Seletiva BR
24/11/2015 16:03

Vencedores da Seletiva de Kart Petrobras 2015 participam de treino com Nuno Cobra Jr. e ações de comunicação

Encerrando as atividades do programa de orientação no Brasil, pilotos tiveram dia especial com treinamento integral de Nuno Cobra Jr. e também participaram de media training e uma palestra sobre marketing esportivo. Europa é o próximo destino dos vencedores da Seletiva 2015
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Depois de acelerarem com Ingo Hoffmann durante o Mitsubishi Racing Experience, na semana passada, os kartistas Vinícius Papareli e Gaetano di Mauro - campeão e vice-campeão da Seletiva de Kart Petrobras 2015 - encerraram outras três atividades previstas no Brasil dentro do programa de orientação da Seletiva. Com compromissos escolares no Sul, o gaúcho Bruno Bertoncello, terceiro colocado na competição, não pôde participar das ações em São Paulo.
 
O sábado (21) foi de treinamento integral com o preparador físico e mental coaching Nuno Cobra Jr., no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Cobra Jr. utiliza um método que ainda é inédito no mundo todo. Ele foi criado por seu pai, Nuno Cobra, que é uma referência mundial no desenvolvimento de atletas de alto desempenho, tendo no passado trabalhado com o tricampeão de F1, Ayrton Senna, entre muitos outros atletas de renome.
 
Pelo segundo ano, Cobra Jr. realizou a atividade com seu método focado em concentração e equilíbrio, para que os pilotos atinjam altas performances, cuidando do corpo, mente e emocional. Papareli, que em 2014 já havia participado do treinamento, revelou que já usou várias dicas ao longo deste ano.
 
"Eu aprendi os malabares, que eu usei bastante na minha temporada toda, e um pouco de equilíbrio que ele ensinou também. Pra aprender, você precisa ser muito focado e disciplinado, então me ajudou muito na parte de foco. E agora aprendi outras coisas novas que também irei levar adiante nos meus treinamentos", disse.
Vinícius Papareli treinando com Nuno Cobra Jr. (Foto: Fábio Oliveira/Radical Motors)
A importância da comunicação na carreira de um piloto
 
Na segunda-feira (23), os pilotos tiveram um dia dedicado à comunicação. Pela manhã, participaram de um media training, onde receberam dicas e orientações sobre o relacionamento com a imprensa e bateram um papo muito interessante com o jornalista Tiago Mendonça, que atualmente atua como repórter do programa Auto+, do Bandsports, da revista Speedway e é um dos editores do anuário AutoMotor Esporte. 
 
Pela tarde, foi a vez de ouvir o publicitário Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors do Brasil. Antes de se tornar um dos grandes nomes da área no país, Julianelli foi piloto e correu categorias de turismo. Ninguém melhor para mostrar aos pilotos a importância de um bom relacionamento com os patrocinadores.
 
"Considero a Seletiva de Kart Petrobras super importante para o automobilismo brasileiro e fico muito feliz em poder participar. Basicamente, o que passei para os pilotos foi a importância nos dias de hoje em criar relevância na hora de fazer uma apresentação para um possível patrocinador. É mais do que vender um adesivo no carro ou um bordado no macacão. É preciso oferecer para a empresa um negócio, tendo o automobilismo como meio", explicou.
Finalistas recebem instruções para carreira (Foto: Fábio Oliveira/Radical Motors)
Di Mauro gostou dos ensinamentos e já pensa nas dicas para uma próxima reunião em uma empresa. "Você tem que ser diferente de todos os outros e apresentar aquilo que a empresa vai gostar. Você tem que dar retorno para o patrocinador e isso vai além de liderar uma competição e ir bem na pista. Foi, sem dúvida, uma aula muito grande e com certeza vai mudar muito os conceitos ou o jeito como eu vou me apresentar a partir de agora. Foi bem interessante", destacou.
 
Organizador da Seletiva de Kart Petrobras nestes 17 anos, Binho Carcasci ficou satisfeito com o encerramento desta fase das atividades no Brasil e em poder oferecer novos conhecimentos para os pilotos. 
 
"Dentro do programa de orientação da Seletiva de Kart Petrobras, acho que o mais importante é a gente poder mostrar as coisas que eles não têm acesso no dia a dia como pilotos. Falar sobre marketing, falar sobre mídia, ter acesso às explicações que um cara como o Ingo Hoffmann pode dar, isso eles não têm acesso todos os dias e talvez nem tivessem pensando nisso nesse estágio da carreira. Mas é importante que eles tenham esse tipo de informação para conseguir construir uma carreira de uma forma completa", finalizou.
 
Papareli, Di Mauro e Bertoncello se preparam agora para as atividades na Europa, na segunda semana de dezembro. Eles participarão de um treino com simulador de F1 na Itália e farão dois dias de testes com a equipe Koiranen GP na F-Renault Europeia.
Últimas Notícias
terça-feira, 25 de abril de 2017
Outras
Indy
F-E
F1
Indy
F1
Indy
Nascar
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
Galerias de Imagens
Facebook