Seletiva BR
03/11/2016 16:30

Finalistas da Seletiva Petrobras 2016: Gabriel Sereia, paulista, 17 anos

Gabriel Sereia é um dos 12 finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2016. Aos 17 anos e tendo como inspiração no automobilismo o carismático australiano Daniel Ricciardo, o paulista disputa sua segunda final do campeonato
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Nesta quinta-feira (3), o GRANDE PRÊMIO apresenta Gabriel Sereia, mais um dos pilotos que garantiram vaga na final da Seletiva de Kart Petrobras 2016. O paulista de 17 anos assegurou a vaga na terceira etapa, realizada em Cascavel.
 
Cheio de referências no automobilismo como Ayrton Senna, Michael Schumacher, Alex Zanardi, Daniel Ricciardo e o ex-colega de kart Max Verstappen, Sereia é mais um que vê na Stock Car a melhor das oportunidades no momento.
 
Gabriel e os outros 11 finalistas concorrerão a maior premiação da modalidade no país. Além do prêmio de 70 mil reais para o campeão e 6 mil para o vice-campeão, três vencedores participarão de um programa de orientação que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training.

FICHA TÉCNICA
 
Nome: Gabriel Camilo Sereia
Data de nascimento: 05/05/1999, em São Paulo
Estreia no Kart: Fim de 2005
Principais resultados: Campeão Brasileiro, bicampeão Sul-Brasileiro, vice-campeão da Copa do Brasil, vice-campeão do Sul-Americano, campeão do Desafio Internacional das Estrelas (categoria cadete) e terceiro lugar no Campeonato Italiano (2014).
 
O que fez em 2016: foi campeão Sul-Brasileiro pela segunda vez e vice-campeão da Copa e do Sul-Americano
 
Participações anteriores na Seletiva: segunda vez. Participou da seletiva em 2015. 
Gabriel Sereia (Foto: Divulgação)
Como foi a etapa em que você ganhou a vaga para a final?
 
Ganhei a vaga durante a primeira classificatória da Copa Brasil de Kart, onde eu estava muito competitivo, acabei perdendo a posição para outro piloto que também se classificou posteriormente, o Bruno Bertoncello, mas consegui recuperar e acabei conquistando a vaga já na primeira classificatória.
 
Como você está se preparando para a final da Seletiva?
 
Atualmente estou fazendo fisioterapia para me recuperar 100% de uma lesão sofrida no pé e também estou me preparando psicologicamente. 
 
Qual é o seu objetivo no automobilismo?
 
Meu objetivo atualmente é chegar à Stock Car, porém estou de braços abertos para abraçar outras categorias pelo mundo.
 
Quem é seu ídolo no automobilismo e ou no esporte em geral? 
 
Tenho inúmeros ídolos como Max Verstappen, o qual eu o vi durante dois anos disputando os mesmos campeonatos que eu corria, Alex Zanardi, Schumacher, porém o ídolo supremo, acredito que da maioria dos pilotos também, é o Ayrton Senna. 
 
Quem é sua referência nas pistas? 
 
Daniel Ricciardo, pelo jeito carismático que ele tem naturalmente. 
 
Qual o seu plano para a temporada 2017?
 
Não tenho nada definido para 2017.
 
Se for campeão, já sabe o que vai fazer com o prêmio?
 
Ainda não tenho ideia do que vou fazer com o prêmio. 
Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Indy
Rali
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook