Stock Car
22/10/2017 14:59

Maurício ultrapassa Fraga nas voltas finais e vence corrida 2 insana em Tarumã. Átila vai ao pódio e Serra abandona

Foi uma corrida confusa e ao mesmo tempo empolgante, cheia de ultrapassagens e alternativas do início ao fim. Riu melhor quem riu por último: Ricardo Maurício, que viveu um fim de semana bastante complicado, mas garantiu mais uma vitória na Stock Car. Felipe Fraga foi o segundo e Átila Abreu fechou o pódio. Márcio Campos brilhou e até lutou pela vitória, enquanto Thiago Camilo foi 12º
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

O desfecho da rodada dupla de Tarumã da Stock Car foi marcado por uma corrida insana, cheia de boas brigas na pista, ultrapassagens e muita variação de estratégia, com resultado imprevisível. No fim das contas, depois de largar em 16º, Ricardo Maurício deu à RC/Eurofarma a segunda vitória neste domingo (22) depois de surgir com força nas voltas derradeiras, passando os dois grandes protagonistas da disputa: Márcio Campos, piloto da casa, e Felipe Fraga, que resistiu aos ataques de Átila Abreu no fim para se colocar em segundo lugar na corrida, resultado fundamental para suas pretensões de título. Átila levou a TMG/Shell Racing ao pódio na última corrida do fim de semana.

Márcio Campos foi o quarto colocado, seguido por Allam Khodair. Gabriel Casagrande finalizou em sexto, à frente de Tuka Rocha e Cacá Bueno. Sergio Jimenez foi o nono, enquanto Ricardo Zonta, que venceu, mas não levou a corrida 1, completou a relação dos dez primeiros. Thiago Camilo, depois de ter largado dos boxes, fechou em 12º, enquanto Daniel Serra abandonou.

A próxima etapa da Stock Car, a penúltima do ano, acontece em Goiânia no próximo dia 19 de novembro.
Após um fim de semana pra lá de difícil, Ricardo Maurício venceu a corrida 2 em Tarumã (Foto: Vanderley Soares/Ppress)
Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car em Tarumã

Antes da largada, a Stock Car anunciou os três pilotos agraciados com o 'Hero Push', o botão de ultrapassagem extra cedido pelos fãs após votação no site oficial da categoria. Átila Abreu foi o melhor votado, enquanto Gabriel Casagrande e Felipe Fraga também conseguiram o acionamento extra na corrida.

Vice-líder do campeonato, Thiago Camilo abriu mão da oitava posição no grid de largada para arriscar tudo na corrida 2. O piloto optou por largar dos boxes com quatro pneus novos, apostando em maior chance para evoluir e garantir um bom resultado ao longo da prova.

Na largada, Denis Navarro conseguiu sustentar sua primeira posição, enquanto Rubens Barrichello perdeu o segundo lugar para Júlio Campos. Até que, com três minutos de prova, o safety-car entrou na pista em razão de pneus espalhados na zona da chicane de Tarumã. O pelotão se aproximou e beneficiou quem largou dos boxes, como Camilo, Bia Figueiredo e Felipe Lapenna.
Márcio Campos foi um dos destaques da insana corrida 2 em Tarumã (Foto: Duda Bairros/Vicar)
A corrida era confusa mesmo com o safety-car. Ninguém menos que o líder da prova, Denis Navarro, abandonava a disputa, assim como seu companheiro de Cimed, Marcos Gomes. Segundo o canal SporTV, foi uma estratégia da Cimed para poupar equipamento e pneus visando as duas últimas etapas do ano. 
 
E até o giroflex do safety-car apresentava problemas e não conseguia funcionar, falhando na sinalização para os pilotos que vinham atrás.
 
Com o abandono de Navarro, Júlio Campos subia para a liderança, com Barrichello em segundo e Antonio Pizzonia em terceiro. Daniel Serra aparecia em oitavo e Camilo se colocava em 24º na relargada na volta 4. Mas o amazonense da Prati-Donaduzzi começou a enfrentar problemas no seu carro e acabou por juntar todo o pelotão atrás. César Ramos perdeu o controle do seu carro em meio à confusão e acabou rodando.

Júlio continuava na frente, mas era muito pressionado por Barrichello e pela grande surpresa da prova, Márcio Campos, da Blau. Felipe Fraga, que tinha largado em 27º, subia para quarto, com Átila Abreu fechando o top-5.

Na nona volta, o surpreendente Márcio Campos usava o push-to-pass para assumir a liderança após fazer dupla ultrapassagem. Fraga veio no embalo e subiu para segundo. O piloto da Cimed buscava de todas as formas uma vitória para se manter ainda com boas chances de título em 2017. Átila também deixava Barrichello e Júlio para trás e era o terceiro. Era uma corrida insana em Tarumã.
Felipe Fraga namorou com a vitória até o fim da corrida 2 em Tarumã (Foto: Bruno Terena/RF1)
Com a abertura dos boxes para a janela de pit-stops, Campos entrou para fazer sua parada na volta 15. Vários pilotos entraram nos pits, como Camilo, Barrichello, Serra, Fraga e Tuka Rocha. Na volta das suas respectivas paradas, Márcio voltou logo à frente de Fraga.

Enquanto Campos se desgarrava e tentava abrir vantagem para Fraga, havia outra boa briga no pelotão intermediário envolvendo Camilo, Salas, Galid e Barrichello. Ao tentar atacar o carro de Thiago, Salas rodou à frente do carro #21 e deixou a briga, mas o incidente passava a ser investigado pelos comissários. Lá na frente, finlamente Fraga fazia a ultrapassagem sobre Campos para subir para a liderança da corrida. Mas havia outro grande rival no seu encalço, e não era o gaúcho.

Ricardo Maurício veio de um fim de semana muito ruim, longe de brilhar como Serra ou mesmo Max Wilson. Mas com forte ritmo e boa estratégia para a corrida 2, o bicampeão mostrou que jamais pode ser descartado. Após a janela de pit-stops, o piloto da RC/Eurofarma se colocou entre os primeiros e, após passar Campos, encostou de vez em Fraga na luta pela vitória, trazendo consigo o piloto da Blau. O desfecho da prova se aproximava.

Na abertura da volta 29, não teve jeito. Fraga não conseguiu segurar a pressão de Maurício que, com o auxílio do botão de ultrapassagem, assumiu a liderança. Felipe tinha de lidar com a pressão de Campos e também de Átila Abreu, que vinha muito forte no fim da prova e ainda tinha um trunfo na manga: o 'Hero Push', assim como o atual campeão da Stock Car. No fim das contas, o botão de ultrapassagem fez a diferença e ajudou Átila a cavar um lugar no pódio ao lado de Fraga e do último vencedor da tarde, Ricardo Maurício.

Stock Car 2017, Tarumã, corrida 2, final: 

1 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC/EUROFARMA 41:49.867
2 40 FELIPE FRAGA PA CIMED +1.580
3 51 ÁTILA ABREU SP TMG/SHELL RACING +2.232
4 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU +2.322
5 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME +8.146
6 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL +17.246
7 25 TUKA ROCHA SP RCM +18.098
8 0 CACÁ BUENO RJ CIMED +23.882
9 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR/BARDAHL +24.537
10 10 RICARDO ZONTA PR TMG/SHELL RACING +31.299
11 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN +36.777
12 21 THIAGO CAMILO SP IPIRANGA RACING +38.768
13 28 GALID OSMAN SP IPIRANGA RACING +46.566
14 70 DIEGO NUNES SP HERO +50.660
15 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO +51.161
16 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY +51.251
17 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO +56.825
18 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME +1:01.392
19 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL +1:19.966
20 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN +1 volta
21 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY +1 volta
22 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA +5 voltas
23 44 ALBERTO VALÉRIO MG HERO +8 voltas
24 9 GUGA LIMA PR HOT CAR/BARDAHL +8 voltas
25 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI DONADUZZI +11 voltas
26 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI DONADUZZI +23 voltas
27 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU +24 voltas
28 65 MAX WILSON SP RCM/EUROFARMA +26 voltas
29 80 MARCOS GOMES SP CIMED +31 voltas
30 5 DENIS NAVARRO SP CIMED +31 voltas



RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO
 

Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Stock Car
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook