Turismo
01/11/2015 15:59

López vence corrida 1 na Tailândia e confirma bicampeonato do WTCC. Monteiro triunfa em prova complementar

A rodada dupla do circuito de Buriram foi totalmente favorável a José María ‘Pechito’ López, que confirmou o favoritismo ao conquistar o bicampeonato do Mundial de Carros de Turismo, levando mais um título para a Argentina. O piloto triunfou na corrida 1, enquanto a segunda prova do domingo teve a vitória de Tiago Monteiro, da Honda
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
Sem dúvidas, a Argentina viveu mais um dia histórico em sua trajetória no esporte. Dias depois de o ídolo máximo Diego Maradona completar aniversário, José María ‘Pechito’ López tratou de dar outro presente à fanática torcida do seu país. Neste domingo (1), o piloto da Citroën conquistou o bicampeonato do WTCC, o Mundial de Carros de Turismo. Com uma performance irrepreensível ao longo de toda a temporada 2015, o argentino de 32 anos comprovou a grande fase ao vencer a corrida 1 do fim de semana no circuito de Buriram, na Tailândia. A rodada dupla foi completada com a segunda prova, interrompida com bandeira vermelha e com vitória de Tiago Monteiro, da Honda.
 
A primeira prova do fim de semana sacramentou o título de ‘Pechito’ com direito a uma quadra da Citroën. O argentino dominou a prova depois de largar na pole-position. E para completar, Yvan Muller, que ainda nutria chances de chegar novamente ao título mundial, abandonou devido a um incidente no qual se envolveu ainda na primeira volta.
Pechito López se emociona ao comemorar o bicampeonato do WTCC (Foto: Citroën Racing/Facebook)
Na verdade, a prova foi bastante acidentada, e poucos carros escaparam. Na largada, os dois Lada, de Nicolas Lapierre e Nicky Catsburg, se envolveram num acidente com o holandês Tom Coronel. Pouco depois, Tiago Monteiro e Hugo Valente também se tocaram e provocaram outro incidente no qual também se envolveram Muller e Norbert Michelisz. Com o veterano francês fora, ‘Pechito’ estava muito perto de confirmar o bicampeonato.
 
Ao todo, apenas dez dos 18 carros que largaram completaram a corrida: López controlou a vantagem para Sébastien Loeb e fechou a prova, disputada em 16 voltas, com 1s380 de frente para o lendário muilticampeão mundial de rali. Ma Qing Hua completou a trinca da Citroën no pódio. Mas a marca francesa ainda colocou mais um carro entre os primeiros, o de Mehdi Bennani, que corre pelo time de Loeb. Gabriele Tarquini complementou o rol dos cinco primeiros na Tailândia.
Pechito López controlou a pressão de Sébastien Loeb na corrida 1 na Tailândia (Foto: Citroën Racing/Facebook)
Já a segunda prova foi encerrada com apenas dez voltas completadas. A bandeira vermelha acionada pela direção de prova teve como razão a pouca visibilidade na região do circuito tailandês, uma vez que já quase anoitecia durante a fase final da corrida. Assim, por segurança, a corrida foi abreviada. 
 
A primeira fila foi formada toda por pilotos de Honda Civic. Michelisz largou na pole e teve ao seu lado o luso Monteiro. Tom Chilton largou em terceiro, à frente de Nicky Catsburg e Bennani. Sébastien Loeb partiu de oitavo lugar, seguido por ‘Pechito’ López e Gabriel Tarquini.
 
Assim como foi na corrida 1, a segunda prova foi igualmente acidentada em seu princípio. Em uma jornada de muito azar, Muller se envolveu em outro acidente pouco depois da largada e abandonou a prova. O húngaro Michelisz conseguiu manter a liderança, mas perdeu a posição ao ser punido pela direção de prova pelo fato de sua equipe ter tido acesso ao seu carro no Parque Fechado, comprometendo totalmente sua corrida. Aí a vitória praticamente caiu no colo de Monteiro. 
Tiago Monteiro comemora vitória na Tailândia (Foto: Honda Racing WTCC)
Com ‘Pechito’ administrando depois de já correr como bicampeão do mundo, era Loeb o cara responsável pelo show na pista. O francês conseguiu recuperar muitas posições e avançou para segundo lugar, até que a direção de prova optou por interromper a disputa com bandeira vermelha pela falta de visibilidade no circuito de Buriram. Assim, Monteiro confirmou sua terceira vitória no ano, à frente de Loeb e Ma Qing Hua, que logrou mais um pódio na Tailândia. López cruzou a linha de chegada em quarto, enquanto Tom Chilton completou o top-5.
 
A rodada dupla que encerra a temporada 2015 do Mundial de Carros de Turismo está marcada para o fim de novembro, mais precisamente para o dia 27 com a etapa do Catar, no circuito de Losail. A jornada terá a presença especial de Nasser Al-Attiyah. Medalhista olímpico no tiro e bicampeão do Rali Dakar, Nasser vai correr com um Chevrolet Cruze da equipe Campos Racing.
Últimas Notícias
terça-feira, 23 de maio de 2017
F1
MotoGP
F1
Indy
Indy
F1
F1
F2
Superbike
F1
Superbike
F1
F-E
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook