Superbike
15/05/2016 12:12

Hayden encerra jejum de dez anos e volta ao topo do pódio com 1ª vitória no Mundial de Superbike na corrida 2 da Malásia

Estreante no Mundial de Superbike, Nicky Hayden ignorou o piso molhado de Sepang e liderou quase todas as 16 voltas da corrida deste domingo (15) para encerrar um jejum de dez anos sem vitória. Davide Giugliano e Jonathan Rea completam o pódio
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Demorou dez anos, mas Nicky Hayden, enfim, conseguiu voltar ao topo do pódio Mundial. Sem vitórias desde o GP dos Estados Unidos de 2006, ano em que conquistou o título da MotoGP, o norte-americano apresentou uma performance dominante neste domingo (15) e conquistou seu primeiro triunfo no Mundial de Superbike.
 
O sol que aqueceu a primeira prova da rodada dupla deu lugar à chuva neste domingo, mas o norte-americano do Kentucky ignorou o asfalto molhado e liderou quase todas as 16 voltas da disputa para receber a bandeirada com 1s254 de margem para Davide Giugliano, o segundo colocado. Jonathan Rea completa o pódio malaio.
Nicky Hayden não vencia desde Laguna Seca em 2006 (Foto: Divulgação/WSBK)
Largando na segunda fila, o #69 fez uma boa saída e, apesar das condições complicadas, logo começou a abrir em relação a Rea para se afastar o pelotão. Tom Sykes e Álex Lowes até tentaram acompanhar a dupla, mas não conseguiram e logo foram superados por Chaz Davies, que se instalou em terceiro.
 
Também em busca de seu primeiro triunfo na categoria, Davide Giugliano baixou o ritmo e começou a avançar em direção a ponta. Depois de deixar Rea e Davies para trás, o italiano passou a pressionar Hayden, mas o experiente piloto conseguiu controlar a liderança.
 
Rea, por sua vez, teve de disputar com Davies a última vaga no pódio malaio, mas conseguiu superar o rival na luta pelo título de 2016 por 2s036.
 
Com o resultado deste domingo, Hayden se torna o 16º piloto a vencer na MotoGP/500cc e também no Mundial de Superbike. Além disso, não foi só o jejum pessoal que Nicky encerrou, uma vez que a Honda não vencia na categoria desde 2014.
 
Conhecido pela habilidade em piso molhado, Anthony West, que corre pela Pedercini neste fim de semana substituindo o lesionado Sylvain Barrier, voltou a impressionar. Apesar da pouca experiência com a moto, o australiano conquistou o quinto posto, mas já 15s989 atrás do vencedor.
 
Companheiro de Hayden na Honda, Michael van der Mark superou o décimo posto no grid de largada e recebeu a bandeirada na sexta colocação depois de um belo duelo com Alex de Angelis na última curva malaia.
 
Vencedor da primeira corrida da rodada dupla, Sykes não conseguiu lidar bem com as condições de pista e acabou em oitavo, 23s011 atrás do vencedor. 
Terceiro, Jonathan Rea segue sobrando na liderança do Mundial (Foto: Divulgação/WSBK)
Representante único da MV Agusta, Leon Camier conseguiu um nono posto, à frente de Markus Reiterberger, que completa o top-10.
 
Segundo no grid, sua melhor classificação no certame, Lowes não teve nada para celebrar neste domingo. Na 12ª volta, o gêmeo de Sam sofreu uma queda na curva 12 e acabou abandonando a corrida com uma fratura na clavícula.
 
Também estreante no Mundial de Superbike, Karel Abraham decidiu fazer companhia a Lowes e, por conta de um problema com a BMW da Milwaukee, acompanhou o britânico na lista de dois pilotos que não completaram a prova.
 
Passadas as primeiras seis etapas da temporada 2016, Rea soma 275 pontos, 42 a mais que Davies, o segundo colocado no Mundial. Com 187 pontos, Sykes é o terceiro, à frente de Van der Mark, Giugliano, Hayden, Jordi Torres, Camier, Lowes e Lorenzo Savadori, que completa o rol dos dez melhores.
 
Mundial de Superbike, Malásia, Sepang, Corrida 2: 
 
1 69 NICKY HAYDEN EUA HONDA
CBR1000RR
37:04.047 16 voltas
2 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
+1.254  
3 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
+3.684  
4 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
+5.720  
5 13 ANTHONY WEST AUS PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+15.989  
6 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL HONDA
CBR1000RR SP
+19.979  
7 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+20.028  
8 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+23.011  
9 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
+24.045  
10 21 MARKUS REITERBERGER ALE ALTHEA
BMW S1000 RR
+25.139  
11 12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI 1199 PANIGALE R
+25.208  
12 25 JOSHUA BROOKES AUS MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+25.835  
13 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
+26.757  
14 32 LORENZO SAVADORI ITA IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+30.729  
15 16 JOSH HOOK AUS GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:05.347  
16 4 GIANLUCA VIZZIELO ITA GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+1:17.761  
17 99 LUCA SCASSA 99 VFT
DUCATI 1199 PANIGALE R
+1:18.121  
18 119 PAWEL SZKOPEK POL TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:31.412  
19 9 DOMINIC SCHMITTER SUI GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+2:07.000  
20 11 SAEED AL SULAITI CAT PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+2:08.836  
21 10 IMRE TÓTH HUN TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1 volta  
  22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
NC  
  17 KAREL ABRAHAM RTC MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
NC  
             
POLE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
2:02.246 163.235 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
2:16.716 145.958 km/h
RECORDE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
2:03.654 161.380 km/h
MELHOR VOLTA TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
2:02.246 163.230 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA MOLHADA   ar: 25ºC | pista: 30ºC

O QUE ESTÁ POR TRÁS DO RECENTE NOTICIÁRIO SOBRE SCHUMACHER


Últimas Notícias
quinta-feira, 27 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook