Superbike
12/05/2016 11:29

Na briga pelo bicampeonato do Mundial de Superbike, Rea renova contrato com Kawasaki até temporada 2018

A Kawasaki anunciou na manhã desta quinta-feira (12) a renovação do contrato de Jonathan Rea. Campeão de 2015 do Mundial de Superbike, o norte-irlandês lidera o campeonato e garantiu sua permanência na equipe nipônica até o fim de 2018
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Jonathan Rea não demorou a selar seu futuro no Mundial de Superbike. Completamente adaptado à Kawasaki, o norte-irlandês renovou o contrato com a fábrica nipônica e vai ficar com o time até, pelo menos, o fim da temporada 2018.
 
Depois de anos com a Honda, Rea se juntou à Kawasaki no início do ano passado e dominou a série das motos de produção desde seu primeiro contato com a ZX-10R. Com 14 vitórias ao longo do ano, Johnny conquistou o titulo de 2015 e hoje caminha para o bicampeonato, com 35 pontos de margem para Chaz Davies, o segundo colocado na tabela.
Jonathan Rea renovou com a Kawasaki até o fim de 2018 (Foto: Provec)
“Estou muito feliz em ampliar essa parceria com a Kawasaki e continuar essa ótima relação que tenho com todos os engenheiros e fãs da Kawasaki”, disse Rea. “Está claro que os nossos objetivos e forma de trabalhar combinam bastante, então faz total sentido estender essa parceria por mais duas temporadas”, indicou.
 
“Com todas as memórias incríveis que criamos até aqui e ainda estamos criando, tenho 100% de confiança de que vamos curtir trabalhar juntos e desenvolver a Ninja ZX-10R no futuro”, frisou. “Eu gostaria de agradecer a Kawasaki e toda a equipe da KRT pelo apoio irrestrito deles e pela confiança no meu potencial. Com isso em mente, agora estou ainda mais focado em vencer o Mundial de Superbike em 2016 para conseguir vitórias consecutivas”, avisou.
 
Chefe da Kawasaki, Guim Roda celebrou a permanência de Rea e afirmou que o objetivo agora é renovar com Tom Sykes.
 
“Nós agora temos dois grandes pilotos na KRT. Dois campeões mundiais e a meta é mantê-los para os próximos dois anos”, anunciou. “Rea é um piloto experiente com espírito jovem e grande motivação, aberto a aprender e melhorar corrida após corrida. Isso nos dá um potencial ainda maior para termos um piloto ainda melhor nos próximos dois anos”, elogiou.
 
“O grande mérito dele nesse projeto da KRT é nos pressionar para darmos a ele o melhor. Sei claramente que os mecânicos, equipe, técnicos, integrantes do time e todos os engenheiros da KHI vão fazer seu melhor para corresponder às expectativas dele”, concluiu.
PADDOCK GP #28 DEBATE: QUAL É A REAL SOBRE SCHUMACHER?
Últimas Notícias
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
Superbike
F1
F1
F1
sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017
F-Truck
F1
F1
F1
Nascar
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook