MotoGP
17/02/2017 10:25

Pedrosa fala em teste “muito positivo” na Austrália e vê Honda na direção certa, mas avisa: “Ainda temos trabalho a fazer”

Terceiro colocado no dia final de testes da MotoGP na Austrália, Dani Pedrosa avaliou que a Honda está no caminho certo com a evolução da RC213V, mas ainda tem muito trabalho a fazer
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 
Depois de um início discreto, Dani Pedrosa conseguiu dar a volta por cima e concluir a segunda bateria de testes da pré-temporada 2017 da MotoGP no topo da tabela. Nesta sexta-feira (17), o espanhol completou um total de 65 voltas, a melhor delas em 1min29s033, e ficou com o terceiro melhor tempo, 0s484 atrás de Maverick Viñales, o líder.
 
Vindo de um dia mais apagado por conta de um mal-estar, Pedrosa resumiu o teste como positivo e elogiou o trabalho da Honda em Phillip Island.
Dani Pedrosa fez um balanço positivo dos testes na Austrália (Foto: Honda)

“No geral, acho que foi um teste muito positivo, porque levando em conta que esta é uma das minhas piores pistas, eu estava pilotando bem”, disse Pedrosa. “Melhorei dia após dia. Ontem eu tive outro bom dia e não estava me sentindo bem, mas hoje eu me senti um pouco melhor e nós conseguimos fazer um bom trabalho na pista”, seguiu.
 
“O time trabalhou muito bem. Nós focamos mais uma vez na eletrônica e no acerto da moto, e a única coisa que faltou foi o long-run, já que ficamos sem tempo”, explicou. 
 
Por fim, Dani destacou que a Michelin também conseguiu melhorar a performance do pneu dianteiro. Os compostos foram uma grande dificuldade do espanhol em 2016.
 
“A Michelin também deu alguns bons passos à frente com os pneus”, elogiou. “No geral, podemos dizer que estamos indo na direção, mesmo que ainda tenhamos trabalho a fazer”, encerrou.

PADDOCK GP #65 RECEBE PIPO DERANI E FAZ PRÉVIA DO eP DA ARGENTINA DE F-E

Últimas Notícias
terça-feira, 22 de agosto de 2017
Copa Grande Prêmio
F1
F1
Seletiva BR
F1
F-E
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook