Outras
27/08/2016 16:31

De ponta a ponta, Leclerc vence corrida 1 da GP3 na Bélgica e dispara na liderança da temporada 2016

Membro da Academia de Pilotos da Ferrari, Charles Leclerc não teve dificuldades para vencer a primeira corrida da rodada dupla da GP3 em Spa-Francorchamps. O monegasco foi escoltado durante quase toda a prova por Nyck de Vries, mas o holandês perdeu terreno no fim para Jake Dennis. A terceira vitória no ano colocou Leclerc mais líder do que nunca na temporada, ficando 30 pontos à frente de Alex Albon, apenas o nono coocado
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Charles Leclerc deu um passo muito importante para chegar ao título da GP3 em 2016. O monegasco, protegido da Ferrari e piloto da ART Grand Prix, não teve dificuldades para vencer a corrida 1 da etapa da Bélgica, realizada no fim da tarde deste sábado (27). De quebra, o piloto deixou bem longe seu maior rival na luta pela taça, Alex Albon.
 
Antes do fim de semana em Spa-Francorchamps, Leclerc estava três pontos à frente de Albon, com o placar marcando 126 x 123. Contudo, graças aos pontos de bonificação em razão da pole-position neste sábado e também graças à vitória, o piloto de Mônaco subiu para 155. Já o tailandês, que largou só em 17º e terminou em nono, somou apenas dois, ficando 30 pontos atrás do seu rival na classificação.
 
Leclerc obteve uma vitória muito tranquila, ainda que no começo Nyck de Vries não tenha lhe dado espaço. Mas o holandês perdeu muito ritmo no fim e foi ultrapassado por Jake Dennis, que terminou em segundo lugar. Antonio Fuoco cruzou a linha de chegada em quarto, enquanto Jake Aitken completou o rol dos cinco primeiros.
Charles Leclerc dominou a corrida 1 da GP3 em Mônaco (Foto: GP3)
Saiba como foi a corrida 1 da GP3 em Spa-Francorchamps
 
Pole-position da corrida 1 em Spa-Francorchamps, Charles Leclerc largou bem e manteve a liderança, trazendo consigo seu companheiro de equipe na ART Grand Prix, Nyck de Vries. Mas foi uma largada cheia de problemas na parte de trás do pelotão, com algumas batidas que resultaram em muitos abandonos: Jake Hughes, depois de ter largado em segundo lugar, além de Matt Parry, Arjun Maini e do japonês Nirei Fukuzumi. A intervenção do safety-car foi inevitável para retirar o carro de Hughes, parado na descida da Eau Rouge.
 
A relargada aconteceu na quarta volta, sempre com Leclerc na frente e seguido por De Vries e Fuoco. Jake Dennis vinha em quarto lugar, enquanto Konstantin Tereschenko surpreendeu, travou seus pneus, mas conseguiu ganhar algumas posições, subindo para décimo e ficando logo atrás de Jack Aitken.
Confusão marcou a largada da corrida 1 da GP3 em Spa (Foto: Reprodução)
Lá atrás, Niko Kari, que disputa a etapa deste fim de semana em Spa, mas é piloto da F3 Europeia e um dos jovens nomes da Red Bull, sofria com o pneu traseiro direito furado e ficava pelo caminho. Já o malaio Akash Nandy quase decolava com seu carro da Jenzer.
 

Uma vez que a luta pela vitória parecia restrita aos carros da ART de Leclerc e De Vries, um dos destaques era a performance de Tereschenko, que subia para nono após passar o norte-americano Santino Ferrucci e ia para cima de Giuliano Alesi, filho do ex-piloto de Tyrrell, Ferrari, Benetton, Sauber e Jordan na F1.
 
Alex Albon tentava abrir caminho para se aproximar dos primeiros colocados e conseguir somar pontos importantes. O tailandês é um dos oponentes de Leclerc na batalha pelo título e precisava de um bom resultado para seguir na disputa em boas condições. Só que Albon foi de novo superado por Alesi e também por Oscar Tunjo. Na raça, o asiático conseguiu se recuperar e passou o colombiano, buscando a reação depois de ter largado em 17º. 
 
Na ponta da corrida, Leclerc seguia rumo à vitória em Spa e, se não era pressionado por De Vries, ao menos era escoltado pelo piloto holandês, com a diferença sempre perto de 1s. Mas nas voltas finais, o monegasco apertou o ritmo e, em contrapartida, De Vries perdeu tanto rendimento que foi até ultrapassado por Jake Dennis, caindo para terceiro.
 
O avanço de Dennis era notável, mas não o bastante para colocá-lo como real postulante à vitória na Bélgica. Leclerc estava muito perto de garantir mais um triunfo, que lhe seria fundamental para colocá-lo na liderança do campeonato, já que Albon vinha só em décimo depois de ter ultrapassado Tereschenko.
Pódio da GP3 com Leclerc ao lado de Jake Dennis e Nyck de Vries (Foto: Reprodução)
Ao fim de 17 voltas, Leclerc confirmou o favoritismo e venceu de ponta a ponta em Spa para ampliar a liderança do campeonato. Dennis chegou perto, passou 2s3 atrás do monegasco e terminou em segundo, com De Vries fechando o pódio. Antonio Fuoco garantiu um bom quarto lugar, seguido por Aitken. Steijn Schothorst completou em sexto, à frente de Santino Ferrucci e Matevos Isaakyan. Albon ainda conseguiu cruzar a linha de chegada em nono, com Giuliano Alesi completando o rol dos dez primeiros colocados e marcando seu primeiro ponto na GP3. Tatiana Calderón finalizou em 12º. Tereschenko ficou apenas em 16º lugar.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1


Últimas Notícias
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F1
quarta-feira, 18 de janeiro de 2017
F1
F-E
F1
F1
F1
Outras
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook