Stock Car
11/06/2017 14:27

Em corrida emocionante, Genz surpreende para faturar primeira vitória na Stock Car na etapa de Cascavel

A corrida que fechou a rodada dupla de Cascavel foi sensacional e cheia de ultrapassagens. O que poucos esperavam era que Vitor Genz superasse os favoritos e conquistasse a primeira vitória de um gaúcho na Stock Car. Lucas Foresti também brilhou partindo de trás e terminou em segundo
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Uma vitória improvável em meio a uma corrida emocionante na prova que fechou a rodada dupla da Stock Car em Cascavel neste domingo (11). Vitor Genz partiu da 24ª colocação e tirou proveito de uma grande estratégia para superar grandes rivais, como Rubens Barrichello e Thiago Camilo. Com bela performance, o piloto da Carlos Alves levou o patrão às lágrimas ao cruzar a linha de chegada e se tornar o primeiro gaúcho a vencer na Stock Car. 

Lucas Foresti terminou a corrida em segundo e, para confirmar a corrida insana em Cascavel, Guilherme Salas conquistou seu primeiro pódio na Stock Car e terminou em terceiro. Tuka Rocha foi o quarto colocado, enquanto Rubens Barrichello ainda conseguiu completar o rol dos cinco primeiros, com Thiago Camilo, mais líder do que nunca no campeonato, foi o sexto. Júlio Campos fechou em sétimo, à frente de Átila Abreu e Diego Nunes. Guga Lima, que largou da última posição na corrida, terminou em décimo.

A próxima corrida da temporada vai ser também a principal de 2017 na Stock Car: a Corrida do Milhão, que vai ter lugar em Curitiba no próximo dia 2 de julho.
Vitor Genz e a primeira vitória de um piloto gaúcho na Stock Car (Foto: Reprodução)
Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car em Cascavel


Dono da primeira posição do grid após terminar em décimo na corrida 1, Marcos Gomes começou bem a prova derradeira em Cascavel e abriu vantagem na frente. Quem não começou bem foi Valdeno Brito. Segundo no grid, o paraibano da Carlos Alves escapou na saída do Bacião e perdeu muitas posições, despencando para 15º. Galid assumiu o segundo lugar, com Fraga em terceiro e Barrichello vindo na quarta posição. Dentre os 30 pilotos do grid, apenas um não largou: Sergio Jimenez.

Com ritmo de corrida muito forte, Gomes conseguia abrir rapidamente uma boa vantagem perante Galid, que liderava o segundo pelotão. O top-3 seguia inalterado, com Fraga em terceiro. Um pouco mais atrás, Barrichello recebia a pressão de Thiago Camilo, enquanto Ricardo Maurício, mesmo com problemas na direção hidráulica, vinha em sexto. Max Wilson e Átila Abreu batalhavam pelo sétimo lugar depois de deixarem Serra para trás.
Valdeno escapou na saída do Bacião e perdeu muitas posições em Cascavel (Foto: Reprodução)
Durante a disputa, Max tentou passar Átila no meio da reta dos boxes, mas Serra tentou tirar proveito da batalha e ganhar uma posição. Mas os dois carros da Eurofarma se chocaram e foram para a área de escape na curva do Bacião. Átila seguiu tranquilo em sétimo, enquanto os pilotos de Rosinei Campos despencaram no pelotão. Por conta do incidente, Serrinha foi punido pela direção de prova com um drive-through.

Melhor para Camilo, que tinha todas as chances para abrir uma vantagem importante na liderança do campeonato. O piloto da A.Mattheis/Ipiranga vinha em um sólido quinto lugar em Cascavel.
Serra se choca com Wilson e é punido em Cascavel (Foto: Reprodução)
Camilo ganhou uma posição pouco depois e subiu para quarto depois que Fraga teve de parar na área de escape ao lado da pista por conta de um problema mecânico no seu carro #88. A bandeira amarela foi acionada pela primeira vez na corrida 2. Aí veio a surpresa. O líder da corrida também rodou e via parar na barreira de pneus a grande chance de quebrar o jejum de mais de um ano sem vitórias na Stock Car. "O carro rodou do nada, desequilibrou", relatou o piloto da Cimed via rádio.

Assim, com 20 minutos para o fim da corrida, Galid Osman assumia a liderança e tinha Barrichello logo atrás. Camilo, que estava prestes a estender muito a sua vantagem na liderança do campeonato, estava em terceiro. Átila Abreu, outro que vinha fazendo um baita fim de semana, aparecia em quaarto, com Maurício lutando com os problemas no seu carro e ainda assim surgindo em quinto.

Logo que houve a relargada, a janela de pit-stops obrigatórios foi aberta e limitada a apenas três voltas. Barrichello esticou ao máximo seu tempo de pista e acelerou ao máximo para tentar voltar à frente, mas após as paradas, Camilo assumiu a ponta. Mas na verdade, Thiago só virou líder de verdade depois que Ricardo Zonta entrou nos boxes. Por conta de um problema de comunicação, o piloto da TMG/Shell Racing não ouviu o chamado para fazer seu pit-stop e acabou sendo desclassificado.

Camilo então assumiu a liderança, mas não teve como segurar o ritmo de um surpreendente Vitor Genz porque não tinha mais botão de ultrapassagem para usar. O piloto #46 da Carlos Alves abria vantagem, enquanto Thiago tinha de segurar o ritmo de Barrichello. Foresti aparecia em quarto, com Khodair fechando a lista dos cinco primeiros.

Foresti, também com grande ritmo, usou um botão de ultrapassagem para superar Barrichello e Khodair e assumir a segunda posição. Camilo tentava se segurar em terceiro e tinha logo atrás os carros de Khodair, Barrichello e Salas, outro que fazia uma jornada excepcional em Cascavel. 

Nas últimas voltas, Allam Khodair viveu o mesmo drama no ano passado e ficou lento na pista em Cascavel. Assim, acabou permitindo que Guilherme Salas fizesse a ultrapassagem e conquistasse seu primeiro pódio na Stock Car. Tuka Rocha terminou em quarto, enquanto Barrichello fechou em quinto, seguido por Camilo, que terminou bem à frente de Daniel Serra, apenas P15.

Stock Car, Cascavel, corrida 2, final: 

1 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Chevrolet 41:59.199  
2 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY Chevrolet +2.228  
3 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL Chevrolet +10.376  
4 25 TUKA ROCHA SP RCM Chevrolet +12.178  
5 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +14.282  
6 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS Chevrolet +16.193  
7 4 JÚLIO CAMPOS PR RX MATTHEIS Chevrolet +16.671  
8 51 ÁTILA ABREU SP TMG Chevrolet +17.035  
9 70 DIEGO NUNES SP HERO Chevrolet +17.104  
10 9 GUGA LIMA PR HOT CAR Chevrolet +17.278  
11 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY Chevrolet +17.709  
12 5 DENIS NAVARRO SP CIMED PROGP Chevrolet +20.963  
13 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU Chevrolet +21.708  
14 0 CACÁ BUENO RJ CIMED Chevrolet +21.712  
15 29 DANIEL SERRA SP RC Chevrolet +23.408  
16 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO Chevrolet +27.192  
17 65 MAX WILSON SP RCM Chevrolet +28.742  
18 44 ALBERTO VALÉRIO MG HERO Chevrolet +42.504  
19 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +1 volta  
20 28 GALID OSMAN SP A.MATTHEIS Chevrolet +2 voltas NC
21 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +9 voltas NC
22 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU Chevrolet +10 voltas NC
23 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO Chevrolet +17 voltas NC
24 80 MARCOS GOMES SP CIMED Chevrolet +20 voltas NC
25 88 FELIPE FRAGA PA CIMED PROGP Chevrolet +21 voltas NC
26 1 ANTONIO PIZZONIA AM RX MATTHEIS Chevrolet +27 voltas NC
27 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL Chevrolet +32 voltas NC
28 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR Chevrolet   NL
29 10 RICARDO ZONTA PR TMG Chevrolet +10 voltas EXC
30 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES Chevrolet +11 voltas EXC
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA


Últimas Notícias
domingo, 10 de dezembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Turismo
Brasileiro de Marcas
Brasileiro de Turismo
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
F1
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook