Superbike
18/11/2017 09:11

Sem vaga na MotoGP, Baz fecha com Althea e corre com BMW na temporada 2018 do Mundial de Superbike

Sem vaga na MotoGP, Loris Baz acertou com a Althea para voltar ao Mundial de Superbike em 2018. Francês vai guiar uma BMW
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Loris Baz já tem destino certo depois de ficar sem vaga na MotoGP. O francês fechou com a Althea e garantiu o retorno ao Mundial de Superbike na temporada 2018.
 
Baz esteve no Mundial de Motovelocidade nos últimos três anos e teve como melhor resultado um quarto lugar em Brno em 2016. Nesta temporada, Loris fechou  ano com o 18º posto no Mundial de Pilotos.
 
Na série das motos de produção, Baz correu com a Kawasaki entre 2012 e 2014, tendo conquistado nove pódios e duas vitórias.
Loris Baz vai correr pela Althea em 2018 (Foto: Althea)

“É hora de uma grande mudança na Superbike e da chegada de um novo regulamento, assim como de um piloto explosivo, corajoso e determinado como Loris Baz não só reascende meu entusiasmo pessoal e do time, mas também do campeonato em si”, disse Genesio Bevilacqua, dono da Althea. “Estamos cientes do desafio que enfrentamos, já que mais uma vez estaremos enfrentando times de fábrica que têm pilotos ferozes, mas acho que temos tudo de que precisamos para podermos lutar em um campo nivelado em 2018, mirando resultados que estão mais alinhados com o nível e o prestígio da Althea e da fábrica BMW”, seguiu.
 
“Assim, dou boas-vindas a Loris em nome de toda a equipe. Estamos ansiosos para trabalhar com ele”, concluiu.
 
Baz, por sua vez, avaliou que a negociação com o time foi bastante fácil e se mostrou confiante com o projeto da Althea.
 
“Eu queria encontrar a melhor solução para o meu futuro e acho que encontrei isso na Althea. Eu conheci Genesio há muito tempo, então nós conversamos e, para ser honesto, foi muito fácil chegar a um acordo”, declarou Baz. “Sei que o time é forte ― eles conquistaram o título com Carlos Checa, no fim das contas ― e eu considero o projeto muito interessante, também levando em conta as mudanças no regulamento”, continuou.
 
“Estou muito feliz com a minha decisão. Quero agradecer Genesio Bevilacqua e a BMW, claro, e estou ansioso para ir para a pista com a S1000RR pela primeira vez durante o próximo teste em Jerez”, concluiu.
 
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO

Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
F1
Truck
Kart
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
Galerias de Imagens
Facebook