Outras
22/11/2016 06:47

Petecof lidera final e conquista quinto lugar no Mundial de Kart na categoria Junior no Bahrein

A classe Junior, que contou com nada menos que 92 pilotos inscritos, teve dois brasileiros na lista do Mundial de Kart: Caio Collet e Gianluca Petecof. Com 14 anos recém-completados, Gianluca brilhou em Sakhir: largou em terceiro, liderou boa parte da prova e, após sofrer um toque e perder posições, cruzou a linha de chegada em quinto lugar. A vitória ficou com o francês Victor Martins
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Em meio à indefinição sobre os rumos do Brasil no Mundial de F1, o kartismo indica que há muitos motivos para ficar esperançoso sobre o futuro. Prova disso foi a performance do paulista Gianluca Petecof no Mundial de Kart, que foi disputado no último fim de semana no kartódromo de Sakhir, no Bahrein. Com 14 anos recém-completados, Gianluca disputou a classe Junior, que contou com nada menos que 92 inscritos e dois brasileiros: além de Petecof, Caio Collet, pódio no ano passado, disputou a prova. No fim das contas, Gianluca confirmou um bom desempenho durante todo o fim de semana e ficou muito perto da vitória, terminando em quinto lugar.
 
Em toda a história do Mundial de Kart, que começou a ser disputado em 1964, apenas três brasileiros foram campeões: Guga Ribas, em 1986, Gastão Fráguas, em 1995 e Ruben Carrapatoso, em 1998, os dois últimos superando Jenson Button e Fernando Alonso, respectivamente. Grande fenômeno da F1, Max Verstappen se sagrou campeão do mundo em 2013.
Gianluca Petecof disputou bem o Mundial de Kart no Bahrein no fim de semana (Foto: Divulgação/RF1)
Petecof, que faz parte da Academia de Pilotos Shell Racing, disputou o Mundial de Kart com chassi CRG e motor Parilla. Nas classificatórias, Gianluca chegou a vencer algumas das corridas preliminares e classificatórias e se garantiu para a final do Mundial de Kart com o terceiro lugar no grid de largada. O brasileiro disputou posições sobretudo com três pilotos: David Vidales, Victor Martins e Théo Pourchaire. 
 
Depois de ter largado em terceiro, Petecof chegou a andar em sexto, mas avançou bem o pelotão e alcançou a liderança da prova decisiva. Mas após ter sofrido um toque durante disputa com Pourchaire, caiu para quinto lugar, posição em que cruzou a linha de chegada após 18 voltas no kartódromo localizado no complexo do Autódromo de Sakhir. O título mundial da classe Junior ficou com o francês Victor Martins.
 
“Foi um fim de semana especial em minha carreira. É uma conquista que certamente será um marco para mim, pois um top-5 no Mundial de Kart é algo muito valorizado no meio automobilístico, pois esta é uma das competições mais acirradas do mundo do esporte a motor”, comemorou Petecof, que destacou seu trabalho no Bahrein.
Gianluca Petecof acelera em Sakhir pelo Mundial de Kart (Foto: Divulgação/RF1)
“Ganhei corridas, liderei a final e estive bem perto do pódio, até sofrer um toque e perder duas posições, mas o importante foi conseguir um bom resultado para representar bem o automobilismo brasileiro e a Academia Shell Racing”, comentou o paulista.
 
Gianluca reúne vários títulos em sua carreira no kartismo. Na sua galeria de troféus constam as taças do Brasileiro e da Copa Brasil na Junior Menor, o bicampeonato do Super Kart Brasil e do Campeonato Paulista, além de taças da Copa SP Light, GP Brasil, entre outras, e também de títulos nos Estados Unidos e participações em competições importantes no kartismo europeu.
 

Últimas Notícias
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
F1
Nascar
F1
F1
Superbike
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook