jorge Lorenzo e Valentino Rossi fora do top-10, Marc Márquez teve em Stefan Bradl seu maior adversário. Apesar do empenho do piloto da LCR, o líder do Mundial promoveu um novo massacre e ditou o ritmo no segundo treino em Silverstone
Warm Up
JULIANA TESSER, de São Paulo
A cobertura completa do GP da Grã-Bretanha no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Marc Márquez promoveu um novo massacre na tarde desta sexta-feira (29) em Silverstone. Líder do Mundial, o espanhol não encontrou rivais na pista inglesa e liderou o segundo treino livre com bastante dificuldade.
 
No frio inglês, o piloto da Honda voou e liderou a sessão praticamente de ponta a ponta. Stefan Bradl ainda tentou segurar o líder do Mundial, mas tudo o que conseguiu foi levar a diferença para 0s509.
Marc Márquez, o novo rei da Inglaterra (Foto: Repsol)
Assim como aconteceu mais cedo, Andrea Dovizioso exibiu um bom ritmo com a Ducati e garantiu o terceiro posto na tabela de tempos, 0s885 mais lento que Marc.
 
Em um dia difícil para o time de fábrica da Yamaha, foi Bradley Smith quem defendeu a honra da YZR-M1. O britânico cravou 2min03s070 em sua melhor volta e ficou com a quarta colocação.

Quem também brilhou na Grã-Bretanha foi Yonny Hernández. O colombiano da Pramac cravou sua melhor volta em 2min03s327 e ficou com o quinto posto, 1s201 atrás do líder.
 
Destaque também para a performance de Scott Redding. Ainda com o futuro incerto, o britânico garantiu o sexto tempo ao registrar 2min03s333 em sua melhor volta.
 
Andrea Iannone aparece na sequência, à frente de Álvaro Bautista, que foi 1s265 mais lento que o ponteiro. Dani Pedrosa vem em nono, com Aleix Espargaró fechando o top-10.
 
Jorge Lorenzo não teve vida fácil nesta sexta e ficou com o 11º tempo, 1s374 mais lento que Márquez. Valentino Rossi foi ainda pior e ficou com a 13ª colocação, com seu melhor giro em 2min03s952.

Saiba como foi o segundo treino livre da MotoGP na Grã-Bretanha:
 
Apesar das nuvens negras cobrindo o céu, a chuva se manteve longe de Silverstone e os pilotos da MotoGP puderam aproveitar mais um pouco de asfalto seco. Com alguns raios de sol conseguindo furar as grandes nuvens, a temperatura subiu mais um pouquinho, chegando aos 18°C, com a pista atingindo os 27°C.
 
Confirmando a boa forma apresentada nesta manhã, Andrea Dovizioso logo se instalou na ponta da tabela de tempos, 0s087 à frente de Marc Márquez. Stefan Bradl vinha em terceiro, à frente de Jorge Lorenzo e Pol Espargaró. Valentino Rossi tinha o sexto posto.
 
Não demorou, Márquez cravou 2min03s132 e assumiu a ponta, com Bradl saltando para o segundo posto, 0s046 mais lento, Dovizioso vinha em terceiro.
 
Com 2min03s801, Lorenzo vinha em quarto, à frente de um brilhante Scott Redding. Pol era o sexto, com Pedrosa em sétimo e Rossi em oitavo.
 
Calçando a M1 com o pneu traseiro mais duro disponível para o fim de semana, Rossi baixou sua marca e assumiu o sexto posto, ainda 0s885 mais lento que Márquez.
 
Completados os primeiros 15 minutos da sessão, os pilotos partiram para os boxes para novos ajustes. Márquez liderava, à frente de Bradl, Dovizioso, Aleix, Lorenzo, Rossi, Redding, Pol, Pedrosa e Iannone.
 
De volta à pista, Márquez logo abriu uma boa volta e baixou sua marca para 2min02s126, mais de 1s mais rápido que a marca anterior. Assim, a vantagem em relação a Bradl subiu para 1s052.
 
Mais no meio da tabela, Bradley Smith baixou sua marca para 2min03s704 e assumiu o oitavo posto, 1s578 atrás do líder. Rossi vinha na sequência, à frente de Redding, Pedrosa, Bautista, Hernández, Crutchlow, Alex de Angelis, Karel Abraham e Leon Camier.
 
Com cerca de 15 minutos para o fim da sessão, os pilotos foram aos boxes mais uma vez. Márquez ditava o ritmo, 1s052 à frente de Bradl. Dovizioso tinha a terceira marca, à frente de Lorenzo, Pol e Aleix Espargaró, Iannone, Smith, Rossi e Redding.
 
Aos poucos, os pilotos foram voltando para a pista para tentar melhorar suas marcas nos dez minutos finais.
 
Com 2min03s272, Smith saltou para o quarto posto, 1s146 atrás de Márquez, Lorenzo vinha em quinto, à frente de Pol, Aleix, Iannone, Dani e Rossi.
 
Na sequência, Bradl baixou sua marca para 2min02s635 e reduziu a vantagem de Márquez para 0s509. Bradley também melhorou e passou Dovizioso para ocupar a terceira colocação. 
 
Pedrosa baixou sua marca e subiu para quinto, mas caiu para sexto com Iannone se instalando na posição da frente. 
 
Com 2min03s327, Yonny Hernández subiu para quinto, passando à frente de Iannone, Pedrosa, Bautista, Lorenzo, Pol, Redding, Aleix e Rossi.
 
Ainda com os planos para 2015 incertos, Redding seguiu melhorando, saltando para a sexta posição, 1s207 atrás de Márquez. 
 
Para os últimos minutos da sessão, todos os pilotos da Ducati lançaram mão dos compostos mais macios na traseira. Dovizioso vinha me quarto, com Hernández em quinto, Iannone em oitavo e Crutchlow em 14º.
 
Segundos antes da bandeira quadriculada, Márquez abriu uma nova boa volta, mas não conseguiu manter o ritmo e melhorar ainda mais sua marca. 
 
Os filhos do pai: Chicho Lorenzo e o trabalho com jovens pilotos

MotoGP, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, 2º Treino Livre:
 
1
93
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
2:02.126
 
2
6
STEFAN BRADL
ALE
LCR HONDA
2:02.635
+0.509
3
4
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
2:03.011
+0.885
4
38
BRADLEY SMITH
ING
TECH3 YAMAHA
2:03.070
+0.944
5
68
YONNY HERNÁNDEZ
COL
PRAMAC DUCATI
2:03.327
+1.201
6
45
SCOTT REDDING
ING
GRESINI HONDA
2:03.333
+1.207
7
29
ANDREA IANNONE
ITA
PRAMAC DUCATI
2:03.353
+1.227
8
19
ÁLVARO BAUTISTA
ESP
GRESINI HONDA
2:03.391
+1.265
9
26
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
2:03.410
+1.284
10
41
ALEIX ESPARGARÓ
ESP
FORWARD
2:03.468
+1.342
11
99
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
2:03.500
+1.374
12
44
POL ESPARGARÓ
ESP
TECH3 YAMAHA
2:03.542
+1.416
13
46
VALENTINO ROSSI
ITA
YAMAHA
2:03.952
+1.826
14
35
CAL CRUTCHLOW
ING
DUCATI
2:04.057
+1.931
15
15
ALEX DE ANGELIS
RSM
FORWARD
2:04.411
+2.285
16
7
HIROSHI AOYAMA
JAP
ASPAR HONDA
2:04.762
+2.636
17
2
LEON CAMIER
ING
ASPAR HONDA
2:04.928
+2.802
18
17
KAREL ABRAHAM
TCH
AB
2:05.002
+2.876
19
9
DANILO PETRUCCI
ITA
IODA ART
2:05.827
+3.701
20
70
MICHAEL LAVERTY
ING
PAUL BIRD
2:06.335
+4.209
21
8
HECTOR BARBERÁ
ESP
AVINTIA
2:06.369
+4.243
22
23
BROC PARKES
AUS
PAUL BIRD
2:07.855
+5.729
23
63
MIKE DI MEGLIO
FRA
AVINTIA
2:08.397
+6.271
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
2:01.941
174.1 km/h
MELHOR VOLTA
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
2:00.691
175.9 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 18ºC | pista: 27ºC


Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook