Turismo
15/09/2016 11:45

Kubica volta às pistas em Spa-Francorchamps e disputa etapa do Renault Sport Series de GT

Robert Kubica está de volta à Renault. Não necessariamente guiando um carro de F1, como fez até 2011, mas sim com o RS01, bólido de GT com o qual vai competir entre 24 e 25 de setembro. Será a segunda prova do piloto polonês em um circuito após a disputa das 12 Horas de Mugello, no começo de 2016
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Robert Kubica e a Renault voltam a unir forças no automobilismo. O piloto polonês, que disputou a temporada de 2010 do Mundial de F1 pela marca francesa e se preparava para 2011 quando sofreu o gravíssimo acidente em um rali na Itália, interrompendo sua sequência no esporte, vai participar da etapa de Spa-Francorchamps do Troféu Renault Sport Series, entre 24 e 25 de setembro.
 
A jornada do polonês com a Renault começou muito antes: no começo dos anos 2000, Kubica fez parte do grid da F-Renault, tendo inclusive a chance de fazer uma prova em Interlagos e vencer com tranquilidade. Kubica também esteve no grid da antiga World Series by Renault e conquistou o primeiro título da categoria, além de ter feito seu primeiro teste também pela marca.
Robert Kubica está de volta à Renault para correr em Spa-Francorchamps (Foto: Renault Sport/Divulgação)
Kubica, que disputou nos últimos anos o Mundial de Rali, volta a disputar uma prova em circuito depois de ter competido nas 12 Horas de Mugello, no começo do ano. Em Spa-Francorchamps, Robert vai dividir a condução do Renault RS01, protótipo projetado pela montadora de Viry-Châtillon, com Christophe Hamon. O certame conta com a participação de um brasileiro no grid: o paulista Bruno Bonifacio.
 
Como preparação para a disputa da prova, Kubica teve a chance de guiar o RS01 no circuito de Ales, na França, e se mostrou impressionado com a qualidade do carro.
 

“Eu me senti rapidamente à vontade ao volante do RS01, e mesmo sendo numa pista cheia de curvas, como Ales, suas qualidades ficaram evidentes imediatamente, especialmente a potência. Fiquei bem impressionado sobre o quão tarde você pode frear, você pode aproveitar ao máximo a aderência disponível”, avaliou.
 
“Estou ansioso para guiar em Spa, onde todo o downforce que o carro pode gerar também vai fazer a diferença”, complementou Kubica.
 
PADDOCK GP #46 TRAZ BOB KELLER E DEBATE VITÓRIAS DE FRAGA E PEDROSA



Últimas Notícias
quarta-feira, 16 de agosto de 2017
F1
MotoGP
MotoGP
Stock Car
Stock Car
Indy
Indy
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook