Stock Car
19/11/2017 13:45

Serra segura Zonta, vence corrida 1 da Goiânia 500 e põe mão na taça da Stock Car. Félix da Costa dá show e vai ao pódio

Daniel Serra deu mais um passo fundamental rumo ao título da Stock Car. Na tarde deste domingo (19), o líder do campeonato venceu de ponta a ponta a corrida 1 da Goiânia 500 após suportar a pressão de Ricardo Zonta. António Félix da Costa brilhou de novo e foi o terceiro
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Daniel Serra está a dois passos de conquistar seu primeiro título da Stock Car. Sua caminhada rumo à glória na principal categoria do automobilismo brasileiro foi marcada por mais uma vitória, conquistada na tarde deste domingo (19) na corrida 1 da Goiânia 500, disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Com outra atuação segura e de campeão, Serra teve uma primeira parte tranquila, mas teve de lidar com a ótima performance de Ricardo Zonta, da TMG/Shell Racing. No fim das contas, o piloto da RC/Eurofarma segurou a pressão do veterano e conquistou a vitória, com o curitibano cruzando a linha de chegada logo atrás.

Destaque para António Félix da Costa, que veio ao Brasil especialmente para a prova deste fim de semana e brilhou. Depois de largar em sexto, o português trilhou o caminho e logo esteve entre os primeiros, colocando-se em terceiro, atrás de Serrinha e Zonta. No fim, AFC, da HERO, travou grande duelo com Marcos Gomes, com os dois chegando a se tocar. Mas António conseguiu confirmar o pódio, o seu terceiro na Stock Car e o primeiro em participação solo.

Denis Navarro também fez ótima corrida e cruzou a linha de chegada em quinto com o carro da Cimed, à frente de Vitor Genz, da Carlos Alves/Eisenbahn. Max Wilson finalizou em sétimo, enquanto Thiago Camilo vê agora bem mais longe o título depois de finalizar a prova em oitavo. Rubens Barrichello e Átila Abreu fecharam o rol dos dez primeiros. A diferença entre Serra e Thiago aumentou de dez para 27 pontos.
Daniel Serra está cada vez mais perto do título da Stock Car (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

Saiba como foi a corrida 1 da Goiânia 500

Com o céu bastante fechado, mas sem chuva, a Stock Car largou para a primeira corrida do fim de semana da Goiânia 500. Uma largada tranquila para Serrinha, que manteve a pole, mas bastante complicada mais atrás. A pista, que ainda tinha trechos um pouco mais úmidos, fez algumas vítimas: Cacá Bueno, Felipe Lapenna, César Ramos, Allam Khodair e Antonio Pizzonia. Tuka Rocha enfrentou problemas logo na reta dos boxes e ficou com seu carro danificado. Mas a prova seguiu com bandeira verde.

Félix da Costa perdeu uma posição para Denis Navarro no começo da prova, mas a recuperou bravamente depois de grande manobra para passar o piloto da Cimed. Quem não largou bem foi Marcos Gomes, superado por Ricardo Maurício, Thiago Camilo e Ricardo Zonta. O piloto da TMG/Shell Racing vinha bem e, pouco antes da abertura da quinta volta, passava Camilo para subir à quarta posição. Um pouco mais atrás, Rubens Barrichello aparecia em oitavo, logo atrás do português da HERO.

Serra seguia firme para uma vitória retumbante, mais uma em Goiânia. A dobradinha da RC/Eurofarma parecia bem encaminhada, mas Ricardo Maurício sofreu com um furo no pneu traseiro esquerdo e ficou lento na pista, tendo de recolher para os boxes. Zonta subia para segundo, à frente de Gomes — que ganhava a posição de Camilo — e Félix da Costa em quinto. Mais atrás, Felipe Fraga, em nono, era punido por atitude antidesportiva após incidente com César Ramos. Inconformado, o campeão da Stock Car bradou via rádio contra a punição: "É ridículo".
Serra manteve a ponta após uma largada conturbada em Goiânia (Foto: Reprodução)
Félix da Costa continuava a abrir caminho e brilhava em Goiânia ao superar Camilo e avançar para o quarto lugar, ficando logo atrás de Marcos Gomes, que duelava com Zonta pelo segundo lugar. Apenas Serra tinha uma jornada mais tranquila em Goiânia. Mais atrás, Lucas Foresti e Gabriel Casagrande se tocavam, com o piloto da casa levando a pior, rodando no curvão após a reta dos boxes.

Na volta 11, Félix da Costa completava mais um ato do seu show ao ultrapassar Gomes para subir para terceiro. Na volta seguinte, mesmo com o acionamento do botão de ultrapassagem por parte do piloto da Cimed, o luso conseguiu manter a posição e começou a buscar Zonta na luta pelo segundo lugar. Lá na frente, Serrinha já tinha 4s de vantagem para o carro #10 da TMG/Shell Racing. Seu companheiro de equipe, Átila Abreu, ainda com chances matemáticas de título, já aparecia em nono lugar.
Pit-stop decisivo de Serra na corrida 1 em Goiânia (Foto: Reprodução)
Com a abertura da janela para o pit-stop obrigatório, Serrinha logo foi aos boxes para fazer o reabastecimento, sendo seguido por Zonta e Marcos Gomes. Na saída dos pit-lane, Zonta voltou colado em Daniel e o pressionou para tentar uma preciosa ultrapassagem. A liderança, então, passava para as mãos de Félix da Costa, que optou por ficar mais tempo na pista antes de fazer sua parada.

O português fez sua parada na volta 18 e voltou logo atrás de Zonta, que pressionava Serra pela vitória em Goiânia. Camilo, por sua vez, trabalhou com estratégia pensando nas duas corridas e, após seu pit-stop, voltou atrás dos carros da Cimed de Gomes e Navarro.

Na volta 20, o safety-car entrou na pista por conta de problemas no carro de Julio Campos, que ficou parado em posição perigosa. Assim, os pilotos que estavam mais atrás no pelotão aproveitaram a chance para trocar pneus já focando na segunda corrida. A relargada aconteceu na volta 23, com Serrinha conseguindo manter a liderança a pesar da fortíssima pressão de Zonta. Logo atrás, Félix da Costa também se segurava em terceiro depois de Gomes acionar o botão de ultrapassagem.

Os dois travaram um incrível duelo e chegaram a se tocar, mas o luso bravamente resistiu à pressão e terminou no pódio em Goiânia, completando o show e comemorando ao lado de Zonta e de Serra, o grande vencedor da corrida principal deste domingo.

Stock Car, Goiânia, Corrida 1, Classificação Final:

1 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA 44:51.000  
2 10 RICARDO ZONTA PR TMG/SHELL RACING +1.021  
3 444 ANTÓNIO FÉLIX DA COSTA POR HERO +2.154  
4 80 MARCOS GOMES SP CIMED +2.638  
5 5 DENIS NAVARRO SP CIMED +5.484  
6 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN +5.955  
7 65 MAX WILSON SP RCM/EUROFARMA +6.897  
8 21 THIAGO CAMILO SP IPIRANGA RACING +7.681  
9 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME +8.750  
10 51 ÁTILA ABREU SP TMG/SHELL RACING +9.256  
11 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL +9.888  
12 28 GALID OSMAN SP IPIRANGA RACING +10.712  
13 0 CACÁ BUENO RJ CIMED +11.009  
14 70 DIEGO NUNES SP HERO +11.048  
15 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME +16.513  
16 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN +19.125  
17 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL +19.298  
18 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY +23.663  
19 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO +48.873  
20 555 RENATO BRAGA GO SCUDERIA COLÓN +1 volta  
21 40 FELIPE FRAGA PA CIMED +2 voltas  
22 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI DONADUZZI +8 voltas NC
23 188 BETO MONTEIRO PE SCUDERIA COLÓN +9 voltas  
24 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY +10 voltas  
25 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU +12 voltas NC
26 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC/EUROFARMA +14 voltas  
27 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR/BARDAHL +14 voltas  
28 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU +19 voltas  
29 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI DONADUZZI +20 voltas  
30 9 GUGA LIMA PR HOT CAR/BARDAHL +21 voltas  
31 188 BETO MONTEIRO PE SCUDERIA COLÓN +27 voltas NC
32 25 TUKA ROCHA SP RCM +28 voltas NC
 

MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO


Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
F1
Truck
Kart
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
Galerias de Imagens
Facebook