Rali
09/01/2017 15:55

Brabec surpreende com vitória na sétima etapa do Dakar. Sunderland sustenta liderança nas motos em Uyuni

Em seis etapas disputadas no Rali Dakar, a competição das motos viu nada menos que seis vencedores diferentes. Mattias Walkner, Juan Pedrero Garcia, Toby Price, Joan Barreda Bort e Sam Sunderland ganharam a companhia do norte-americano Ricky Brabec, que levou a Honda ao topo na etapa entre La Paz e Uyuni, ainda em solo boliviano. Sunderland ainda ocupa a liderança da prova na classificação geral
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Em uma prova pra lá de disputada nas motos, o Rali Dakar viu o sexto vencedor em sexta etapas disputadas nesta segunda-feira (9). A sétima etapa da competição — a jornada do último sábado foi cancelada em virtude do mau tempo — teve a surpreendente vitória de Ricky Brabec. O norte-americano, que corre pela Honda, partiu apenas da 31ª colocação, mas teve um grande desempenho em uma especial que foi encurtada pela direção de prova, novamente por conta das condições climáticas na Bolívia. 
 
Assim, os primeiros colocados levaram pouco mais de duas horas para completar os 160 km de trecho cronometrado entre La Paz e Uyuni, a primeira ‘perna’ da etapa Maratona, onde as equipes de apoio não podem realizar reparos nos veículos de competição. Na classificação geral, Sam Sunderland continua na liderança, ampliando a vantagem para o segundo colocado, o chileno Pablo Quintanilla.
 
A etapa desta segunda-feira foi marcada pelas dunas, uma das grandes marcas históricas do Dakar. E foi justamente nas duns que Sunderland acabou se perdendo, ainda no começo da especial. Foi determinante o fato de o britânico ter aberto o percurso entre os competidores das motos, e a falta de referência neste tipo de terreno contribuiu muito para o erro do piloto da Honda, que conseguiu se recuperar e não perdeu muito tempo em relação ao seu principal adversário na luta pelo título.
Sun Sunderland na sétima etapa do Rali Dakar rumo a Uyuni (Foto: Red Bull Content Pool)
Brabec foi a grande surpresa desta segunda-feira porque, desde o começo da etapa, quem aparecia como favorito à vitória era o luso Paulo Gonçalves. Entretanto, o norte-americano conseguiu imprimir forte ritmo para fechar o dia à frente dos adversários em Uyuni. Foi uma verdadeira dobradinha da Honda, que colocou outros dois pilotos no top-3: Gonçalves em segundo, 1min44s atrás do vencedor, e Sunderland, que se colocou em terceiro nesta tarde com a moto oficial da KTM.
 
O quarto melhor colocado na etapa foi Joan Barreda Bort. O espanhol ficou um pouco mais atrás, 6min51s do vencedor da sétima especial do Dakar nas duas rodas. Xavier de Soultrait foi o quinto, à frente do compatriota Michael Metgé. Todd Smith, piloto australiano, fechou em sétimo, seguido por Walkner e só então por Quintanilla. Walter Nosiglia Jr., boliviano filho de Walter Nosiglia, que disputou a prova nos quadriciclos e abandonou, fechou o rol dos dez primeiros.
 
Na classificação geral, Sunderland agora está 17min45s de vantagem para Quintanilla. Van Beveren deu um salto importante na classificação e ocupa a terceira posição, à frente de Gerard Farres Guell, piloto da KTM que foi o 12º colocado nesta segunda-feira. Walkner caiu para a quinta posição do Rali Dakar, enquanto De Soultrat está em sexto. 
 
Pela Renet, francês que é companheiro de equipe de Quintanilla na equipe de fábrica da Husqvarna, é o sétimo, à frente de Gonçalves. Ex-líder, Barreda vem em nono lugar depois de ter sido um dos pilotos da Honda punidos por conta de um reabastecimento irregular, enquanto Diego Martín Duplessis, argentino de 26 anos que vem fazendo um bom Dakar, completa o rol dos dez primeiros na classificação geral.

Entre os brasileiros que seguem na disputa das motos depois do abandono de Gregório Caselani, Ricardo Martins, que faz sua estreia no Dakar, alcançou a zona de meta em Uyuni em 51º, enquanto Richard Fliter fechou a etapa desta segunda em 78º lugar. Na classificação geral, Martins ocupa a 59ª posição e Fliter é o 63º após sete etapas.
 
A partir desta terça-feira, o Dakar começa a deixar a Bolívia. A oitava etapa do maior rali do mundo em 2016 terá um percurso entre Uyuni, ainda em território boliviano, e seguirá até Salta, já na Argentina.

Russo vence sétima etapa nos quadriciclos e vira líder do Dakar
 
Sergey Karyakin é o novo líder do Rali Dakar na competição dos quadriciclos. O russo, que ocupava a vice-liderança da prova no começo desta segunda-feira, teve um grande desempenho entre La Paz e Uyuni, triunfando na especial encurtada de 160 km. 
 
Karyakin, que completou o trecho cronometrado em 2h32min49s, foi o líder de uma quina da Yamaha, que teve o francês Alex Dutrie na segunda colocação. O melhor sul-americano foi o chileno Ignacio Casale, que completou o top-3 da disputa da especial, a última totalmente disputada em território boliviano neste Dakar.
 
Piloto paraguaio, Nelson Sanabria confirmou a quarta colocação da especial e foi seguido por Simon Vitse. O francês ocupava a liderança da competição até esta etapa, não passou do quinto lugar. O piloto perdeu um tempo considerável e, depois de estar mais de 8min à frente de Karyakin, agora está exatos 5min16s atrás do russo.
 
Alex Dutrie está na terceira colocação geral do Dakar nos quadris, bem perto de Vitse, apenas 4s atrás. Com uma diferença maior, Casale aparece em quarto, 15min58s atrás de Karyakin. O melhor colocado não-Yamaha é Daniel Mazucco. Com um quadri Can-Am, o argentino está bem mais atrás, com 1h15min31s de desvantagem para o líder do Rali Dakar.
 

Rali Dakar 2017, 7ª etapa, Motos: 

1 9 RICKY BRABEC EUA HRC RALLY
CRF 450 RALLY HONDA
2:02:05  
2 17 PAULO GONÇALVES POR HRC RALLY
CRF 450 RALLY HONDA
2:03:49 00:01:44
3 14 SAM SUNDERLAND ING RED BULL KTM FACORY TEAM
450 RALLY REPLICA KTM
2:06:48 00:04:43
4 11 JOAN BARREDA ESP HRC RALLY
CRF 450 RALLY HONDA
2:08:56 00:06:51
5 23 XAVIER DE SOULTRAIT FRA VILTAIS
YAMAHA
2:09:15 00:07:10
6 15 MICHAEL METGE FRA HRC RALLY
CRF 450 RALLY HONDA
2:10:26 00:08:21
7 79 TODD SMITH AUS DUUST RALLY TEAM
450 RALLY REPLICA
KTM
2:11:44 00:09:39
8 16 MATTHIAS WALKNER AUS RED BULL KTM FACORY TEAM
450 RALLY REPLICA
KTM
2:12:04 00:09:59
9 3 PABLO QUINTANILLA CHI HUSQVARNA
FR 450 RALLY
HUSQVARNA
2:12:33 00:10:28
10 66 WALTER NOSIGLIA JR. BOL MECTEAM NOSIGLIA
CRF 450 RALY HONDA
2:12:44 00:10:39
51 164 RICARDO MARTINS BRA TAGUATUR
YAMAHA WR 450
2:40:07 00:38:02
78 159 RICHARD FLITER BRA TAGUATUR
CRFX 450 HONDA
3:11:23 01:09:18

Rali Dakar 2017, 7ª etapa, quadriciclos:

1 254 SERGEY KARYAKIN RUS TEAM AL DESERT
YAMAHA
2:32:49  
2 280 AXEL DUTRIE FRA AL DESERT
YAMAHA
2:35:48 00:02:59
3 251 IGNACIO CASALE CHI XRAIDS
YAMAHA
2:42:25 00:09:36
4 257 NELSON AUGUSTO SANABRIA GALEANO PAR SANABRIA
YAMAHA
02:46:04 00:13:15
5 279 SIMON VITSE FRA AL DESERT
YAMAHA
2:46:19 00:13:30
6 258 DANIEL DOMASZEWSKI ARG MEC TEAM
HONDA
2:54:38 00:21:49
7 262 BRUNO DA COSTA POR LA COMPAIGNE DU LIT
YAMAHA
2:58:42 00:25:53
8 261 SANTIAGO HANSEN ARG MEC TEAM
HONDA
2:59:47 00:26:58
9 263 PABLO COPETTI ARG MV DEVESA
YAMAHA
03:07:53 00:35:04
10 268 JAN NIJEN NIJEN TWILHAAR HOL MAXXIS SUPER B DAKAR TEAM
CAN-AM
3:08:11 00:35:22

Últimas Notícias
quarta-feira, 29 de março de 2017
MotoGP
F1
F2
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
Indy
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook