MotoGP
11/03/2017 13:35

Rossi vê evolução na Yamaha e foca em melhorar performance na entrada de curva, mas admite: “Não estou muito feliz”

Sétimo colocado no primeiro dia de testes da MotoGP em Losail, Valentino Rossi afirmou que não ficou muito feliz com este dia inicial da derradeira bateria de testes coletivos. Italiano falou em melhorar feeling na entrada de curva e trabalhar com a distribuição de peso da YZR-M1
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 
Valentino Rossi fechou o primeiro dia de testes da MotoGP no Catar com o sétimo tempo. O #46 cravou 1min55s679 na melhor de suas 48 voltas e ficou a 0s860 de Andrea Dovizioso, o líder dos trabalhos.
 
Após a sessão, Rossi avaliou que a Yamaha conseguiu melhorar, mas reconheceu que ainda não está muito feliz. Italiano busca melhorar feeling com a moto na entrada de curva.
Valentino Rossi ainda busca melhora na YZR-M1 (Foto: Yamaha)

“Hoje nós trabalhamos no feeling com a moto, especialmente na entrada de curva”, contou Rossi. “Nós melhoramos, mas não estou muito feliz. Nós não estamos em 100%, porque eu não tenho feeling suficiente para forçar na entrada, mas hoje não foi tão ruim e nós tentamos algo bem interessante”, seguiu.
 
“Nós também tivemos um pouco de problema com a duração do pneu dianteiro, ele é um pouco macio demais, então temos de trabalhar na distribuição do peso”, ponderou. “As condições da pista normalmente mudam muito aqui no Catar, então temos de continuar nosso trabalho amanhã e tentar melhorar as coisas”, concluiu.



Últimas Notícias
sexta-feira, 26 de maio de 2017
F1
MotoGP
Superbike
MotoGP
F1
F1
F1
Indy
quinta-feira, 25 de maio de 2017
Indy
MotoGP
Indy
Outras
MotoGP
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook