Stock Car
01/04/2017 14:12

Serra confirma favoritismo em Goiânia, desbanca companheiro de equipe Wilson e fatura primeira pole de 2017 da Stock Car

Quase perfeito em todos os treinos do fim de semana, Daniel Serra começou da melhor forma sua jornada como piloto da RC Eurofarma. Com uma performance forte nos três segmentos da nova classificação da Stock Car, Serra desbancou Max Wilson em 0s4 no Q3 para garantir sua sétima pole na categoria
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia
Soberano nos testes coletivos realizados na quinta-feira, líder do primeiro treino livre e segundo na sessão realizada na manhã deste sábado (1), Daniel Serra despontava como grande favorito à conquista da pole-position da etapa que abre a temporada 2017 da Stock Car. O piloto de 33 anos não só confirmou a condição de candidato maior à posição de honra como também mostrou a incríel performance dos carros da Eurofarma, preparados por Rosinei Campos, o 'Meinha'. Serra foi o mais rápido nas três fases do treino classificatório, que neste ano foi modificado e se tornou mais parecido com o da F1, e garantiu a pole ao marcar 1min24s332 no Q3, desbancando em nada menos que 0s422 o segundo colocado, seu companheiro de equipe, Max Wilson. Uma diferença enorme quando se trata de Stock Car.

Assim, a primeira fila é toda dos carros preparados por Rosinei Campos. A segunda fila, por sua vez, também terá dois companheiros de equipe: estreantes na A.Mattheis, time que até o ano passado era patrocinada pela Red Bull e hoje conta com a Ipiranga, Thiago Camilo e Galid Osman vão largar lado a lado, com Camilo garantindo o terceiro lugar do grid, à frente do seu colega. Em quinto, larga Átila Abreu. De volta à equipe chefiada por Thiago Meneghel, o sorocabano levou o carro da TMG/Shell Racing à terceira fila do grid com 0s912 atrás de Serrinha. Marcos Gomes completou a lista dos seis primeiros colocados.
Daniel Serra foi o mais rápido nos três segmentos do treino e confirmou a pole em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Atual campeão da Stock Car, Felipe Fraga não conseguiu avançar ao Q3 e vai largar em décimo lugar, atrás de Ricardo Zonta e à frente de Antonio Pizzonia. Rubens Barrichello, vice-campeão do ano passado, larga logo ao lado do amazonense, enquanto Cacá Bueno parte em 15º na estreia pela Cimed. A primeira corrida da temporada 2017 da Stock Car tem largada prevista para 13h (horário de Brasília) de domingo, com a segunda prova — as duas com duração de 40 minutos e mais uma volta — começa às 14h10 com transmissão ao vivo do canal por assinatura SporTV.


Saiba como foi a classificação da etapa de Goiânia da Stock Car

A Stock Car abriu a definição do grid de largada da primeira etapa da temporada com mudanças bem importantes na classificação, com dois grupos de 15 carros na pista para o Q1, o primeiro segmento da sessão em Goiânia. Neste primeiro grupo, composto pelos pilotos que terminaram em posições ímpares na temporada passada, foram à pista Gabriel Casagrande, Felipe Fraga, Daniel Serra, Guilherme Salas, Júlio Campos, Thiago Camilo, Diego Nunes, Vitor Genz, Marcos Gomes, Felipe Lapenna, Cacá Bueno, Rafael Suzuki, Bia Figueiredo, Guga Lima e Lucas Foresti. Todos tiveram oito minutos de pista para buscar o melhor tempo possível visando a segunda fase do treino.
Daniel Serra foi o mais rápido do seu grupo no Q1 em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Dominante no fim de semana até o momento, Serra tratou de logo se colocar na primeira colocação do Q1 ao anotar 1min24s317, seguido por Marcos Gomes, com 1min24s651, Cacá Bueno e Felipe Fraga, os três da Cimed Racing. Vitor Genz surpreendia e se colocava em quinto lugar. Mas em um segmento de classificação tão curto, não havia muito tempo a perder. E logo Camilo conseguiu cravar 1min24s428 para se posicionar em segundo. Outro que melhorou bem seu tempo foi Júlio Campos, quarto com 1min24s955.

Após oito minutos e a bandeirada encerrando o Q1 para o primeiro grupo, Serra confirmou o grande momento e se colocou em primeiro, com Camilo em segundo e Gomes em terceiro. Campos acabou em quarto, à frente de Vitor Genz e Felipe Fraga. Cacá Bueno foi o sétimo, com Lucas Foresti e Rafael Suzuki na sequência. Os nove primeiro andaram no mesmo segundo de volta. O décimo foi Diego Nunes, que teve o mesmo tempo de Felipe Lapenna, 11º: 1min25s330. Neste caso, o desempate sempre põe em vantagem quem faz o tempo antes.

Três minutos depois, o segundo grupo ganhou a pista para fechar o Q1: Max Wilson, Tuka Rocha, Valdeno Brito, Betinho Valério, Ricardo Zonta, Sergio Jimenez, Galid Osman, Antonio Pizzonia, Átila Abreu, Márcio Campos, Allam Khodair, Denis Navarro, César Ramos, Rubens Barrichello e Ricardo Maurício.

Max, líder do segundo treino livre, logo tratou de se colocar no rol dos 15 primeiros colocados, assim como seu companheiro de equipe, Ricardo Maurício. Tuka Rocha também se colocava no grupo dos pilotos rumo ao Q2. Quem também tinha ótimo rendimento era a dupla da TMG/Shell Racing, com Átila Abreu e Ricardo Zonta na relação dos mais rápidos. Pizzonia também lutava para se garantir na segunda fase.
Rubens Barrichello conseguiu escapar da eliminação e avançou ao Q2 em 14º (Foto: Duda Bairros/Vicar)
No último minuto, Max Wilson e Átila Abreu, praticamente garantidos no Q2, recolheram seus respectivos carros para os boxes. Pizzonia conseguiu melhorar seu tempo e subiu para oitavo enquanto Denis Navarro rodava com o carro da Cimed em Goiânia. Após oito minutos, Cacá Bueno e Rubens Barrichello passaram para o Q2 por décimos. Tuka Rocha foi eliminado por pouco, ficando em 16º. Além do piloto da RCM, também foram eliminados da classificação: Foresti, Navarro, Valério, Suzuki, Diego Nunes, Lapenna, Jimenez, Valdeno, Salas, Casagrande, Ramos, Bia, Guga Lima e Márcio Campos, um dos novatos em ação em Goiânia. 

Serra domina Q2; Fraga, Barrichello e Cacá ficam fora 

Cacá Bueno foi o primeiro a deixar os boxes, seguido pelos outros 14 pilotos do Q2. O pentacampeão cravou 1min25s296 em sua primeira tentativa, mas logo foi batido por Fraga e também por Maurício. A trinca da Eurofarma foi completada em seguida, quando Serra anotou o melhor tempo do Q2 com 1min24s337, 0s450 mais rápido que Max Wilson, o segundo colocado. Júlio Campos aparecia em quarto, enquanto Galid fechava o top-5. Genz, que vinha fazendo um bom treino, perdeu o controle da sua 'locomotiva negra' #46 e rodou, perdendo a chance de melhorar seu tempo.
Felipe Fraga fechou o Q2 em décimo e ficou fora da luta pela pole em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Serrinha estava garantido no Q3, enquanto Max e Ricardinho estavam bem encaminhados. Mas a luta pelas útimas vagas da fase final da classificação tinha muitos pilotos: Gomes subia para quarto lugar, à frente de Júlio Campos e Galid Osman. Fraga tentava se colocar no rol dos seis primeiros, assim como Pizzonia, Átila, Khodair, Zonta e Cacá Bueno. Mas quem apareceu com ótima performance no fim foi Thiago Camilo.

O novo piloto da A.Mattheis saiu dos boxes no fim para cravar 1min24s435. Marcos Gomes também melhorou e subiu para terceiro. Também nos segundos finais, Átila cravou 1min24s771 e conseguiu entrar no Q3 em quinto lugar, enquanto Max se salvou da degola e garantiu a última vaga no top-6 em Goiânia. Dentre os destacados candidatos à pole, ficaram de fora Ricardo Maurício, sétimo; Felipe Fraga, décimo; Rubens Barrichello, 12º; e Cacá Bueno, 15º.


Serra brilha no Q3 e confirma favoritismo com pole em Goiânia

Sem tempo a perder, Max Wilson, sexto colocado, foi o primeiro a deixar os boxes para fazer sua volta lançada. O piloto era um dos favoritos porque conta com aquele que é, na teoria, o carro mais rápido do fim de semana. Max cravou 1min24s754, tempo só um pouco melhor do que o registrado no Q2. Em seguida, foi a vez de Átila Abreu fazer sua volta rápida no Q3. Mas o tempo do sorocabano não foi nada bom: 1min25s244.

Tão logo Átila completou sua volta, Galid Osman, companheiro de equipe de Thiago Camilo na A.Mattheis/Ipiranga, deixou o pit-lane para aquecer os pneus antes de realizar a volta rápida. O paulista, dono do carro #28, encaixou uma volta razoável: 1min24s877, sem condições de ameaçar o pole provisório, Max Wilson. Marcos Gomes foi à pista para tentar desbancar o piloto da RCM. Gomes, que venceu uma das corridas realizadas em Goiânia no ano passado, fez uma volta muito ruim: 1min26s331, longe até da marca de Átila. 

O penúltimo piloto a fazer sua tentativa de volta rápida foi Thiago Camilo. Em sua nova equipe, o paulista tinha a chance de brigar pela pole e desbancar o favoritismo dos carros preparados por Rosinei Campos. Camilo ficou muito perto do tempo de Max, apenas 0s020. Na prática, a pole já era da Eurofarma, que poderia confirmar uma dobradinha dependendo da volta feita pelo último piloto na pista no Q3: Daniel Serra.

Quase perfeito em todo o fim de semana até o momento, o novo piloto da RC confirmou o favoritismo depois de registrar 1min24s332, enfiando nada menos que 0s422 de vantagem sobre Max e garantir a sétima pole da sua carreira na Stock Car e a primeira da temporada 2017. Uma primeira fila toda composta pelos carros da Eurofarma, que começa da melhor forma a luta por mais um título na principal categoria do automobilismo brasileiro.

Stock Car, temporada 2017, Goiânia, corrida 1, grid de largada: 

1 29 DANIEL SERRA SP RC Chevrolet 1:24.332  
2 65 MAX WILSON SP RCM Chevrolet 1:24.754 +0.422
3 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS Chevrolet 1:24.774 +0.442
4 28 GALID OSMAN SP A.MATTHEIS Chevrolet 1:24.877 +0.545
5 51 ÁTILA ABREU SP TMG Chevrolet 1:25.244 +0.912
6 80 MARCOS GOMES SP CIMED Chevrolet 1:26.331 +1.999
7 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet 1:24.796 +0.464
8 4 JÚLIO CAMPOS PR RX MATTHEIS Chevrolet 1:24.815 +0.483
9 10 RICARDO ZONTA PR TMG Chevrolet 1:24.816 +0.484
10 88 FELIPE FRAGA PA CIMED PROGP Chevrolet 1:24.906 +0.574
11 1 ANTONIO PIZZONIA AM RX MATTHEIS Chevrolet 1:24.949 +0.617
12 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet 1:25.005 +0.673
13 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Chevrolet 1:25.025 +0.693
14 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet 1:25.056 +0.724
15 0 CACÁ BUENO RJ CIMED Chevrolet 1:25.296 +0.964
16 25 TUKA ROCHA SP RCM Chevrolet 1:25.172 +0.840
17 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY Chevrolet 1:25.204 +0.872
18 5 DENIS NAVARRO SP CIMED PROGP Chevrolet 1:25.228 +0.896
19 44 ALBERTO VALÉRIO MG FULL TIME BASSANI Chevrolet 1:25.242 +0.910
20 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO Chevrolet 1:25.310 +0.978
21 70 DIEGO NUNES SP FULL TIME BASSANI Chevrolet 1:25.330 +0.998
22 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO Chevrolet 1:25.330 +0.998
23 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR Chevrolet 1:25.342 +1.010
24 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES Chevrolet 1:25.433 +1.101
25 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL Chevrolet 1:25.446 +1.114
26 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL Chevrolet 1:25.514 +1.182
27 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU Chevrolet 1:25.550 +1.218
28 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY Chevrolet 1:25.629 +1.297
29 9 GUGA LIMA PR HOT CAR Chevrolet 1:25.898 +1.566
30 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU Chevrolet 1:26.322 +1.990

PADDOCK GP #71 ANALISA ETAPAS DE ABERTURA DAS TEMPORADAS 2017 DA F1 E MOTOGP



Últimas Notícias
sexta-feira, 22 de setembro de 2017
F1
MotoGP
MotoGP
F1
Stock Car
F1
MotoGP
Endurance
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook