Outras
22/11/2016 06:47

Petecof lidera final e conquista quinto lugar no Mundial de Kart na categoria Junior no Bahrein

A classe Junior, que contou com nada menos que 92 pilotos inscritos, teve dois brasileiros na lista do Mundial de Kart: Caio Collet e Gianluca Petecof. Com 14 anos recém-completados, Gianluca brilhou em Sakhir: largou em terceiro, liderou boa parte da prova e, após sofrer um toque e perder posições, cruzou a linha de chegada em quinto lugar. A vitória ficou com o francês Victor Martins
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Em meio à indefinição sobre os rumos do Brasil no Mundial de F1, o kartismo indica que há muitos motivos para ficar esperançoso sobre o futuro. Prova disso foi a performance do paulista Gianluca Petecof no Mundial de Kart, que foi disputado no último fim de semana no kartódromo de Sakhir, no Bahrein. Com 14 anos recém-completados, Gianluca disputou a classe Junior, que contou com nada menos que 92 inscritos e dois brasileiros: além de Petecof, Caio Collet, pódio no ano passado, disputou a prova. No fim das contas, Gianluca confirmou um bom desempenho durante todo o fim de semana e ficou muito perto da vitória, terminando em quinto lugar.
 
Em toda a história do Mundial de Kart, que começou a ser disputado em 1964, apenas três brasileiros foram campeões: Guga Ribas, em 1986, Gastão Fráguas, em 1995 e Ruben Carrapatoso, em 1998, os dois últimos superando Jenson Button e Fernando Alonso, respectivamente. Grande fenômeno da F1, Max Verstappen se sagrou campeão do mundo em 2013.
Gianluca Petecof disputou bem o Mundial de Kart no Bahrein no fim de semana (Foto: Divulgação/RF1)
Petecof, que faz parte da Academia de Pilotos Shell Racing, disputou o Mundial de Kart com chassi CRG e motor Parilla. Nas classificatórias, Gianluca chegou a vencer algumas das corridas preliminares e classificatórias e se garantiu para a final do Mundial de Kart com o terceiro lugar no grid de largada. O brasileiro disputou posições sobretudo com três pilotos: David Vidales, Victor Martins e Théo Pourchaire. 
 
Depois de ter largado em terceiro, Petecof chegou a andar em sexto, mas avançou bem o pelotão e alcançou a liderança da prova decisiva. Mas após ter sofrido um toque durante disputa com Pourchaire, caiu para quinto lugar, posição em que cruzou a linha de chegada após 18 voltas no kartódromo localizado no complexo do Autódromo de Sakhir. O título mundial da classe Junior ficou com o francês Victor Martins.
 
“Foi um fim de semana especial em minha carreira. É uma conquista que certamente será um marco para mim, pois um top-5 no Mundial de Kart é algo muito valorizado no meio automobilístico, pois esta é uma das competições mais acirradas do mundo do esporte a motor”, comemorou Petecof, que destacou seu trabalho no Bahrein.
Gianluca Petecof acelera em Sakhir pelo Mundial de Kart (Foto: Divulgação/RF1)
“Ganhei corridas, liderei a final e estive bem perto do pódio, até sofrer um toque e perder duas posições, mas o importante foi conseguir um bom resultado para representar bem o automobilismo brasileiro e a Academia Shell Racing”, comentou o paulista.
 
Gianluca reúne vários títulos em sua carreira no kartismo. Na sua galeria de troféus constam as taças do Brasileiro e da Copa Brasil na Junior Menor, o bicampeonato do Super Kart Brasil e do Campeonato Paulista, além de taças da Copa SP Light, GP Brasil, entre outras, e também de títulos nos Estados Unidos e participações em competições importantes no kartismo europeu.
 

Últimas Notícias
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F1
quarta-feira, 18 de janeiro de 2017
F1
F-E
F1
F1
F1
Outras
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook