Superbike
12/05/2016 11:29

Na briga pelo bicampeonato do Mundial de Superbike, Rea renova contrato com Kawasaki até temporada 2018

A Kawasaki anunciou na manhã desta quinta-feira (12) a renovação do contrato de Jonathan Rea. Campeão de 2015 do Mundial de Superbike, o norte-irlandês lidera o campeonato e garantiu sua permanência na equipe nipônica até o fim de 2018
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Jonathan Rea não demorou a selar seu futuro no Mundial de Superbike. Completamente adaptado à Kawasaki, o norte-irlandês renovou o contrato com a fábrica nipônica e vai ficar com o time até, pelo menos, o fim da temporada 2018.
 
Depois de anos com a Honda, Rea se juntou à Kawasaki no início do ano passado e dominou a série das motos de produção desde seu primeiro contato com a ZX-10R. Com 14 vitórias ao longo do ano, Johnny conquistou o titulo de 2015 e hoje caminha para o bicampeonato, com 35 pontos de margem para Chaz Davies, o segundo colocado na tabela.
Jonathan Rea renovou com a Kawasaki até o fim de 2018 (Foto: Provec)
“Estou muito feliz em ampliar essa parceria com a Kawasaki e continuar essa ótima relação que tenho com todos os engenheiros e fãs da Kawasaki”, disse Rea. “Está claro que os nossos objetivos e forma de trabalhar combinam bastante, então faz total sentido estender essa parceria por mais duas temporadas”, indicou.
 
“Com todas as memórias incríveis que criamos até aqui e ainda estamos criando, tenho 100% de confiança de que vamos curtir trabalhar juntos e desenvolver a Ninja ZX-10R no futuro”, frisou. “Eu gostaria de agradecer a Kawasaki e toda a equipe da KRT pelo apoio irrestrito deles e pela confiança no meu potencial. Com isso em mente, agora estou ainda mais focado em vencer o Mundial de Superbike em 2016 para conseguir vitórias consecutivas”, avisou.
 
Chefe da Kawasaki, Guim Roda celebrou a permanência de Rea e afirmou que o objetivo agora é renovar com Tom Sykes.
 
“Nós agora temos dois grandes pilotos na KRT. Dois campeões mundiais e a meta é mantê-los para os próximos dois anos”, anunciou. “Rea é um piloto experiente com espírito jovem e grande motivação, aberto a aprender e melhorar corrida após corrida. Isso nos dá um potencial ainda maior para termos um piloto ainda melhor nos próximos dois anos”, elogiou.
 
“O grande mérito dele nesse projeto da KRT é nos pressionar para darmos a ele o melhor. Sei claramente que os mecânicos, equipe, técnicos, integrantes do time e todos os engenheiros da KHI vão fazer seu melhor para corresponder às expectativas dele”, concluiu.
PADDOCK GP #28 DEBATE: QUAL É A REAL SOBRE SCHUMACHER?

Últimas Notícias
domingo, 22 de outubro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook