Stock Car
30/08/2015 16:53

Valdeno passeia em Cascavel e vence primeira corrida em dobradinha da A.Mattheis. Líder, Gomes acaba em sexto

Valdeno Brito passeou em Cascavel e faturou a primeira corrida da Stock Car em Cascavel. A A.Mattheis ainda celebrou uma dobradinha com a segunda colocação de Ricardo Zonta. Líder do campeonato, Marcos Gomes foi o sexto colocado
Warm Up, de Cascavel
EVELYN GUIMARÃES, de Cascavel
Depois de ter feito a pole no sábado, Valdeno Brito torcia para que “nenhum imprevisto” acontecesse neste domingo (30). E foi exatamente isso que houve na primeira corrida em Cascavel. Sem dramas ou incidentes, Brito saiu bem da pole, se manteve à frente em todas as relargadas e só perdeu a liderança no momento do pit-stop, garantindo um triunfo categórico. A corrida marcou a primeira dobradinha de uma equipe na temporada. A A. Mattheis colocou Ricardo Zonta em segundo lugar. O terceiro posto ficou com Allam Khodair, da Full Time.

Escalando o pelotão, Ricardo Maurício terminou em quarto, à frente de Cacá Bueno. Líder do campeonato, Marcos Gomes terminou ainda em sexto - mesma posição em que largou. Camilo, Jimenez, Átila Abreu e Diego Nunes completaram o top-10. A segunda corrida tem largada marcada para logo mais, às 14h25 (de Brasília). E terá Nunes como pole-position, obedecendo ao regime de grid invertido.
Valdeno comemora a vitória ao lado do parceiro Zonta e de Allam Khodair (Foto: Marcus Cicarello/Hyset)
Confira como foi a primeira corrida da Stock Car em Cascavel neste domingo
 
A largada da Stock Car para a primeira corrida em Cascavel se deu sem problemas ou toques neste início de tarde quente de domingo (30). Todos os carros conseguiram contornar a curva 1 sem dramas. Apenas Raphael Abbate saiu um tantinho da pista, mas voltou logo na sequência. Só que a primeira volta não fecharia sem incidentes. Quando o pelotão entrava na reta principal, Galid Osman escapou de traseira na Zero e foi atingido pelo carro de Popó Bueno, que vinha logo atrás. O piloto da RCM não teve chance e acabou indo já para os boxes na sequência. Popó ainda foi capaz de voltar, mas abandonaria ainda na primeira parte da prova. Por causa do incidente, o safety-car foi necessário.
 
Atrás do carro de segurança, a ordem era: Valdeno Brito, que saíra muito bem da pole, Daniel Serra, Cacá Bueno, Ricardo Zonta, Thiago Camilo, Gabriel Casagrande, Marcos Gomes, Allam Khodair, Max Wilson e Sergio Jimenez. A paralisação, no entanto, durou pouco.

A relargada aconteceu na volta 3, e Brito novamente se manteve na frente, seguido por Serra. Cacá também permaneceu em terceiro, à frente Camilo, que já havia superado Zonta. O paranaense, aliás, acabou na sequência perdendo posição para Casagrande. Gomes, Khodair, Max e Jimenez ainda completavam os dez primeiros. 
 
Duas voltas depois, Zonta foi superado por Gomes, agora o sexto. Lá na frente, Valdeno tratava de abrir vantagem para o piloto da Red Bull. Na oitava passagem, o paraibano já tinha 2s5 para Daniel, que já sofria a perseguição de Camilo. O paulista da RCM vinha rápido e fazendo as melhores parciais do veloz traçado paranaense. Assim, a vantagem de Serrinha estava apenas em 0s7.
 
Mais atrás, Barrichello superou Jimenez para saltar para décimo, mas ficou pouco por lá. Não demorou, e o atual campeão perdeu duas posições, para o paulista e também para Diego Nunes. À frente desse pelotão, Zonta se defendia das investidas de Khodair e Wilson. Os três brigavam pela sétima posição.
 
Enquanto Valdeno segurava a ponta e ia abrindo - a diferença estava na casa de 3s4 -, Camilo finalmente chegou em Serra e tomou o segundo lugar sem muito negociar na abertura da volta 13. Daniel ainda ultrapassou Thiago, mas o paulista da RCM devolveu e se distanciou. Serra, então, passou a enfrentar a pressão do colega Cacá Bueno. E o pentacampeão chegou a passar, mas foi ultrapassado de volta logo na sequência, na 15ª passagem.
 
Três passagens mais tarde, Casagrande, que vinha liderando o pelotão que tinha Zonta, Max, Khodair, Jimenez e Ricardo Maurício, perdeu o carro no ‘Bacião’ e foi parar na barreira de pneus. 
Valdeno liderou de ponta a ponta a prova que abriu a rodada dupla de Cascavel (Foto: Rafael Gagliano/Hyset)
Com 20 giros completados em Cascavel, a liderança da prova ainda pertencia a Valdeno Brito. Thiago Camilo, Daniel Serra, Cacá Bueno, Marcos Gomes, Ricardo Zonta, Max Wilson, Allam Khodair, Sergio Jimenez e Ricardo Maurício fechavam o top-10.
 
Três voltas depois, Rafael Suzuki apareceu lento na reta principal até parar. Por causa do abandono do piloto, o safety-car novamente foi acionado. E permaneceu à frente do pelotão até o 25º giro, apenas um antes da janela de pit-stop – que ia até a 30ª passagem.
 
Quando os pilotos relargaram, Camilo logo tratou de ir aos boxes. O paulista foi o primeiro a entrar entre os ponteiros e trocou dois pneus. Gomes, que trocara somente um pneu, saiu à frente de Thiago. Na volta seguinte, Cacá e Zonta também foram aos pits. O líder Valdeno, Serra e Rubens Barrichello esticaram ao máximo o stint e entraram nos boxes no limite da volta 30. Átila Abreu foi o última a parar.
 
Na retomada da ordem da corrida, Valdeno reassumiu a liderança, tendo o companheiro de equipe, Zonta, em segundo, à frente de Khodair. Ao mesmo tempo, Serra surgiu lento pela pista e acabou abandonando. Por conta da posição do carro da Red Bull na área de escape, o safety-car voltou à pista, na passagem 34. 

O carro de segurança saiu duas voltas depois, e Brito novamente tratou de escapar na frente. Zonta acompanhou, enquanto Rubens Barrichello, então em quarto, escapou da pista no temido ‘Bacião’ e foi perdendo posições. E a ordem dos dez primeiros era: Valdeno, Zonta, Khodair, Cacá, Maurício, Gomes, Camilo, Jimenez, Átila e Nunes.

Enquanto Valdeno liderava com 2s de vantagem para Zonta, Maurício superou Cacá, que foi logo ultrapassado por Gomes. Mas o carioca da Red Bull devolveu e voltou ao quinto posto.

No fim, Valdeno cruzou a linha de chegada com folga, à frente de Zonta e Khodair. Maurício  foi o quarto, enquanto Cacá terminou em quinto, seguido por Gomes, Camilo, Jimenez, Abriu e Nunes. 

Stock Car, Cascavel, corrida 1, final:

1 77 VALDENO BRITO PB A.MATTHEIS Chevrolet 22:45.810 42 voltas
2 10 RICARDO ZONTA PR A.MATTHEIS Chevrolet +1.490  
3 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +3.078  
4 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +3.877  
5 0 CACÁ BUENO RJ RED BULL Chevrolet +4.710  
6 80 MARCOS GOMES SP VOXX Peugeot +5.029  
7 21 THIAGO CAMILO SP RCM Chevrolet +5.976  
8 73 SÉRGIO JIMENEZ SP C2 Chevrolet +7.121  
9 51 ÁTILA ABREU SP AMG Chevrolet +7.523  
10 70 DIEGO NUNES SP VOGEL Chevrolet +8.254  
11 2 RAPHAEL MATOS MG CARLOS ALVES Peugeot +8.745  
12 88 FELIPE FRAGA PA VOXX Peugeot +9.182  
13 46 VITOR GENZ RS BOETTGER Peugeot +9.445  
14 110 FELIPE LAPENNA SP CARLOS ALVES Peugeot +12.476  
15 5 DENIS NAVARRO SP VOGEL Chevrolet +12.778  
16 14 LUCIANO BURTI SP RZ Chevrolet +13.612  
17 11 CÉSAR RAMOS SP CAVALEIRO Peugeot +13.960  
18 12 LUCAS FORESTI DF AMG Chevrolet +15.429  
19 72 FÁBIO FOGAÇA SP HOT CAR Chevrolet +17.586  
20 9 GUSTAVO LIMA PR PROGP Chevrolet +18.993  
21 26 RAPHAEL ABBATE SP HOT CAR Chevrolet +24.142  
22 83 GABRIEL CASAGRANDE PR C2 Chevrolet +1 volta  
23 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +2 voltas  
24 3 BIA FIGUEIREDO SP BASSANI Peugeot +3 voltas NC
25 29 DANIEL SERRA SP RED BULL Chevrolet +11 voltas NC
26 1 ANTONIO PIZZONIA AM MICO'S Peugeot +15 voltas NC
27 65 MAX WILSON SP RC Chevrolet +20 voltas NC
28 8 RAFAEL SUZUKI SP RZ Chevrolet +21 voltas NC
29 4 JÚLIO CAMPOS PR MICO'S Peugeot +22 voltas NC
30 25 TUKA ROCHA RJ BASSANI Peugeot +33 voltas NC
31 74 POPÓ BUENO RJ CAVALEIRO Peugeot +37 voltas NC
32 28 GALID OSMAN SP RCM Chevrolet +42 voltas NC


Últimas Notícias
sexta-feira, 22 de setembro de 2017
F1
MotoGP
MotoGP
F1
Stock Car
F1
MotoGP
Endurance
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook