Turismo
10/11/2016 15:11

Lada se junta à Citroën, anuncia saída do WTCC e deixa grid com somente duas montadoras

A Lada também está de saída do WTCC - e é recomendável que o último a sair apague a luz. Sem a Lada, que agora vai ficar nos campeonatos nacionais de turismo e no rali, e a Citroën, o WTCC se vê com apenas Honda e Volvo no grid
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
Após se aproximar das duas grandes rivais na competição, a Lada anunciou que está deixando o WTCC e não vai disputar a temporada 2017. A montadora russa se junta assim à Citroën, que dominou o Mundial de Turismo nos últimos anos mas também decidiu deixar o grid.
 
A possibilidade havia surgido há poucos dias e agora foi confirmada durante o Russian Forum Motorsport, em Moscou. Quem confirmou foi Alexander Bredikhin, diretor de marketing da AvtoVAZ, companhia que é dona da Lada.
A Lada deu as cartas no fim de semana do WTCC em Moscou (Foto: Lada/Facebook)
Segundo Bredikhin, a Lada cumpriu o papel de promoção que traçou quando ingressou no WTCC e, portanto, pode sair sem maiores preocupações. Desta forma, a Lada segue seu programa de esporte a motor com o Campeonato Russo de Turismo e rali.
 
O WTCC encara uma realidade complicada, onde apenas Honda e a Volvo - que ainda está muito aquém da rival - seguem como equipes de fábrica. Os três pilotos da Lada em 2015, Gabriele Tarquini, Hugo Valente e Nicky Catsburg, ficam com o futuro indefinido.
 
A Lada venceu quatro vezes no WTCC, duas neste ano - varrendo a etapa de casa, na Rússia, com Tarquini e Catsburg.
Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de janeiro de 2017
Rali
Stock Car
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Outras
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook