Nascar
04/03/2017 18:20

Kyle Busch segura investidas de Keselowski no final e vence corrida morna da Xfinity em Atlanta

Kyle Busch fez um belo trabalho para segurar Brad Keselowski no fim e vencer a etapa de Atlanta da Xfinity. O #18 protagonizou também durante a corrida uma bela manobra para superar Kevin Harvick
Warm Up
GABRIEL CURTY, de São Paulo
 

Kyle Busch é um piloto muito acima da média. Neste sábado (4), o #18 venceu a morna etapa de Atlanta da Xfinity, segurando as investidas finais de Brad Keselowski.

Apesar da prova sem grandes emoções, Busch conseguiu protagonizar uma belíssima manobra para superar Kevin Harvick já no estágio final da corrida. Harvick, aliás, ficou com o quarto posto, atrás, de Kyle Larson.

Elliott Sadler concluiu a corrida em quinto, mostrando mais uma vez que vai brigar pelo título do campeonato até o final. Darrell Wallace Jr., em bela prova de reação, foi o sexto.

William Byron apareceu para completar em sétimo, seguido por Austin Dillon, Daniel Hemric e Cole Custer. Ty Dillon, envolvido em um acidente no começo, foi 17º.
Kyle Busch venceu a corrida da Xfinity em Atlanta(Foto: Reprodução/Twitter)
Confira como foi a etapa da Xfinity em Atlanta:

A corrida da Xfinity em Atlanta começou às 16h17 (em Brasília). Kyle Busch saiu bem, rapidamente se defendendo dos ataques de Brad Keselowski. Logo atrás vinham Denny Hamlin, Matt Tifft e William Byron.
 
A primeira ocorrência não demorou nada. Na terceira das 163 voltas, Ty Dillon perdeu o carro e se chocou com Blake Koch, causando o acionamento da bandeira amarela.

A relargada veio no sexto giro e, mais uma vez, Busch disparou na frente. Keselowski tomou a ponta algumas voltas mais tarde, com Hamlin segurando um pelotão no terceiro lugar.
Brad Keselowski cruzou a linha final em segundo (Foto: Reprodução/Twitter)
Enquanto a corrida ficava mais morna entre os ponteiros, Kevin Harvick rompia o bloqueio imposto por Hamlin e buscava galgar terreno no terceiro lugar. O primeiro estágio da corrida terminou com pouca emoção e apenas o acidente logo depois da largada.

O segundo estágio começou na volta 47 e Keselowski seguiu na dianteira, com Busch tendo muito trabalho para conter as investidas de Harvick. Hamlin, em quarto, tinha de segurar os ataques de Cole Custer. 

Quando Busch finalmente resolveu apertar Keselowski, a falta de tomada de decisão acabou custando o segundo lugar, com Harvick aproveitando para mergulhar na frente do #18 e, sem perder tempo, também superar o #22.

Como já era de se esperar pela facilidade na hora da ultrapassagem, Harvick rapidamente abriu para os rivais, caminhando tranquilamente para fechar o segundo estágio na dianteira. Keselowski, Busch, Kyle Larson, Hamlin e Elliott Sadler apareciam na sequência.
Kyle Larson foi terceiro (Foto: Reprodução/Twitter)
A relargada para o estágio final da corrida teve Harvick saindo muito bem e mantendo a ponta. Keselowski ficou com o segundo posto, com Larson e Busch na sequência. O top-10 ainda tinha Byron, Sadler, Hamlin, Daniel Hemric, Ryan Reed e Custer.

O #41 seguia com ritmo bem superior ao da concorrência e parecia com a corrida totalmente dominada, mas Hemlin rodou com 46 voltas para o final e chamou a quarta bandeira amarela.

A corrida relargou para as últimas 40 voltas e Larson foi o grande vencedor da saída, colando em Harvick e, depois de boa briga, superando o #41. Na sequência, Busch aproveitou o embalo, pressionou e passou Harvick de maneira espetacular.

Com 21 voltas para o final da corrida, o carro de Clint King começou a fumar e a bandeira amarela voltava a ser acionada, com a prova novamente ficando aberta.
Kevin Harvick mandou bem no segundo estágio (Foto: Reprodução/Twitter)
A relargada aconteceu com 16 giros para o fim. Busch, impulsionado por um ótimo trabalho nos boxes, saltou na frente, seguido por Keselowski e Sadler, que crescia muito na prova. Larson caía para quarto, com Darrell Wallace Jr. em recuperação no quinto posto.

Busch e Keselowski escaparam na ponta, polarizando a disputa pela vitória em Atlanta. Atrás de Larson a briga esquentava com Harvick, Sadler e Wallace.

No fim, Keselowski não conseguiu passar Busch, que foi abrindo nos últimos dois giros até cruzar a lnha final na frente. Larson segurou o terceiro posto, seguido por Harvick e Sadler.
 
PADDOCK GP #67 RECEBE OZZ NEGRI E DEBATE TESTES DA F1 EM BARCELONA



Últimas Notícias
quarta-feira, 28 de junho de 2017
F1
Stock Car
Rali
Superbike
Copa GP de Kart
F1
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook