Stock Car
29/11/2014 11:30

Sem se incomodar com hiato de títulos, lisonjeado Barrichello relembra carreira e diz: “Não mudaria nada”

Experiente, Rubens Barrichello deixou claro que não se importa com o hiato de títulos e reafirmou que está em momento muito feliz da carreira. O piloto de 42 anos é o líder da Stock Car e chega a Curitiba, na última etapa, precisando de apenas um quarto lugar para ficar com o título
Warm Up
EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba
O fato de ter vencido o último título há 23 anos não incomoda nem um pouco Rubens Barrichello. Dono de um currículo expressivo no automobilismo mundial, com destaque para as 19 temporadas na F1 e o recorde de GPs disputados na maior das categorias, o piloto da Full Time agora chega a Curitiba, para etapa final da Stock Car, na condição de favorito ao título. A experiência o faz encarar a prova com calma e também dá o tom do momento feliz que o paulista vive.

Em entrevista no paddock da pista paranaense, Barrichello tentou explicar o que sente quando perguntando pelo GRANDE PRÊMIO sobre o hiato de títulos. “Todo mundo está falando dessa coisa dos 23 anos. Mas no ano passado eu ganhei as 500 Milhas de Kart, eu fui campeão. E ninguém lembra disso... Se não tem tanta importância, os oito títulos que a gente tem nas 500 Milhas de Kart, todo mundo daria tudo para ter”, disse.

As 500 Milhas de Kart, agora disputadas em Santa Catarina, representam uma corrida anual e não um campeonato. Barrichello foi vencedor oito vezes desta prova.
Rubens Barrichello ficou com o segundo lugar no grid (Foto: Duda Bairros/Vicar)
E Rubens não mudaria em nada sua trajetória. “Todo o título é título. Se eu tivesse que trocar alguma coisa, eu não trocaria nada. Se alguém me dissesse: você prefere ter 23 títulos de alguma coisa ao invés dos 19 anos de F1, guiado, lutado, vencido corridas... Eu não trocaria nada”, declarou o brasileiro.

Lembrando a taça conquistada na Inglaterra, ainda no início do caminho rumo à F1, Barrichello traça diferenças, mas também semelhanças. “A sensação ali não era de tão calmaria como é hoje. Mas tem um friozinho na barriga, é legal, sabe. Quando você esquece, alguém te lembra, porque todo mundo fala. Mas lá você estava na frente daquele povo todo e almejando a F1, então o que entrava na cabeça era aquilo: ‘Você precisa fazer e não vai mostrar e tal’. Isso dá um tom de dificuldade maior”, contou o piloto, que também tem passagem pela Indy.

Acima de tudo, Barrichello se sente feliz por ainda estar guiando e em alto nível. E, de novo, ressaltou que não gostaria de estar em nenhum outro lugar. “Estou super lisonjeado por estar aqui, aos 42 anos, lutando, andando de kart com a molecada. Então, só tenho a agradecer, porque eu tenho uma carreira que começou aos seis anos e, com 42 anos, ela continua tão competitiva quanto quando começou. Para mim, isso já é um fator top”, afirmou.

“Eu vejo por muitos pilotos aqui, que chegam e falam: ‘Pôxa, cara, você está em grande forma’. Isso é a coisa mais gostosa que tem. É isso que a gente tem de tirar. Por enquanto, o legal é guiar o carro toda vez que puder.”

“E isso me lembra uma situação em Jerez (Espanha), em que eu estava guiando um Honda e era o único carro da pista. E era o pior carro, não andava de jeito nenhum, mas veio na cabeça no meio da volta: ‘Você preferiria estar em outro lugar no mundo? Não’. Acho que esse é o valor de se voltar à realidade. E é isso que penso hoje aqui. Estou curtindo demais. Estou muito feliz e adaptado aqui”, encerrou.

Para ficar com o título de 2014 da Stock, Barrichello precisa de apenas um quarto lugar na corrida deste domingo.

O GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' a prova derradeira da Stock Car neste fim de semana, em Curitiba, com a repórter Evelyn Guimarães.
IL PRIMO GIORNO

Sebastian Vettel teve, enfim, seu primeiro contato com uma Ferrari. Neste sábado (29), o alemão guiou um carro da equipe italiana pela primeira vez no circuito de Fiorano. O tetracampeão pilotou a F2012, que deu o vice-campeonato a Fernando Alonso em 2012. As regras da F1 não permitem testes com um carro atual.
 
No início desta semana aconteceram os testes de Abu Dhabi, mas a Red Bull vetou a participação de Vettel com a adversária Ferrari. O contrato da equipe com o alemão se encerraria cinco dias após o GP de Abu Dhabi, no último final de semana. 

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
"NÃO MUDARIA NADA"

O fato de ter vencido o último título há 23 anos não incomoda nem um pouco Rubens Barrichello. Dono de um currículo expressivo no automobilismo mundial, com destaque para as 19 temporadas na F1 e o recorde de GPs disputados na maior das categorias, o piloto da Full Time agora chega a Curitiba, para etapa final da Stock Car, na condição de favorito ao título. A experiência o faz encarar a prova com calma e também dá o tom do momento feliz que o paulista vive.
 
Em entrevista no paddock da pista paranaense, Barrichello tentou explicar o que sente quando perguntando pelo GRANDE PRÊMIO sobre o hiato de títulos. “Todo mundo está falando dessa coisa dos 23 anos. Mas no ano passado eu ganhei as 500 Milhas de Kart, eu fui campeão. E ninguém lembra disso... Se não tem tanta importância, os oito títulos que a gente tem nas 500 Milhas de Kart, todo mundo daria tudo para ter”, disse.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
EMMO VOLTOU

Emerson Fittipaldi, pela primeira vez em mais de duas décadas, participou de uma sessão oficial de uma competição internacional. E foi de Ferrari, um sonho que ele sempre teve, mas nunca teve a chance de fazê-lo na F1. Neste fim de semana, em Interlagos, ele disputa as 6 Horas de São Paulo com um modelo F458 da AF Corse. Encerrado o primeiro dia de treinos, estava encantado: “Muito legal. Espetacular. O carro é muito bacana.”
 
De dentro dos boxes, o GRANDE PRÊMIO acompanhou a participação de Fittipaldi no segundo treino livre desta sexta-feira (28), sessão que começou com o filho mais novo extremamente ansioso.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
Indy
MotoGP
Superbike
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook