World Series
13/09/2015 15:19

Sob chuva, Ellinas usa estratégia para tomar liderança e vencer corrida 2 da World Series em Nürburgring

Tio Ellinas optou por fazer seu pit durante um safety-car e, com isso, saltou para a liderança na segunda metade da corrida 2 da World Series em Nürbugring. As últimas voltas da prova tiveram uma intensa disputa entre o cipriota e Gustav Malja, seu companheiro, sob a chuva que atingia a pista alemã
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre
Muitos fatores foram importantes para determinar quem seria o vencedor da corrida 2 da World Series em Nürburgring, disputada neste domingo (13). Mas a estratégia foi crucial. E foi aí que Tio Ellinas cresceu para ganhar a prova e, com Gustav Malja em segundo, formar uma dobradinha da Strakka Racing.
 
No começo, o cipriota estava longe das primeiras posições. A liderança, aliás, era ocupada pelo brasileiro Pietro Fantin. Mas um safety-car causado por Roy Nissany começou a virar tudo de cabeça para baixo.
Ellinas deu um show em Nürburgring (Foto: Reprodução/Twitter)
Ellinas e Malja aproveitaram a oportunidade para fazer seus pits, enquanto os líderes seguiam na pista. A decisão dos ponteiros se mostrou errada, já que não conseguiram criar vantagem o suficiente para, após parar, voltar à frente da dupla da Strakka.
 
Quando Dean Stoneman e Matthieu Vaxivière pararam, Ellinas se viu líder, mas com Malja colado atrás. A chuva começou a cair em Nürburgring. E, aí, a dupla começou a brigar com ímpeto pela vitória. O sueco até ameaçou uma ultrapassagem na última volta, mas não foi bem sucedido.
 
Atrás da dupla, Nyck de Vries completou o pódio. O belga contou com os erros de Egor Orudzhev, que escapava da pista, úmida, para ganhar uma posição nos últimos momentos.
O pódio de Nürburgring, com os dois pilotos da Strakka (Foto: Strakka)
Fantin, depois de liderar, cruzou a linha de chegada em quarto. Todavia, infrações nos boxes resultaram em uma punição, que o jogou para nono. Bruno Bonifácio, outro brasileiro no certame, acabou em 12º.
 
O campeonato segue com Oliver Rowland na liderança. Apesar do décimo lugar em Nürburgring, o britânico tem exatos 50 pontos de vantagem sobre Vaxivière, segundo. Se mantiver tal vantagem ao final da próxima etapa, em Le Mans, garantirá o título.
Últimas Notícias
terça-feira, 17 de janeiro de 2017
F1
Indy
F-E
F1
F1
World Series
F1
F1
Warm Up
F1
F1
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook