Superbike
13/03/2016 12:17

Sykes encerra sequência de Rea em final eletrizante e vence corrida 2 do Mundial de Superbike na Tailândia

Derrotado pelo companheiro de Kawasaki na primeira corrida do fim de semana em Chang, Tom Sykes reagiu neste domingo (13) e bateu Jonathan Rea por uma diferença de 0s190 na última volta. Chaz Davies completa o pódio na Tailândia
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Tom Sykes deu o troco em Jonathan Rea. Derrotado na primeira corrida do fim de semana na Tailândia, o britânico reagiu neste domingo (13) e venceu a corrida 2 no circuito de Chang depois de uma disputa eletrizante que também envolveu Chaz Davies.
 
Largando na primeira fila, Sykes e Rea repetiram o script da corrida anterior, assumindo a ponta em uma dobradinha da Kawasaki logo nos primeiros metros. Tom, no entanto, estava determinado a não exibir um replay da prova anterior, quando liderou boa parte da disputa, mas foi batido pelo dono do #1.
Tom Sykes encerrou a sequência de Rea em 2016 (Foto: Divulgação/WSBK)
Pressionado por Rea durante todo o tempo, Sykes acabou baixando o ritmo, permitindo a aproximação de Davies, que tinha ficado mais para trás depois de um toque com Michael van der Mark. O piloto da Honda, aliás, também se aproximou da briga pela vitória, mas cometeu um erro na curva três da pista de Buriram e se afastou mais uma vez.
 
Ciente da aproximação do rival da Ducati, Johnny partiu ara o ataque na 14ª volta, lançando um ataque firme na curva oito. Sem reação, Sykes tinha apenas que se defender de Chaz.
 
Acostumado a passar e abrir, Rea não conseguiu executar o plano com a tradicional maestria. Assim como já tinha feito no sábado, o norte-irlandês errou no hairpin da curva três, permitindo a passagem de Sykes e Davies.
 
Rapidamente, Jonathan recuperou a posição de Davies e partiu para tentar retomar a ponta. Tom, no entanto, preparou uma forte defesa, com linhas agressivas, sem dar muita atenção para as tentativas do rival.
Chaz Davies completou o pódio em Buriram (Foto: Divulgação/WSBK)
Na penúltima volta, Rea passou Sykes na curva quatro, mas levou o troco quase que imediatamente. O #1 repetiu, então, a mesma manobra na curva seguinte, mas o #66, de novo, respondeu de imediato.
 
Na volta final, Johnny lançou o mesmo ataque, que, desta vez, durou um tantinho mais: até um erro do campeão vigente na curva seguinte. De volta a liderança, Sykes trancou a porta na saída da curva sete, evitando que Rea tivesse espaço para uma nova tentativa na curva seguinte.
 
Tom, então, seguiu firme até receber a bandeirada com 0s190 de margem para o companheiro de Kawasaki. Davies, por sua vez, se manteve por perto, mas não conseguiu participar da brincadeira final, fechando a disputa com 0s314 de atraso para o vencedor.
 
Isolado na quarta colocação, Van der Mark fechou a disputa mais de 5s depois de Sykes, à frente de Nicky Hayden, que fez sua estreia no traçado tailandês.
 
Campeão de 2014, Sylvain Guintoli fechou em sexto, somando os únicos pontos do time oficial da Yamaha, já que Alex Lowes abandonou por conta de problemas técnicos com a R1.
 
Markus Reiterberger venceu a batalha caseira da Althea e garantiu o sétimo posto, à frente de Jordi Torres. Lorenzo Savadori aparece na sequência, com Davide Giugliano completando o rol dos dez primeiros.
Alex Lowes abandonou com problemas mecânicos (Foto: Divulgação/WSBK)
Cavaleiro solitário da MV Agusta, Leon Camier ficou em 11º. Também vindo da MotoGP, Alex de Angelis recebeu a bandeirada em 14º, à frente de Karel Abraham, que bateu o companheiro de Milwaukee para garantir a última colocação na zona de pontuação.
 
Mesmo derrotado, Rea ampliou sua margem na liderança do Mundial e agora tem 29 pontos de margem para Sykes. Van der Mark ocupa o terceiro posto da tabela, com Davies, Guintoli, Giugliano, Torres, Hayden, Reiterberger e Camier completando o rol dos dez melhores.
 
Mundial de Superbike, Tailândia, Chang, Corrida 2:

 
1 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
31:33.493 20 voltas
2 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
+0.190  
3 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
+0.314  
4 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL HONDA
CBR1000RR SP
+5.199  
5 69 NICKY HAYDEN EUA HONDA
CBR1000RR
+10.643  
6 50 SYLVAIN GUINTOLI FRA YAMAHA
YZF-R1
+13.068  
7 21 MARKUS REITERBERGER ALE ALTHEA
BMW S1000 RR
+14.481  
8 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
+14.504  
9 32 LORENZO SAVADORI ITA IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+21.694  
10 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
+23.794  
11 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
+27.205  
12 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+32.309  
13 151 MATTEO BAIOCCO ITA VFT
DUCATI 1199 PANIGALE R
+36.672  
14 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+38.761  
15 17 KAREL ABRAHAM RTC MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+39.789  
16 25 JOSHUA BROOKES AUS MILWAUKEE BMW
BMW S1000 RR
+42.840  
17 20 SYLVAIN BARRIER FRA PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+46.158  
18 14 ANUCHA NAKCHAROENSRI TAI YAMAHA THAILAND
YAMAHA YZF-R1
+1:04.628  
19 9 DOMINIC SCHMITTER SUI GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:21.675  
20 56 PETER SEBESTYÉN HUN TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1:21.687  
21 19 SAHUSTCHAI KAEWJATURAPORN TAI GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta  
22 10 IMRE TÓTH HUN TEAM TOTH
YAMAHA YZF-R1
+1 volta  
  22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
NC  
  12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI 1199 PANIGALE R
NC  
  11 SAEED AL SULAITI CAT PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
NC  
             
VOLTA MAIS RÁPIDA JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:33.997 174.414 km/h
RECORDE JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:33.817 174.750 km/h
MELHOR VOLTA JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:33.382 175.560 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 36ºC | pista: 43ºC

VEJA A EDIÇÃO #19 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA STOCK CAR, F1, INDY E F-E



Últimas Notícias
sábado, 29 de abril de 2017
Indy
sexta-feira, 28 de abril de 2017
Indy
Rali
Nascar
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook