Rali
11/01/2017 09:28

Cinco dias após acidente no Rali Dakar, Price recebe alta de hospital na Bolívia e é liberado para voltar para Austrália

Cinco dias após fraturar o fêmur esquerdo em um forte acidente na quarta etapa do Rali Dakar, Toby Price recebeu alta do hospital em La Paz, na Bolívia, e foi liberado para retornar à Austrália. Campeão vigente na disputa entre as motos, o piloto de 29 anos passou por uma cirurgia para estabilizar a fratura e teve uma convulsão durante a internação
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 
Toby Price recebeu alta do Hospital Arco Iris, em La Paz, na Bolívia, e foi liberado para retornar à Austrália. O piloto da KTM estava internado desde o último dia 5, quando sofreu um acidente durante a quarta etapa do Rali Dakar.
 
Titular da KTM, o australiano caiu no leito de um rio na marca de 371 km da quarta especial, disputada entre San Salvador de Jujuy, na Argentina, e Tupiza, na Bolívia, e sofreu uma fratura no fêmur esquerdo, tendo de encerrar mais cedo sua participação no terceiro Dakar da carreira. 
Toby Price foi liberado para voltar para a Austrália após acidente no Rali Dakar (Foto: Red Bull Content Pool)
Socorrido de helicóptero, Price foi levado ao hospital em La Paz e submetido a uma cirurgia para estabilizar a fratura no fêmur, quebrado em quatro partes. Durante a internação, entretanto, um novo susto. O piloto teve uma convulsão, que os médicos suspeitam ter sido causada por coágulo de sangue no pulmão.
 

Cinco dias após o acidente, Toby recebeu alta hospitalar e foi liberado para retornar à Austrália. Pelas redes sociais, o piloto de 29 anos voltou a agradecer as mensagens que recebeu desde o acidente.
 
“Realmente empolgado por ser liberado para voar para casa na Austrália!”, escreveu Price. “Não posso agradecer o bastante pelas palavras gentis, apoio e mensagens enquanto estive aqui na Bolívia!”, seguiu.
 
Price agradeceu, ainda, Rodney Faggotter, piloto do time oficial da Yamaha que também abandonou o rali na quarta etapa. O australiano deixou a competição por conta de um problema mecânico com a WRF 450, mas optou por seguir em La Paz para acompanhar Toby no hospital.
 
“Um enorme obrigado a Rodney Faggotter por ficar comigo e ajudar sempre que possível”, disse. “Vamos sair daqui”, concluiu.
 

Últimas Notícias
quinta-feira, 25 de maio de 2017
Indy
MotoGP
Indy
Outras
MotoGP
F1
Indy
Indy
F1
MotoGP
Indy
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook