Rali
11/01/2017 09:28

Cinco dias após acidente no Rali Dakar, Price recebe alta de hospital na Bolívia e é liberado para voltar para Austrália

Cinco dias após fraturar o fêmur esquerdo em um forte acidente na quarta etapa do Rali Dakar, Toby Price recebeu alta do hospital em La Paz, na Bolívia, e foi liberado para retornar à Austrália. Campeão vigente na disputa entre as motos, o piloto de 29 anos passou por uma cirurgia para estabilizar a fratura e teve uma convulsão durante a internação
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 
Toby Price recebeu alta do Hospital Arco Iris, em La Paz, na Bolívia, e foi liberado para retornar à Austrália. O piloto da KTM estava internado desde o último dia 5, quando sofreu um acidente durante a quarta etapa do Rali Dakar.
 
Titular da KTM, o australiano caiu no leito de um rio na marca de 371 km da quarta especial, disputada entre San Salvador de Jujuy, na Argentina, e Tupiza, na Bolívia, e sofreu uma fratura no fêmur esquerdo, tendo de encerrar mais cedo sua participação no terceiro Dakar da carreira. 
Toby Price foi liberado para voltar para a Austrália após acidente no Rali Dakar (Foto: Red Bull Content Pool)
Socorrido de helicóptero, Price foi levado ao hospital em La Paz e submetido a uma cirurgia para estabilizar a fratura no fêmur, quebrado em quatro partes. Durante a internação, entretanto, um novo susto. O piloto teve uma convulsão, que os médicos suspeitam ter sido causada por coágulo de sangue no pulmão.
 

Cinco dias após o acidente, Toby recebeu alta hospitalar e foi liberado para retornar à Austrália. Pelas redes sociais, o piloto de 29 anos voltou a agradecer as mensagens que recebeu desde o acidente.
 
“Realmente empolgado por ser liberado para voar para casa na Austrália!”, escreveu Price. “Não posso agradecer o bastante pelas palavras gentis, apoio e mensagens enquanto estive aqui na Bolívia!”, seguiu.
 
Price agradeceu, ainda, Rodney Faggotter, piloto do time oficial da Yamaha que também abandonou o rali na quarta etapa. O australiano deixou a competição por conta de um problema mecânico com a WRF 450, mas optou por seguir em La Paz para acompanhar Toby no hospital.
 
“Um enorme obrigado a Rodney Faggotter por ficar comigo e ajudar sempre que possível”, disse. “Vamos sair daqui”, concluiu.
 

Últimas Notícias
domingo, 26 de fevereiro de 2017
Nascar
F1
F1
F1
Nascar
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Rali
F1
Superbike
MotoGP
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
Galerias de Imagens
Facebook