Superbike
19/06/2016 14:05

Rea garante 100% de aproveitamento e completa fim de semana perfeito com vitória na corrida 2 de Misano

Com uma performance dominante, Jonathan Rea manteve 100% de aproveitamento e venceu a corrida 2 da etapa da Riviera de Rimini do Mundial de Superbike. Tom Sykes e Davide Giugliano completam o pódio
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Jonathan Rea não foi à Itália a passeio. Depois de encerrar um jejum de vitórias que se estendia desde abril, o norte-irlandês voltou a desfilar sua boa performance neste domingo (19) em Misano e venceu a corrida 2 do Mundial de Superbike com folga, somando um total de 50 pontos na Riviera de Rimini.
 
Depois de vencer no sábado com a menor margem da história da categoria das motos de produção — 0s090 —, Johnny teve a vida muito mais fácil no complemento da rodada dupla, já que abriu vantagem na ponta nas voltas finais e recebeu a bandeirada com 2s963 de diferença para Tom Sykes, o segundo colocado. Davide Giugliano completa o pódio.
Jonathan Rea somou 50 pontos em Misano (Foto: Divulgação/WSBK)
Apesar da ameaça de chuva, o sol se manteve firme em Misano, favorecendo o espetáculo. Líder do Mundial, Rea superou o pole Sykes na largada, deixando o companheiro de Kawasaki para se defender de um inspirado Alex Lowes.
 

Sem muita demora, Sykes se livrou do rival da Yamaha e passou Jonathan para retomar a ponta. Assim como no sábado, a dupla da Kawasaki logo se afastou do pelotão e travou um duelo a parte.
 
Seguindo Sykes durante toda disputa, Rea lançou um ataque decisivo com cinco voltas para o fim e disparou na ponta para abrir vantagem e se tornar apenas o terceiro piloto na história do Mundial de Superbike a conquistar dez vitórias duplas.
 
Com Rea e Sykes vivendo um dia tranquilo a bordo das ZX-10R, o pelotão de trás viveu momentos muito mais complicados. Ainda na primeira volta, Markus Reiterberger sofreu um violento high-side na curva 8. O piloto foi diagnosticado com uma fratura na vértebra torácica T12 e foi ao Hospital Riccione para novos exames.
 
Quem também não teve um dia muito melhor foi Chaz Davies. Postulante ao título, o piloto da Ducati caiu no terceiro giro, o que acabou por afetar o ritmo do segundo grupo da prova, uma vez que Michael van der Mark teve de diminuir a velocidade para evitar o choque com a Panigale, o que acabou não acontecendo. Os dois foram ao chão, mas conseguiram voltar para a pista.
 
O holandês, então, tratou de fazer uma prova de recuperação e terminou em décimo, enquanto o britânico acabou entrando nos boxes da casa de Bolonha.
 
Atrás dos ponteiros, Davide Giugliano logo consolidou seu terceiro posto, se isolando à frente de Xavi Forés, que também enfrentou uma corrida solitária.
 
Correndo em casa, Lorenzo Savadori fez uma boa exibição e acabou em quinto, à frente de Nicky Hayden, que bateu Jordi Torres pelo sexto posto com dois giros para o fim. 
Jonathan Rea, Tom Sykes e Davide Giugliano formaram o pódio deste fim de semana (Foto: Divulgação/WSBK)
Ainda sofrendo com os efeitos de uma fratura na clavícula, Lowes não conseguiu se manter na briga pela ponta e recebeu a bandeirada em oitavo, à frente de Niccolò Canepa, que substituiu o lesionado Sylvain Guintoli a bordo da YZF-R1 neste fim de semana.
 
Único representante da MV Agusta, Leon Camier teve um problema com a F4 e teve de abandonar a prova de Misano.
 
Com o resultado deste domingo, Rea alcançou os 343 pontos, abrindo 66 de vantagem para Sykes. Davies vem em terceiro, à frente de Giugliano, Van der Mark, Hayden, Torres, Camier, Savadori e Lowes.
 
A próxima etapa do Mundial de Superbike está marcada para os dias 9 e 10 de julho, em Laguna Seca, nos Estados Unidos, antes das férias de verão.
 
Mundial de Superbike, Riviera de Rimini, Misano, Corrida 2, Final:
 
1 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
33:38.497 21 voltas
2 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+2.963  
3 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
+6.356  
4 12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI 1199 PANIGALE R
+11.691  
5 32 LORENZO SAVADORI ITA IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+15.164  
6 69 NICKY HAYDEN EUA HONDA
CBR1000RR
+15.248  
7 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
+15.587  
8 22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
+17.276  
9 59 NICCOLÒ CANEPA ITA YAMAHA
YZF-R1
+20.082  
10 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL HONDA
CBR1000RR SP
+23.832  
11 13 ANTHONY WEST AUS PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+25.004  
12 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+28.020  
13 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+29.703  
14 25 JOSHUA BROOKES AUS MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+40.695  
15 17 KAREL ABRAHAM RTC MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+56.679  
16 9 DOMINIC SCHMITTER SUI GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:03.741  
17 61 FABIO MENGHI ITA VFT
DUCATI 1199 PANIGALE R
+1:10.624  
18 56 PÉTER SEBESTYÉN HUN TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:13.063  
19 11 SAEED AL SULAITI CAT PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:22.765  
20 119 PAWEL SZKOPEK POL TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:59.149  
21 4 GIANLUCA VIZZIELLO ITA GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
NC  
22 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
NC  
23 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
NC  
24 21 MARKUS REITERBERGER ALE ALTHEA
BMW S1000 RR
NC  
             
POLE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.037 161.7832 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
1:35.165 159.865 km/h
RECORDE JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.720 160.620 km/h
MELHOR VOLTA TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.037 161.780 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 22ºC | pista: 38ºC

PADDOCK GP #33 ANALISA GP DO CANADÁ E FAZ PRÉVIA DO GP DA EUROPA



Últimas Notícias
domingo, 22 de outubro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook