Superbike
19/06/2016 14:05

Rea garante 100% de aproveitamento e completa fim de semana perfeito com vitória na corrida 2 de Misano

Com uma performance dominante, Jonathan Rea manteve 100% de aproveitamento e venceu a corrida 2 da etapa da Riviera de Rimini do Mundial de Superbike. Tom Sykes e Davide Giugliano completam o pódio
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Jonathan Rea não foi à Itália a passeio. Depois de encerrar um jejum de vitórias que se estendia desde abril, o norte-irlandês voltou a desfilar sua boa performance neste domingo (19) em Misano e venceu a corrida 2 do Mundial de Superbike com folga, somando um total de 50 pontos na Riviera de Rimini.
 
Depois de vencer no sábado com a menor margem da história da categoria das motos de produção — 0s090 —, Johnny teve a vida muito mais fácil no complemento da rodada dupla, já que abriu vantagem na ponta nas voltas finais e recebeu a bandeirada com 2s963 de diferença para Tom Sykes, o segundo colocado. Davide Giugliano completa o pódio.
Jonathan Rea somou 50 pontos em Misano (Foto: Divulgação/WSBK)
Apesar da ameaça de chuva, o sol se manteve firme em Misano, favorecendo o espetáculo. Líder do Mundial, Rea superou o pole Sykes na largada, deixando o companheiro de Kawasaki para se defender de um inspirado Alex Lowes.
 

Sem muita demora, Sykes se livrou do rival da Yamaha e passou Jonathan para retomar a ponta. Assim como no sábado, a dupla da Kawasaki logo se afastou do pelotão e travou um duelo a parte.
 
Seguindo Sykes durante toda disputa, Rea lançou um ataque decisivo com cinco voltas para o fim e disparou na ponta para abrir vantagem e se tornar apenas o terceiro piloto na história do Mundial de Superbike a conquistar dez vitórias duplas.
 
Com Rea e Sykes vivendo um dia tranquilo a bordo das ZX-10R, o pelotão de trás viveu momentos muito mais complicados. Ainda na primeira volta, Markus Reiterberger sofreu um violento high-side na curva 8. O piloto foi diagnosticado com uma fratura na vértebra torácica T12 e foi ao Hospital Riccione para novos exames.
 
Quem também não teve um dia muito melhor foi Chaz Davies. Postulante ao título, o piloto da Ducati caiu no terceiro giro, o que acabou por afetar o ritmo do segundo grupo da prova, uma vez que Michael van der Mark teve de diminuir a velocidade para evitar o choque com a Panigale, o que acabou não acontecendo. Os dois foram ao chão, mas conseguiram voltar para a pista.
 
O holandês, então, tratou de fazer uma prova de recuperação e terminou em décimo, enquanto o britânico acabou entrando nos boxes da casa de Bolonha.
 
Atrás dos ponteiros, Davide Giugliano logo consolidou seu terceiro posto, se isolando à frente de Xavi Forés, que também enfrentou uma corrida solitária.
 
Correndo em casa, Lorenzo Savadori fez uma boa exibição e acabou em quinto, à frente de Nicky Hayden, que bateu Jordi Torres pelo sexto posto com dois giros para o fim. 
Jonathan Rea, Tom Sykes e Davide Giugliano formaram o pódio deste fim de semana (Foto: Divulgação/WSBK)
Ainda sofrendo com os efeitos de uma fratura na clavícula, Lowes não conseguiu se manter na briga pela ponta e recebeu a bandeirada em oitavo, à frente de Niccolò Canepa, que substituiu o lesionado Sylvain Guintoli a bordo da YZF-R1 neste fim de semana.
 
Único representante da MV Agusta, Leon Camier teve um problema com a F4 e teve de abandonar a prova de Misano.
 
Com o resultado deste domingo, Rea alcançou os 343 pontos, abrindo 66 de vantagem para Sykes. Davies vem em terceiro, à frente de Giugliano, Van der Mark, Hayden, Torres, Camier, Savadori e Lowes.
 
A próxima etapa do Mundial de Superbike está marcada para os dias 9 e 10 de julho, em Laguna Seca, nos Estados Unidos, antes das férias de verão.
 
Mundial de Superbike, Riviera de Rimini, Misano, Corrida 2, Final:
 
1 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
33:38.497 21 voltas
2 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+2.963  
3 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
+6.356  
4 12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI 1199 PANIGALE R
+11.691  
5 32 LORENZO SAVADORI ITA IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+15.164  
6 69 NICKY HAYDEN EUA HONDA
CBR1000RR
+15.248  
7 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
+15.587  
8 22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
+17.276  
9 59 NICCOLÒ CANEPA ITA YAMAHA
YZF-R1
+20.082  
10 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL HONDA
CBR1000RR SP
+23.832  
11 13 ANTHONY WEST AUS PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+25.004  
12 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+28.020  
13 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+29.703  
14 25 JOSHUA BROOKES AUS MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+40.695  
15 17 KAREL ABRAHAM RTC MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+56.679  
16 9 DOMINIC SCHMITTER SUI GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:03.741  
17 61 FABIO MENGHI ITA VFT
DUCATI 1199 PANIGALE R
+1:10.624  
18 56 PÉTER SEBESTYÉN HUN TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:13.063  
19 11 SAEED AL SULAITI CAT PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:22.765  
20 119 PAWEL SZKOPEK POL TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:59.149  
21 4 GIANLUCA VIZZIELLO ITA GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
NC  
22 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
NC  
23 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
NC  
24 21 MARKUS REITERBERGER ALE ALTHEA
BMW S1000 RR
NC  
             
POLE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.037 161.7832 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
1:35.165 159.865 km/h
RECORDE JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.720 160.620 km/h
MELHOR VOLTA TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:34.037 161.780 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 22ºC | pista: 38ºC

PADDOCK GP #33 ANALISA GP DO CANADÁ E FAZ PRÉVIA DO GP DA EUROPA


Últimas Notícias
quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017
F1
MotoGP
F1
F-E
F1
F-E
F1
F-E
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook