Rali
20/01/2017 06:52

Em sinal de respeito após morte de espectador, Hyundai decide retirar Paddon da etapa de Monte Carlo

A equipe Hyundai decidiu retirar Hayden Paddon e John Kennard do restante da etapa do Rali de Monte Carlo, palco da abertura da temporada 2017 do WRC. A opção é um sinal de respeito à morte de um espectador, consequência de um acidente sofrido pela dupla nesta quinta-feira
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

A Hyundai decidiu retirar Hayden Paddon do Rali de Monte Carlo depois do acidente sofrido durante a especial desta quinta-feira (19) e que provocou também a morte de um espectador. O carro #4 perdeu o controle depois de uma curva para a esquerda perto do final do estágio, bateu em barranco e capotou. O piloto e o navegador John Kennard saíram ilesos, mas a batida acabou atingido uma pessoa que acompanhava a prova.
 
O dano no i20 Coupé foi apenas superficial, entretanto. E, em condições normais, teria seguido na competição, mas a direção da equipe optou por deixar o evento em sinal de respeito à vítima. A primeira etapa da abertura da temporada 2017 do Mundial de Rali também foi cancelada devido ao incidente. 
 
A Hyundai anunciou, pouco antes das atividades desta sexta-feira, que o Hyundai #4 não vai continuar na prova. "Estamos profundamente entristecidos ao saber da morte do espectador na noite de quinta-feira", disse Michel Nandan, diretor do time. 
Hayden Paddon capotou durante a primeira etapa do Rali de Monte Carlo (Foto: Reprodução)

"Como sinal de respeito, tomamos a decisão de retirar o carro #4 de Hayden e Kennard da prova deste fim de semana. Nossos pensamentos e sinceras condolências vão para todos os afetados", completou.
 
Paddon também falou sobre o acidente e disse que a batida aconteceu quando ele perdeu o controle do carro depois de passar por um trecho coberto por gelo. "Nós fomos apanhados por um trecho de gelo negro no final da primeira especial. O carro bateu de lado e aí viramos passageiros. Não houve um grande prejuízo para o carro, mas sinto muito pela equipe. Estou incrivelmente triste pelo acidente e os meus pensamentos estão com a família e os amigos da pessoa envolvida", disse o piloto.
 
Thierry Neuville e Dani Sordo, os outros dois pilotos da Hyundai, permanecem na etapa monegasca. O belga lidera o rali com 7s8 de diferença para o segundo colocado, Sébastien Ogier.
 

Últimas Notícias
sexta-feira, 28 de abril de 2017
Motociclismo
F1
quinta-feira, 27 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook