Seletiva BR
27/10/2016 18:52

Vencedores da Seletiva de Kart Petrobras em edições anteriores, Fraga, Leist e Rimbano vivem grande fase em 2016

Felipe Fraga, Pietro Rimbano e Matheus Leist são exemplos de pilotos que venceram na Seletiva de Kart Petrobras e vivem ótimos momentos na temporada 2016 em suas atuais categorias
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Desde sua primeira edição em 1999, a Seletiva de Kart Petrobras já contou em suas finais com grandes pilotos do automobilismo nacional. E três deles vêm fazendo bonito na temporada 2016. Um já é campeão: o gaúcho Matheus Leist, segundo colocado em 2013 e terceiro na final da Seletiva de 2014, conquistou em setembro o título da F3 Inglesa em sua primeira temporada na categoria. O piloto de 18 anos acumulou quatro vitórias na temporada e 11 pódios, repetindo o feito de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna, que também foram campeões da categoria.
 
Leist chegou à ultima etapa, em Donington, precisando tirar uma diferença de 15 pontos para o britânico Ricky Collard. A rodada tripla tinha 90 pontos em jogo. O brasileiro venceu a primeira prova e fechou as outras duas em quinto. O rival ficou de fora do Top-5 em todas as provas e, assim, Leist conseguiu comemorar o título.
 
“A Seletiva foi um momento muito bom na minha carreira. Eu estava no auge da minha carreira no kart e consegui um vice e depois um terceiro lugar em 2014, quando ganhei uma premiação muito bacana, que inclusive acho mais interessante do que o prêmio em dinheiro. Em 2014, tive algumas oportunidades incríveis que a Seletiva me proporcionou, uma delas foi meu primeiro teste de Fórmula Renault 2.0, que foi minha primeira vez em solo europeu. Tenho certeza que foram experiências incríveis que levarei pra vida toda”, disse o campeão inglês.
Felipe Fraga campeão da Seletiva de 2010 (Foto: Fábio Oliveira)
No Brasil, Felipe Fraga é o nome da vez. O piloto de apenas 21 anos já tinha feito história na Stock Car ao se tornar o piloto mais jovem a vencer uma corrida da categoria, três anos atrás. Atualmente, o piloto do Tocantins é o líder da temporada, com quatro vitórias e duas poles. Uma das conquistas veio exatamente na prova mais importante do ano: a Corrida do Milhão, em setembro, em Interlagos.
 
Fraga disputou a final da Seletiva de Kart Petrobras duas vezes e foi campeão em 2010. “O kart foi muito importante na minha carreira. Consegui vencer cinco vezes o Brasileiro de Kart e aprendi muito na modalidade. A Seletiva foi muito especial pra mim. Na primeira final, eu liderei até o último momento, mas errei na classificação e perdi. No outro, consegui ser campeão e foi muito legal. Recebi um prêmio muito grande em dinheiro na época para quem corria de kart e isso me ajudou muito. O evento é muito diferente e traz visibilidade, porque todos os karts são iguais e mostra que quem ganha andou melhor que os outros. Não envolve equipamento, equipe, motor e isso dá um valor maior”, comentou.
 
Passados alguns anos da conquista da Seletiva, Fraga é o mais novo milionário das pistas e está muito perto de uma grande conquista, ser campeão da principal categoria do automobilismo nacional. “A Corrida do Milhão foi espetacular, foi muito bom ter vencido, mas estou focado no campeonato. Ainda falta muita coisa pela frente, mas meu carro está muito bom e tenho certeza que vamos brigar por este título”, completou.
 
Outro campeão recente, o paulista Pietro Rimbano, que venceu a Seletiva em 2014, também vem se destacando no Brasileiro de Turismo. Campeão da Sprint Race no ano passado, o piloto de 18 anos estreou no Brasileiro de Turismo nesta temporada e venceu a etapa de Interlagos, ocupando atualmente a quarta colocação na tabela.
Pietro Rimbano com o troféu da Seletiva (Foto: Fábio Oliveira)
“A Seletiva me ajudou bastante com o prêmio para treinar de monoposto, o teste no simulador de F1 e a visita à Williams na Inglaterra. Isso me fez abrir mais a cabeça em relação às categorias. E sem contar o dinheiro que deu para investir em equipamentos e dar o início em alguma categoria. Só tenho a agradecer a todo o pessoal da Seletiva por nos proporcionar tudo isso, pois é uma coisa que não existe outra igual aqui no Brasil! E é disso que precisamos, alguém para incentivar nesse começo”, destacou.
 
“Estou muito feliz. A adaptação ao carro foi bem legal. Consegui minha primeira vitória na categoria já nesse primeiro ano, e a tendência agora é eu crescer no campeonato. Espero brigar pelo título”, concluiu o paulista, já figura importante no turismo nacional.
 

Últimas Notícias
quarta-feira, 24 de maio de 2017
Indy
Indy
Nascar
Indy
F1
MotoGP
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Superbike
Galerias de Imagens
Facebook