Stock Car
20/11/2017 05:45

Com dois pódios e vitória na Goiânia 500, TMG/Shell Racing comemora “resultado que mostra a força da equipe”

Foi um domingo de grandes emoções e de vitória para a equipe chefiada por Thiago Meneghel. A TMG/Shell Racing ficou muito perto do topo do pódio da primeira corrida da Goiânia 500 com Ricardo Zonta, que voltou a andar muito bem no Autódromo Internacional Ayrton Senna e foi o segundo. Na prova complementar, Átila Abreu liderou praticamente de ponta a ponta. Agora, o time de Americana está apenas a um ponto da vice-liderança do campeonato
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Goiânia é mesmo uma terra de vibrações muito positivas para a TMG/Shell Racing. Na primeira corrida da temporada 2017 da Stock Car, que abriu a parceria entre a equipe chefiada por Thiago Meneghel e a marca símbolo de excelência no esporte a motor ao redor do mundo, Ricardo Zonta e Átila Abreu protagonizaram emocionante dobradinha na segunda corrida, realizada em abril. No último domingo (19), novamente o Autódromo Internacional Ayrton Senna viu uma grande performance do time baseado em Americana. Zonta mostrou ótimo ritmo na corrida 1, ficou a apenas 1s021 do vencedor, Daniel Serra, e cruzou a linha de chegada em segundo. Na prova complementar, Átila Abreu largou na frente e liderou praticamente de ponta a ponta para triunfar pela segunda vez na temporada. Na pista, foi a quinta vitória da TMG/Shell Racing na temporada.
 
Átila confirmou um desempenho vencedor ao longo de 2017. Com a conquista do último domingo, o sorocabano venceu pela décima vez na Stock Car e ficou mais perto de garantir em definitivo o top-3 na temporada. O piloto ficou fora da luta pelo título, mas ainda tem chances de garantir o vice-campeonato por conta da última prova contar com distribuição de pontos em dobro em Interlagos.
 
Zonta foi novamente muito seguro em Goiânia e, a exemplo de Tarumã, mostrou ótimo ritmo de corrida desde o começo. Largando da quarta colocação, logo o curitibano cresceu na disputa, subindo para segundo, só atrás do líder Daniel Serra. Os dois travaram uma boa disputa após o fechamento da janela de reabastecimento obrigatório. Zonta bem que tentou, mas cruzou a linha de chegada em segundo, com o luso António Félix da Costa vindo logo atrás. 
Ricardo Zonta festejou mais um pódio na temporada 2017 da Stock Car (Foto: Fábio Davini/Vicar)
Átila fez uma corrida de recuperação depois de ter trocado o motor no sábado: partiu de 17º para 13º nas primeiras voltas e conseguiu uma almejada vaga no rol dos dez primeiros. Ao fim de 28 voltas, o sorocabano conseguiu terminar em décimo, obtendo a melhor posição para largar na corrida 2, o que lhe foi determinante para a vitória.
 
Partindo da primeira colocação, Abreu controlou a corrida e o ímpeto dos adversários, bem como o acionamento dos botões de ultrapassagem para se manter na ponta. Mesmo com a pressão no fim de Max Wilson, Átila resistiu para faturar sua segunda vitória em 2017, a quinta da TMG/Shell Racing no ano — considerando o triunfo de Zonta na corrida 1 em Tarumã, ainda sub-judice e aguardando recurso no STJD. Por sua vez, o dono do carro #10 teve uma prova mais difícil depois de se envolver num incidente com Bia Figueiredo e Sergio Jimenez, caindo para o fim do pelotão.
 
Na soma dos resultados da Goiânia 500, a TMG/Shell Racing foi a equipe que mais somou pontos: 58, o que lhe foi o bastante para não apenas voltar ao top-3 do campeonato, mas ficar a apenas um ponto da segunda colocada, a Cimed. 
 
Ao falar sobre o resultado do fim de semana, Thiago Meneghel destacou o trabalho duro e o crescimento ao longo de toda a temporada. “Saímos da briga pelo campeonato, mas de uma forma honrosa. Foi uma pena a classificação do Átila ontem, tínhamos uma grande expectativa de ele largar mais à frente e estar na briga pela vitória já na primeira prova, como o Zonta fez. Mas é um resultado que mostra a força da equipe e vem crescendo. É a quinta vitória da equipe no ano, estamos muito felizes. Falta melhorar alguns pontos, com certeza, mas vamos seguir o caminho, que está certo”, destacou o engenheiro.
Átila Abreu viu sua estrela brilhar novamente na capital de Goiás (Foto: José Mário Dias)
Zonta não conteve os elogios ao trabalho da TMG/Shell Racing: “É a melhor equipe que eu trabalhei até hoje na Stock Car e está evoluindo cada vez mais”. O piloto ressaltou a força de Serra e destacou a performance na corrida 1, embora tenha lamentado o incidente que lhe tirou a chance de pontuar na segunda prova.
 
“Na primeira corrida, o Daniel Serra tinha um ritmo muito bom, o carro dele estava bem balanceado. Nas primeiras voltas, perdemos um pouco de contato com ele, e não deu certo para ultrapassar no pit. Larguei bem, pulei na frente de dois adversários e senti a traseira do carro flutuando na freada, como se tivesse furado um pneu. Voltei praticamente em último, depois o Jimenez e a Bia se tocaram, achei que o Jimenez tinha me visto mas eu já estava do lado dele, uma pena. Mas a Shell Racing está de parabéns, é a melhor equipe que eu trabalhei até hoje na Stock e está evoluindo cada vez mais”, destacou.
 
Átila, por sua vez, comemorou o ótimo retrospecto em Goiânia e mais uma vitória na temporada. “Goiânia passou a ser a minha pista favorita! Desde que a Stock voltou para cá em 2014, já foram duas poles e a segunda vitória e outros pódios. Uma pena o problema de motor na classificação, mas trocamos para hoje e o possante ficou muito bom. Fico feliz com a vitória, foi um bom passo para terminar o campeonato entre os três primeiros. Ainda temos uma pequena chance de tentar o vice-campeonato. Vamos trabalhar para chegar tinindo a Interlagos na última corrida”.
 

“Usei muitos pushes na primeira corrida, então na segunda corrida tive de administrar no final e foi uma corrida muito desgastante. Agora é focar para São Paulo mas também para 2018”, complementou.
 
O próximo e derradeiro desafio para a TMG/Shell Racing na temporada 2017 está marcado para 10 de dezembro, quando Interlagos volta a receber a grande final do campeonato da principal categoria do automobilismo brasileiro.
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO


Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
F1
Truck
Kart
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
Galerias de Imagens
Facebook